Morando em Ubatuba: emprego, hospedagem, filhos…

O maior objetivo desse post é: um montão de gente cai aqui de paraquedas e acaba me enviando inbox ou e-mail com a mesma pergunta: “Re, como é morar em Ubatuba? Quero morar aí!“.

E as dúvidas, claro, é se vai conseguir morar aqui tranquilamente, se tem empregos, se tem boas escolas pra crianças, e por aí vai. Preocupações normais e básicas de quem tem interesse em mudar de cidade, claro.

Mas, será que vale a pena? Deixo minhas considerações aqui e a decisão é de vocês! Importante dizer que, essas opiniões são baseadas na MINHA experiência morando aqui e claro, pode ser diferente pra outra pessoa (embora este post tenha sido feito consultando outras pessoas que confirmaram essas opiniões).

 

Moradia

Eu conheço muita gente que mora aqui em Ubatuba de aluguel, como é meu caso. Casa própria mesmo, conheço poucos, a maioria são pessoas que já viviam aqui há muitos anos, herdou casa de família… ou, juntou (ou junta) dinheiro há muito tempo e conseguiu comprar uma casa. 

Vendo preço de aluguéis em outras cidades (exceto capitais), eu considero o aluguel da área central e arredores aqui em Ubatuba muito CARO. Muito caro mesmo. Aqui na área mais central, que é onde moro atualmente, as casas são em maioria ANTIGAS, pequenas e o aluguel muitas vezes é abusivo para as condições das casas. 

Ainda tem as restrições: há proprietários que proíbem locação para quem tem filhos (o que é crime, aliás) e implicam bastante com quem tem animais. Até mesmo os corretores se indignam com esse tipo de abuso… as coisas realmente saíram do controle se tratando de moradia em Ubatuba. Achar uma casa legal e com bom preço é quase como ganhar na loteria por aqui. Mas, acho que não deve ser exclusividade só de Ubatuba, certo?

As áreas bem mais afastadas do centro tem aluguel um pouco mais acessível, mas tudo vai depender da sua rotina. Se você é uma pessoa que precisa vir pro centro muitas vezes, talvez valha a pena considerar algo mais próximo, apesar do preço. Se não vê problema, tem um veículo econômico e mais tempo flexível, as áreas mais distantes podem ser uma boa opção, mais sossegadas e econômicas que a área central.

muita nostalgia da salinha de casa assim que me mudei e não tinha nem sofá hehe

Emprego

Essa é a parte… difícil de se falar. Mas, vamos eliminar todo o debate “existe trabalho para quem quer trabalho”, ok? Trabalho em Ubatuba é COMPLICADO, sim. Muita gente vem pra cá e briga muito por concurso público, pois é a salvação da estabilidade aqui. A outra parte, são pessoas que buscam e tentam manter a unhas e dentes um negócio próprio, seguidas das pessoas que trabalham bastante por semana (mantendo mais de um emprego). E aí o que resta são os que já tem estabilidade financeira familiar e os aposentados. 

Vou falar mais especificamente pra minha área (design gráfico): o campo pra isso aqui é fraco. O que tem são GRÁFICAS que não pagam mais que um salário por exemplo, e aí, a gente volta pro tópico de moradia… entenderam onde quero chegar, né? E é por isso que maioria das pessoas que conheço aqui em Ubatuba tem mais de um emprego para complementar renda. Então, se você pensa em vir morar em Ubatuba, tenha em mente três coisas sobre emprego:

 

1 – Talvez você tenha que ter dois empregos para complementar sua renda;

2 – Talvez, o ideal seja você pensar em um negócio próprio e voltado para as “expectativas” da cidade; 

3 – Talvez você tenha que ter um emprego que atenda outras áreas e não somente Ubatuba (home office, freelancer)

 

Eu sei, eu sei. Pareço estar sendo negativa. Mas, não por isso: basta consultar assiduamente o balcão de empregos de Ubatuba (ACIU) e checar as vagas disponíveis toda semana: CLIQUE AQUI.

E na minha opinião, os comércios com mais destaque aqui são: alimentação (cafés, entregas de marmitex e restaurantes com pegada “natural”), estética corporal e beleza (academias, clínicas de estética, salões, barbearias), vestiário infantil/juvenil e os clássicos, diaristas, hotelaria e corretores.

 

Sazonalizade

E falando em empregos e negócios próprios… nada mais justo que alertar sobre a sazonalidade da cidade, muito comum como em qualquer cidade turística. Isso quer dizer que a cidade LOTA em épocas como dezembro a fevereiro, morre entre março e junho, tem um pequeno aumento na baixa temporada, de julho a setembro, e depois, morre de novo até dezembro.

Muitos comerciantes acabam fechando por não se prepararem para essas oscilações de comércio, e isso caba refletindo também nas vagas de emprego. Aliás, para quem deseja vir para Ubatuba e fazer uma experiência de moradia na cidade, a época de alta temporada tem uma demanda bem maior de emprego.

 

Entretenimento 

Às vezes falo na brincadeira – com um fundo de verdade – que entretenimento em Ubatuba são apenas as belíssimas praias e cachoeiras (que não é problema nenhum!). Mas, é um fato quase verídico. Infelizmente, a cidade conta com apenas um cinema um pouco atrasado dos avanços tecnológicos e um shopping que não sei bem por qual motivo é chamado de… shopping. 

Já contei sobre as atrações noturnas aqui NESSE post, mas em breve farei outro, atualizado com as novas opções de lugares que surgiram desde então.

No outono e no inverno rolam festas típicas da cidade, que eu adoro (Festival da Cultura Japonesa, Festa de São Pedro Pescador, Festa do Divino, Festa da Mandioca, entre outras). Embora eu achasse que deveria ter mais coisas do tipo, essa pegada cultural e tradicional de Ubatuba é muito bonita. É minha época do ano favorita!

A cidade ainda conta com um teatro muito bonito que infelizmente, não abriu ao público. 

Dica da minha amiga Gabi: na rádio Beiramar FM (104,9) tem informativo todo dia às 9h sobre atividades da cidade.

 

Barco de festa de São Pedro Pescador

 

Hospedagem

Esse é campeão de perguntas, e vou ter que responder sendo bem sincera: eu não sei. Já menti várias vezes dizendo “se souber te falo” (hahaha, desculpa, gente!) mas a real, nunca procuro valores de hospedagens aqui pois nunca me hospedei em Ubatuba. Aqui tem MUITO hotel, pousada, hostels e casas de veraneio, mas eu realmente não me atento a isso por nunca ter precisado, e obviamente, de nada adiantaria pois os preços desses locais oscilam com o movimento da cidade.

Moro aqui e a única coisa que sei bastante são valores de imóveis para locação definitiva, pois sempre procuro. Sei que é “normal” perguntar a alguém que mora na cidade sobre hospedagem, mas, indico que procurem sites de reserva de hospedagem online por conter mais informações que eu possa dar. Nenhuma será tão precisa quanto você ver fotos, preços, descontos, localização, etc. Concordam? Prometem que não vão mais me perguntar sobre isso? HAHA!

 

Escolas/Filhos

Meu filho não mora comigo, logo, ele não estuda aqui em Ubatuba. Mas, se você tem filhos, tem um grupo bem interessante que se chama Roda de Mães de Ubatuba, talvez lá você encontre as informações que precisa sobre morar em Ubatuba com crianças. O que eu sei afirmar, é: em relação a atendimento médico, até 5 anos atrás era BEM precário. Tomara que tenha melhorado.

De resto, trata-se de uma boa cidade para educar as crianças mais tranquilamente, com muita área para brincar sem grandes perigos.

ps: Minha amiga Gabi me informou antes do término deste post, que as escolas municipais também são boas, tem merendas e bons professores.

 

Quis fazer esse post sem floreio, pois quis passar a maior sinceridade possível. Peço desculpas adiantadas se alguém se sentir ofendido, mas como disse no início do post, essa é MINHA opinião sobre Ubatuba – o que não quer dizer que você não possa dar a sua nos comentários, muito pelo contrário. Estamos aqui para isso, e estará ajudando outras pessoas que também acessarão esse post 🙂

Ubatuba é uma cidade linda, tranquila, mas se você pensa em morar aqui, recomendo estudar, pesquisar e fazer um plano “real” de moradia aqui. É isso, espero que tenha conseguido matar um pouco da curiosidade de vocês. Ficou com dúvidas? Deixa aí nos comentários!

 

  • William

    Boa tarde Re, estou me mudando pra Ubatuba ano que vem mas não procuro serviço registrado, gostaria de trabalha na areia da praia como camelô vc conhece alguém que trabalha disso e como vivem?

  • Cristina

    Oi Re,gostei do que escreveu,eu amo Ubatuba vou ai 2 a 3 x no ano.Gostaria ,se possivel,que vc me indicasse alguns bairros bons pra viver ai.Obg

  • gisele

    Olá, muito boa sua atitude de fazer esses relatos, são muito claros e sinceros, estou indo esse domingo para começar a conhecer a cidade sem ser como turista, vc pode me indicar os melhores bairros para que eu possa visitá Los ? um grande beijo e sucesso.

  • Ivani

    Oie :) acho que vcs podem me ajudar! O que procuro é bem diferente a de vcs então a opinião me vai ser de grande valia! Tenho 48 anos e quero me aposentar aí em Ubatuba ,estou planejndo o plano B para sair daqui do interior de S.P (120km da capital ) se tudo correr bem vou saindo aos poucos no prazo de 15 anos,para isso quero investir minha economia em um imovel aí,mas estou sem saber onde comprar! Me ajuda?....rs pensei um terreno e contruir quartos para alugar,apartamento ou casa! Pra eu aproveitar o espaço para meu lazer e tbm alugar....temporario ou não! Tô sem saber em qual bairro começar afinal são 100km né!! Penso em algo popular arrumadinho,tipo Pereque Mirim! Tenho comercio aqui no interior e quero consiliar os 2 negocios nesse prazo( 15 anos ou mais) e se tudo correrbem vou morar de vez quando o plano B estiver me sustentando com a aposentadoria!Acho que não vai dar tempo de ficcar rica kkkkk!

  • Katia Alfenas

    É perfeito o seu texto, me vi nele do começo ao fim, inclusive nas perguntas de amigos por hospedagem. Vou repassar aos meus, hahaha! Aproveito para complementar, informando que não vamos à praia todos os dias, pq temos que trabalhar também, kkkkk. E naquele fds quente que dá muita vontade de ir, desanima só de pensar que está entupido de turistas. Nessa hora sempre repenso minha época de turista, rsrs. Morei em SP a vida toda e vim pra cá há dois anos e meio, e a cada dia descubro algo a me readaptar, para melhor ou para pior. No primeiro ano é tudo lindo, vc só pensa que está realizando um sonho, mas o dia a dia vai te dando um choque de realidade meeeesmo, em relação a trabalho, moradia, temporada, etc. Eu que sempre trabalhei fora, no ritmo frenético de sp, demorei a entender o ritmo daqui, e acabei trazendo o meu ritmo acelerado comigo, rsrsrs, senão não sobreviveria. Meu trabalho é autoral, em casa, e optei pelo e-commerce para ampliar as possibilidades e justamente não ter que abrir e fechar um negócio seis meses depois. E não adianta, tenho sempre que ir à sp por conta de fornecedores, e clientes, etc, mas sinceramente, vou chorando, pq por mais dificuldades que tenho aqui, amo Ubatuba, e ainda estou em lua de mel, rsrs, e por enquanto, não me vejo em outro lugar. Sugiro que quem esteja pensando em se mudar pra cá, venha de cabeça aberta, não queira comparar a uma cidade grande, e pense em alternativas, plano b, c, d...z! E seja feliz, onde quer que você esteja!

    • Yasmin Lohayne Alexandre Fontoura da Silva

      Amei seu comentário, tenho 25 anos, meu namorado esta morando em Ubatuba na casa de amigo, e quero me jogar pra lá em Dezembro. A anos venho querendo sair de casa (porém nunca guardei maney) - moro em Campinas SP. E tenho muito a mente aberta de que o que tiver que acontecer irá acontecer, e que a minha força de vontade e amor na vida me levará aos lugares certos e me ajudará a não perder esperanças. Não sou formada, e vou razoavelmente com pouco dinheiro pra apenas conseguir me manter e trabalhar na temporada, e assim ir juntando mais maney. Tenho estudado das as hipoteses e todos os problemas que podem acontecer. E confesso fico mais motivada ainda em ir, não só pra Ubatuba, mas para onde a vida me permitir ir! Agradeço também a quem fez este post que de muuuito me motivou e deixou com os pés no chão.

  • Jaqueline

    Olá, estou planejando minha ida com minha família para Ubatuba no fim do ano, mas realmente o que vc escreveu me assustou. Agora ficou uma pulginha atrás da orelha. Eu cresci no mar e agora em moro em minas ao lado de belas montanhas mas queria tanto que minhas filhas crescesse no mar, por isso eu e meu esposo estamos planejando nos mudar. Mas agora fiquei com medo.

  • Roberta Santos

    Interessante seu ponto de vista. É bom mostrar o aue pensa para as pessoas não se iludirem. Porém meus familiares moram em Ubatuba a mais de 8 anos, e não reclamanda de nada. Eles sairam da capital paulista e pensaram antes de ir e não se arrependem. Eu estou de mudança também e o que eu e meus pais procuramos é qualidade de vida. So de sair da poluição, ja é um ganho enorme. Enfim eu creio que estamos fazendo uma boa troca e também tenho uma filha pequena e vejo que será bom pra ela também.

    • Re Vitrola

      Sim Roberta, como comentei, é uma cidade muito tranquila para quem tem condições para se viver com crianças, bem diferente da cidade. Tbm moro aqui há mais de 8 anos, mas pra minha area especificamente a cidade tem poucas oportunidades de emprego. Bjs, Re

  • Jess

    Excelente post. Olha, eu particularmente as vezes fico meio pra baixo com os extremos do Brasil. As capitais pipocando de coisas acontecendo, mas também transbordando de gente que a infra estrutura não comporta. Dai vc pensa em se mudar para um lugar mais pacato, mais tranquilo e muitas cidades não são desenvolvidas, falta emprego, estrutura... acho que essa é a realidade que temos que lidar né? que bom que tu conseguiu emprego, mas realmente não é fácil.

  • FERNANDA LUCENA

    Oi Rê Adorei sua sinceridade Há que ame e há quem queira sair, será sempre assim Depende de como se vive, do que se precisa... Bjooos

  • Karolina Santana

    Oi Re? Minha mãe se mudou para Ubatuba comigo e minha irmã quando eu tinha apenas 3 anos. Ela achava que seria um lugar melhor para nós educar, tinha aquele sonho de deixar os filhos brincar na rua, subir nas árvores e tal. Realmente foi uma infância e adolescência perfeita para nós, mas uma vida muito dura para ela, emprego aí realmente era muito difícil. Aí depois que cresci tive que sair da minha linda cidade (eu sempre digo que sou caiçara, mesmo tendo nascido aqui em Samoa), sai para poder trabalhar, ter uma carreira... realmente Ubatuba é um lugar maravilhoso, tenho muito orgulho de ter sido criada aí, mas infelizmente não é grande o suficiente para o tamanho dos meus sonhos. Se bem que agora meu sonho é voltar um dia e criar meus filhos subindo em árvores. Um grande beijo, estou com saudade!

    • mulhervitrola

      Sim Karol :( Me dói pensar nisso, dizer isso, mas, é a verdade, pelo menos para mim. Aqui você não cresce dependendo dos seus sonhos, precisa voar em outro lugar. Amo Ubatuba mas cada vez mais sinto que é uam cidade que em breve carregarei apenas no coração. também tô com saudade de tu ♥

  • LILIAN

    Você vive algo parecido com o que vivi quando morei aí. As pessoas tem uma ideia completamente equivocada do que é viver numa cidade turística e principalmente no litoral norte de SP. Eu garrei uma raiva tão grande daí por causa de todas as dificuldades, inclusive de conseguir sair de Caraguá, onde morei, pq casa era algo impossível de se vender, que passei muitos anos sem nem conseguir pisar aí. Até hoje tem gente que não entende pq não curtia morar "perto da praia". Praia enjoa. Quem mora não quer só saber de mar. Todo o litoral aí é muito fraco mesmo em termos de estrutura. Tem gente que ama morar aí? Claro que tem. Mas eu não curti, não.

    • mulhervitrola

      Olha Lilian, eu acredito que tenha quem ame, mas as circunstâncias são outras. Passando dificuldade, não vejo como amar. Eu levei quase 8 anos pra conseguir emprego da minha área aqui, foi quase um milagre quando consegui, sabe? haha. Amo Ubatuba, mas cada vez menos amo morar aqui...

  • Sueli

    Muito legal e pé no chão seu texto adorei o conteúdo.bjsss

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *