Diário de Mudança–Tudo em seu lugar. Ou quase.

Algumas semanas depois, quase tudo em seu lugar. E digo “quase” tudo mesmo, pois isso de transformação num estalar de dedos é coisa de programa de decoração. Na vida real, o buraco é bem mais embaixo… ou melhor: na área de serviço, para instalar prateleiras… (marido disse que virei a louca das prateleiras… sou mesmo!)
Devagarzinho, as mudanças vão sendo feitas. Nada demais, pois a nossa casa é bem simples. O que quero mostrar nesse diário aqui é improviso econômico de verdade, pois estamos começando do zero. Baseado no post anterior, vamos lá ao que mudou?

 

Quarto: Não estamos mais dormindo no chão, aleluia! Um amigo nos informou de uma promoção de cama box e fomos lá conferir… era exatamente o que estávamos procurando: queen size (uma vez queen/king, nunca mais quererá casal!), molas ensacadas e toda essa coisa. Mas, veja bem: cama é um investimento de longo prazo. Valeu super a pena, e ainda conseguimos um preço bem bacanudo.

 

   casa8
Essa maré azul é pra gente lembrar que mora no mar… mentira, tenho que mudar essa overdose smurfiana… sugestões?

 

Sala: Lembram que eu disse ter comprado um sofá pelo Magazine Luiza? Pois bem, ele ainda não chegou. Tá tudo errado. A data do site tá com prazo de mais de 35 dias para entrega (que eles dizem ser o prazo deles, 35 dias no máximo). Os dois puffs chegaram, um em casa dia e pelo Correios. Sério, entrega do Magazine Luiza, #FAIL. Por enquanto, é assim: colchão de solteiro no chão e pc na tv da sala.

 

casa6
Aqui é overdose do vermelho. Melhor que calcinha vermelha no reveillon!


 
Escritório (escritório?) – A parte mais sem nada da casa. Dá até eco… mas nem sempre foi assim: era a parte mais caótica no dia da mudança. Parte da tranqueirada foi para a prateleira e para a rack que implico sempre, mas nunca sei o que fazer com ela. Por enquanto, decidi que ela será meu cantinho do notebook quando o marido se apossar do pc. Futuramente, uma bancada dos meus sonhos será parte daqui *-*

 
casa1

  Macacada reunida. Adeus, livros nas gavetas!

 


casa5
Cantinho temporário. E mais tranqueirada!

 
Área de serviço/varanda de trás: Não tenho vergonha de assumir: a única área organizada nessa parte da casa é o cantinho da lavanderia. Pedi para o marido instalar prateleiras (o danado suava, morrendo de medo de furar algum cano, haha). Ainda quero fazer algumas coisas… por enquanto, só coloquei essas caixinhas organizadoras, que me custaram 3,50 cada (as de cima) e 1,50 cada (as de baixo). Legal, né?

 
casa4
 
Jardim: A parte mais triste da casa. O tal jardineiro veio, arrancou as plantas, pintou as paredes e… ficou por isso mesmo. Não voltou mais, sumiu, escafedeu-se. E as plantinhas estão lá, só esperando a passagem da dona morte. Não sei o que fazer 🙁

 

    casa2
Uma pena eu não ter foto do antes… mesmo cheio de matos intrusos, estava mais bonito do que agora! =(

 

Banheiro e cozinha continuam com cara dos anos 80. Mas isso aí é assunto pra outro post…
E antes que termine, queria agradecer ao Erly pelas lembranças que nos enviou… São de uma loja com artigos indígenas que ele visitou, lá em Cuiabá. Tudo muito legal! Obrigada pelo carinho Erly! Adorei e logo elas vão ter cantinho especial na casa 🙂

 
casa7
Beijos para todos… e até o próximo post!

19 pensamentos em “Diário de Mudança–Tudo em seu lugar. Ou quase.”

  1. Oi, Rê

    Eu não sou a pessoa mais jeitosa com plantas, mas me parece que estas que ficaram aí são bem resistentes e requerem poucos cuidados. Tem espada de São Jorge, e me pareceu que tem comigo-ninguém-pode e jibóia (acho que é aquela toda enrolada num tronco). Diz a sabedoria popular que comigo-ninguém-pode e espada de são jorge plantadas perto da porta de entrada da casa protegem contra olho-gordo e mal-olhado. Todas são super-fáceis de cuidar, basta plantar na terra e aguar de vez em quando até pegar. Depois que pegar,o cuidado é mínimo. Mas aí nesse seu canteiro está faltando terra. A Cynthia deu umas dicas ótimas nos comentários lá em cima…
    Parabéns pela casa nova, logo tudo estará ao gosto de vocês.
    Beijos

  2. Não se desfaaz do azul não! Amei! Minha cor preferida! haah Um dia vou ter um quarto assim todo azul! ;D

    Pensa só, não é que vocês não tenham nada. Só optaram pela decoração minimalista. Muita classe. ;D

  3. Rê, existe alguns grupos que fazem doações de sementes, mas é fácil achar plantinhas, aqui em Cuiabá as pessoas dão mudas, não ‘canham’. Que bom que gostou das lembranças. 🙂 Olha a Tamires daqui..hehehe… Gostei das cores. Tenho idéias pra você. 😉

  4. Ahhhhhh adorei seu quarto, adoro azul *-* vc sabe né ;p
    Adorei a sala tbm vermelhão *-*

    E sobre o canteiro, tire essas plantinhas e jogue fora,
    só se tiver alguma ai que vc gosta, pra tentar ressucitá-la,
    compre sementes ou mudas, ou pegue com alguém, sei lá,
    aqui em casa tem uma variedade de flores, eu posso arranjar umas mudinhas pra vc, mas daí teria que esperar um tempo,
    pois ainda to enrolada com os trabalhos da faculdade D:

    bjos!

  5. aaah ta tudo lindo ;~
    só falta colocar as plantinhas! plantar é fácil, só arrumar alguma muda q vc goste com algum conhecido ou comprar algum bonitinha 🙂
    sou de Cuiabá haha que coincidência hehe

    bjos
    Tamires

  6. Tud lindo, lindo, lindo!!
    Me idetfiquei com o colchão na sala!! Tá igual aqui em casa!
    Tb to louca por prateleras, mas marido ta meio que dificultando…rs

    Ps* amei o tapete da sala!!
    Beijoos

  7. Magazine Luiza é péssimo. Perdi a minha senha de acesso no site, e eles me mandar um email COM A MINHA SENHA, ou seja, eles não encriptam as senhas de um banco de dados que tem cartão de crédito e dados de compra das pessoas! Fail, nunca mais voltei lá depois disso. Boa sorte com as arrumações por ai, tenho certeza que você vai deixar tudo uma graça, a sua cara 🙂

    Beijos!

  8. Rê, até eu me senti bem vendo essas fotos da sua casa nova, e toda arrumadinha :o)
    Em relação ao azul do quarto, não esqueço de quando minha mãe inventou de procurar coisas sobre feng-shui, e sempre dizia que a cor azul não era legal de usar nos quartos… Quando você comentou que queria sugestões para mudar, logo lembrei dela… Hiauhiauhaiahuiuah…
    Ainda aceita sugestões, ou vai continuar ‘como uma onda no mar’??? Rsrsrsrs…
    Sugiro lilás, que tal? Menos? Salmão… Nenhuma das anteriores??? O.o

    1. Eu queria mudar mesmo, mas ainda não pensei na cor… pq a casa anterior já tinha muito azul, chega né? Mais azul, não! haha
      O problema é que dizem que dá um trabalhão tirar cor assim de tinta… tô até vendo!
      Aceito sugestões, sim! haha

  9. Menina, deixa eu te dar uma luz sobre o cantinho de terra, hahaha, eu amo plantas e ja morei numa casa com um terreno cheio de pragas, enfim..
    Pega todas essas plantas que o cara arrancou (aproveita que são poucas), e enfia em uma sacola plástica e joga fora. Senão elas criam raízes de novo e o trabalho do cara foi em vão. Pega todos esses vazinhos e pratinhos e lava eles pois parecem estar em excelente estado.
    Aí arranja uma enxada ou qualquer coisa que dê para mexer nessa terra e encarna seu espirito caipeera e mexe nela toda até ela ficar plana (parece serviço pesado, mas em um lugar desse tamanho é fácil e rapidinho.)
    Pronto, esta arrumadinho e limpo. =D
    Dá para cultivar comida aí se for do seu interesse, ou fazer um jardim. Flores em vazos pequenos são bem baratinhas, tipo violetas, e quando você tira dos vazinhos e coloca em terra elas aumentam (tipo praga, haha).
    Tá, isso aí minha aula de jardinagem, Huhauhauhauahuahaua
    Só não deixa abandonado senão junta caranguejeiras e você não vai gostar =X

    Beijinho! =)

    1. Então, ele chegou a capinar tudo, mas disse que a areia não tava boa e ia arrumar outra. Mas ele sumiu e não manjo nada de plantação… acho que vou ajeitar, arrumar vasinhos com algumas plantas que eu queira e tal… e vou jogar fora como tu disse. Obrigada pelas dicas!

    2. Se você curte uma espada de são jorge hahaha. Mas dá pra fazer umas coisas legais com as que sobraram. Depende da sua intenção nesse pedaço de terra 🙂
      Sobre cuidar dessa terra, pergunta pra qualquer lugar que vende plantas ou pra alguem que você vê que cultive, é um troço super bobo de manter.
      Parece que aí esta com falta de terra, então aconselho a “pegar” em algum lugar e preencher mais, e comprar um saco de terra fertilizada e misturar um pouco (sério, ninguém merece sair catando esterco em pleno século 21, hahaha).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *