5 Desculpas que todo blogueiro já usou

Todos os dias recebo dúvidas tanto de amigos quanto de quem acompanha aqui o blog sobre o nosso atual mundo blogueiro. Vocês sabem que tenho verdadeira paixão em blogar, e nem diante das maiores dificuldades da vida eu desisti. Blogar é algo que sempre me fez bem, sempre me fez colocar os pés no chão e alimentar minhas esperanças, de alguma forma. Entendam, este post não é um bronca (ok, talvez um pouquinho), mas não deixa de ser uma chacoalhada aí na sua cachola para que você se aventure sem receios caso ter um blog esteja nos seus planos.

 

E sim, eu já passei por TODOS esses dilemas, e acredito que a maioria dos blogueiros também já passaram. Mas “sobrevivi”. Vamos mergulhar nessa?

 

tumblr_m7dnbqx0yp1r7elzl

 

“Não existem mais blogs como antigamente”

Não mesmo. Eu lembro que comecei a blogar em 2004, e de lá para cá, muita coisa mudou. Nós mudamos. Veja bem, eu sou criadora do Volta, Mundo Blogueiro!, um movimento que sempre apoiou os blogs de antigamente e a “essência” blogueira, e estou admitindo que as coisas não funcionam assim. Não mais.

 

Há blogs SIM, com muita qualidade e conteúdo, mas eles também não vão aparecer como mágica na sua caixa de e-mail. Para isso, você precisa dar longos passeios blogosfera adentro… largue a preguiça e o conformismo! Acredite, você encontrará vários ótimos blogs que farão mudar um pouco seu discurso. Quem procura sempre encontra. Concorda?

 

giphy (6)

 

“Eu nunca me sinto inspirado”

Esse é uma espécia de mantra maldito. Eu já caí nessa cilada várias vezes, e digo, com fé: tire os olhos dessa escuridão, amigos! Olhem para a luz, não para as trevas! Tenho certeza que se você começar a olhar mais para si, você encontrará, no meio de pequenos rascunhos ocasionalmente dispensados, a inspiração que você tanto procura.

 

Faça essa busca de forma natural, autêntica e sem pressão. Busque nos lugares certos, inspire-se com as coisas certas. Devagar as coisas se encaixarão. Entenda: você não tem obrigação de estar sempre 100% inspirado 24hs por dia, 365 dias por ano. 

 

“Ninguém comenta no meu blog”

Acho que já contei aqui uma vez que, quando eu comecei a blogar, eu comentava em muitos, MUITOS blogs por dia. E até hoje em dia, se eu fico um pouco mais enrolada por questões de tempo e visito menos blogs, os comentários vão diminuindo, e isso é totalmente NORMAL.

 

Não se ache o rejeitado por isso, não leve para o lado pessoal: vá à luta! Quem não é visto, não é lembrado. Lembre-se: interaja, não apenas comente por comentar. 

 

giphy

 

“Meu blog não é bonito, por isso ninguém visita”

O visual de um blog é sim, importante para despertar atenção e causar conforto para quem lê. Mas tenha certeza que talvez, o problema não esteja só aí. Se o conteúdo de um blog for bom, jamais deixaria de visitar só por ter um visual mediano. E não conheço ninguém que tenha feito isso.

 

Foque em facilitar a leitura (dica: boa fonte, em bom tamanho, em cinza escuro ou preto e fundo mais claro ajudam), e em elaborar um texto fluido de ler. Pesquise sobre formas de compor um texto que desperte mais atenção de seus leitores. E principalmente: você não precisa ser um gênio da gramática, mas cuidado com os deslizes…

 

“Eu não tenho equipamento necessário”

Os únicos equipamentos essenciais para você ter um blog hoje em dia é internet e seu cérebro. Todas as outras coisas são apenas “coadjuvantes” em todo esse papo do que um blogueiro de verdade precisa ter, vai por mim. Até uns 4 anos atrás, eu blogava num computador de tubo, com um teclado horroroso que fazia um TEC TEC TEC TEC altíssimo, e uma Kodak de 4mp que cabia cerca de 10 fotos na memória (pois nem cartão eu tinha).

 

Hoje em dia há uma infinidade de programas online gratuiros de edição de fotos, aplicativos e claro, os celulares que são infinitamente melhores que celulares de 5 anos atrás. Qual é a sua desculpa, MESMO?

 

giphy (5)

 

E se você já passou por tudo isso, mas resistiu (ou está resistindo) bravamente, parabéns! Você já pode espalhar todo seu amor publicamente por aí ao seu bloguinho, ele merece (e você também ♥)!

 

giphy (3)

 

.

  • Thaís

    Eu estou começando agora com o blog Nuvem Escurecida, e buscando inspirações, achei o seu blog! Amei seu cantinho!

  • Anny

    Caracas Rê tu tem razão nisso tudo ai, eu ja blogo a anos tbm.. Era bem novinho do tempo de trocar plaquinhas e aqueles gifs que eu aprendia a fazer nos tutoriais da cristiny online kkk sou veia mesmo. Ja perdi as contas de qtas vezes eu ja troquei de blog, ja ate pensei em desistir, mas não consigo.

  • vidadesolteira

    Conheci seu blog hoje e já me identifiquei. Comecei a criar um blog agora e seu poste me motivou muito! obrigada bjs

  • Mariana

    Eu pensei que só era eu.... Eita. Mesmo assim, adorei o post. Deu para clarear um pouco minhas ideias e planos para o blog. hahaha Adorei o blog.

  • Laurinha

    Falou tudo, Rê! Quando eu tinha meus blogs anteriores, pensava exatamente assim. Acredito até que pela falta de maturidade. Hoje essa coisa de sucesso é muito relativo. Mais vale fazer um espaço bacana, com qualidade e amor, do que ficar naquela sina de ser uma pessoa super reconhecida. De grão em grão as coisas acontecem! beijos

  • Jessica

    Rê do céu!! Esse posto me define totalmente! Ando com todas essas 'sindromes' aí! Kkkkkkkkk estou com zica do layout do meu blog, me sentindo desamparada sem comentários, sem inspirações para textos e chateada por não ter uma super camera! Mas é difícil manter a autoestima em meio essa blogosfera profissa que se tem por aí, mas espero que esse sentimento seja uma fase!! Um beijão!!

  • Bela

    Acho que sou uma das unicas que NUNQUINHA tem bloqueio do que criar. A cada expiração eu imagino algo novo D: Mas sobre 'coisas melhores'... Faz até que diferença, vai?!

  • Camila Nogueira

    A parte da inspiração e dos comentários eu me identifico, uheauheahu Eu entro em outros blogs menos conhecidos (like me), e vejo trocentos comentários, e fico tipo O-O por que no meu não tem ? T__T Mas tutô bem, eu tô tentando interagir mais nos blogs dos amigos, acho que assim a gente vai fazendo amizades por aí e conhecendo blogs novos pessoas novas e ideias novas <3 Beijo Rê, como sempre, ahazou no post!

  • Karlybeth Marques

    Eu não gosto de "desculpinhas" para não blogar, acredito que blogar envolve mais amor do qualquer coisa. Claro que muitos acabam ganhando mais destaque por terem mais recursos, isso é bem nítido, mas ainda assim, não existe desculpas. Já tive altos, baixos, baixos, altinhos e altos de novo, mas nunca parei, sempre dei um jeito porque blogar é algo que me completa e não posso ficar sem. Eu gostei demais do post, Rê, muito do que você escreveu vai de acordo com o que penso <3 Beijos

  • Juliana

    Hehe, a história da minha vida e das postagens sazonais :P Ótima revisão, Rê! Bjs

  • Mariana Morett

    Quem nunca se viu em alguma (ou todas) dessas situações que atire a primeira pedra. Eu mesma sou a louca da interação, visito inúmeros blogs pra encontrar os que me identifico e comento. Se houver retorno, perfeito. Se não houver, paciência. Uma hora você alcançará seu objetivo. E sobre falta de criatividade, visitar diversos blogs ajuda muito a ter ideias de posts. É assim que eu faço quando não estou inspirada.

  • Juliana Medeiros

    Menina, que loucura, já é três horas da manhã e aqui estou eu madrugando lendo seus post's, sério, tirou meu sono. Te encontrei pelo blog da lominha linda. E você acaba de ganhar uma admiradora, seu trabalho nesse blog esta lindo e vale a admiração.

  • Lee

    Me identifiquei HORRORES! hahahahahah Eu criei meu primeiro blog em 2010, e sempre tive isso de achar que ninguém me lia e noiava com o que falariam sobre eu estar alí, escrevendo. Exclui meus blogs antigos por esse medo, e no ano passado resolvi não deixar minha paixão por escrever de lado e voltei pra blogosfera. Conheci blogueiros e grupos ótimos, e cá estou. <3

  • Raquel Leal

    Eu também blogo desde 2004. =) Já passei por tudo isso e ainda estou na blogosfera, é um saco esse negócio de não ter ideias ou tempo, mas estamos aí, resistindo bravamente. Uma dica boa que já li por aí, é sempre marcar nossas ideias se elas vierem quando estivermos longe do pc, porque nossa inspiração costuma pregar peças, sempre se manifesta nos momentos que não podemos escrever. rsrs Amei o post =) Beijos.

  • Alessandra Rocha

    Nossa.. SIM SIM E SIM! E quantas vezes já não passei por isso? DELS! Olha... meu primeiro "blog" acho que foi com meus 11 anos, mas só com 14/15 passei a levar essa coisa mais a sério" mesmo e me dedicar... então ok, vamos botar aí 8 anos de blogueira na minha vida, e olha não é fácil, não é fácil MESMO mas quando sai uma coisa boa daqui é MUITO boa mesmo! EU conheci pessoas incríveis graças a blogosfera, conheci movimentos incríveis (bjs Red Lips Day) e aqui tem tanto amor que nem dá pra explicar! SOu totalmente a favor da blogueiragem old school e não: os blogs não vão morrer por causa disso! E viva esse mundão cibernético de Deus hahaha beijos!

  • Larica

    Estou chocadissíma com esse post! Você anda me espionando ou algo assim? haha! Acho que chega uma época que a gente faz pelo menos 1 dessas coisas e quem não disse "aff ninguém comenta no meu blog" e pensou em ~desistir ou dar um tempo~, que atire a primeira mousada. Eu mesma estava passando por esse drama até vim aqui e ver esse post hahaha vou seguir sua dica de comentar em posts de outros blogs! A ÚNICA coisa que ainda persiste nessa lista nos meus pensamentos é o fato de meu blog ~ser meio feinho~. Eu estava procurando alguma web designer para fazer meu theme do tumblr, MAS NINGUÉM FAZ! Fuém ): Adiós.

  • Ohara

    Oi re! sou nova aqui&kkk: ta.voltando ao assunto: a pior de todas é a dos equipamentos. eu to pensando em blogar e só falta aprender a criar blog no blogger e voilá! o pc que estou utilizando para comentar nesse blog tem 6 anos: isso mesmo! 6, anos! formatado duas vezes, de mesa, e ate hj isso aqui agüenta. e olha la que esse é meu primeiro computador, mesmo eu tendo meus 24 anos. todo dia eu vou comentando em um monte de blog, as vezes como eu vizito um monte de blog acaba que as vezes eu do atenção mais pra uns que pra outros. e é uma pena que tem blogueiro que não conseguiu se segurar na vblogosfera&rs. eu comecei encontrando uns blogs pesquisando coisas no google, depois dentro desses blogs eu via outros, seja por blogroll, seja por mencionarem outros blogueiros em seus posts. sei de 3 blogueiras jornalistas que fui acabar encontrando seus blogs lendo suas biografias na internet. E descubro novos blogs na net pelos leitores comentando nos blogs. Beijos!

  • Grazy

    Só li verdades Rê! Fiquei seriamente depressiva nos anos que passei afastada do mundo blogueiro e minha vida já deu uma mudada quando voltei no ano passado. Meu primeiro blog (zip.net) era com música e poesias e não precisava de muito pra se sentir inspirada! Conforme vou passeando nos blogs, conhecendo, outras pessoas me encontram e se encontram no meu cantinho também. Assim conhecemos muitas pessoas bacanas com pensamentos em comum! Beijão :*

  • Larissa Konze

    Adorei esse post, de verdade... Só li verdades comecei blogar ano passado e estou achando o máximo, a verdade é que alguns blogs acabam tendo mais visibilidade por ter mais grana, mas se um blog for bom mesmo, mesmo sem grana e fotos tops irá crescer! www.pinupmoderna.com

  • Ana Rodarte

    Puxa, Mulher Vitrola, tinha de ter esse post-sacudida sim! Mas esse argumento da inspiração é fácil de quebrar: na verdade, estudos sobre processos criativos afirmam que a inspiração vem com muito trabalho. Vem com a prática. Então, às vezes, é necessário a gente forçar sim e correr atrás de uma melhor escrita e uma forma melhor de narrar as coisas. É um exercício diário que faço. Não posto todos os dias, mas estou sempre, sempre escrevendo!

  • Sherry

    Ahhhhh que lindo isso! eu adorei o post e as dicas... eu "blogo" desde 2007 e sim! muita coisa mudou, mas nunca desisti... ainda gosto dos blogs que fazem um estilinho diário... ehehehe Adorei as suas dicas, vou admitir que morro de preguiça de comentar nos outros blogs...ahuehueahuea mas isso irá melhorar. Um beijo Sherry

  • Camila

    Houve épocas que meu tempo era tãao pequeno que, para postar, eu escrevia o post no caderno, no meio da aula da faculdade e passava a limpo quando chegava em casa. Estou superando todas essas desculpinhas aí, mas quem nunca hehe! :D Beijos!

  • Nique

    Difícil não ter passado, na verdade passei por todos rsr, mas ainda não desisti, estou aqui firme e forte, não sei até quando.

  • Milene

    Moça Vitrola, li outro dia q a liberação de serotonina (ou outra nina) no cérebro ao receber curtidas e comentários é a mesma de qdo se é viciado em jogo. Ativa o sistema limbico de recompensa. Logo, posso arriscar dizer q blogueiros se viciam em blogar. E q nossa senhora das views abençoe nossos blogues. Bjo

  • Marta Freitas

    Rê dos listados, vivo em crise no "Eu nunca me sinto inspirado". As vezes eu não sei se é falta de criatividade ou preguiça, ou ambas. Preciso parar de me auto sabotar e por a mão na massa, definitivamente. Beijos

  • Nami Mello

    Levei um tapa na cara com essa da inspiração hehehe. Acho que eu tenho mais é dificuldade de passar as coisas pro papel/tela do que de ter inspiração mesmo. Acho que é só essa desculpa que eu usei, pois como você diz no ultimo topico, tudo que se precisa pra bloggar é um computador, conexão com a internet e vontade de escrever. :)

  • Lili

    Poxa, Rê, sabe q não tinha pensado nessa de visitar outros blogs como sendo algo importante? Na real visito mtos blogs pq gosto... mas acho q talvez devesse reservar um tempo sempre pra visitar e comentar blogs do meu segmento. Beijos!

  • Isabela Kanupp

    Re, meu maior problema é comentar (e to tentando resolver agora, tá?) e eu sempre lembro de uma postagem que você falou justamente isso, que comentava em diversos blogs. Quanto a não ter equipamento necessário, acho que o problema é na blogosfera em geral, de uns anos para cá rolou uma glamourização do que é blogar, que você tem que ter isso ou aquilo e não é bem assim. Ainda uso um computador de tubo e um teclado que faz tec tec tec - e eu adoro hahaha - e estamos ai né? Beijo

  • Fernanda da Conceição

    Amei o post! Me identifiquei bastante, com tudo! Pensei em desistir várias vezes sabe?! Por que tinha um celular ruim, não tenho iluminação boa, ou porque não tinha o lay lindo! Também várias vezes pensei em desistir do canal do youtube, por pensar que nunca conseguiria ser ou ter o que as blogueiras tem! Mas, continuei mesmo assim, quando a minha consciência dizia que eu não iria conseguir, mas sabe o que aconteceu? Várias pessoas começaram a falar do meu blog e elogiar, várias pessoas chegaram em mim na rua dizendo que estava amando cada dica que eu postava! E isso começou a me motivar e hoje eu entendo não importa o que eu tenho, eu posso fazer as pessoas entenderem que elas podem se sentir bela, sem gastar horrores! Amei o post!

  • Ludimara

    Já passei por tudo isso! Vivo tendo crise de "meus equipamentos não são bons o suficiente", de criatividade, de comentários... Sobre os comentários, eles tem diminuído no geral mesmo, parece que as pessoas estão cada vez com mais preguiça de comentar. Igualmente seguirei sua dica de visitar e comentar mais blogs por dia.

  • Tatiana

    Shame on me que não vi que tinha outra página e achei que meu comentário não tinha ido. hahaha Desculpa pelo comentário duplo. XD

  • Tatiana

    Eu já dei várias dessas desculpas, inclusive antes de começar um blog novo, tentava de tudo pra tirar a ideia da minha cabeça, mas agora que comecei tô adorando. Acho normal a gente ter dias difíceis e que não temos vontade ou criatividade pra postar, mas não tem nada como poder se expressar quando você tem vontade. <3 Meu blog tá me fazendo muito bem e me deixando muito animada.

  • Mariana

    Anhhh eu procrastino tantooo pra atualizar o meu. Sempre tô com idéias. Mas enrolo, enrolo...! Um beijo!!

  • Mila

    Eu escrevo porque gosto, não consigo me forçar a manter uma rotina com o blog, manter média de posts semanais, essas coisas. Quando vem a vontade, eu posto. Acho que isso é um pouco da essência dos blogs de antigamente, o prazer de escrever por escrever. E, quando a gente faz as coisas pelo prazer, o resultado é mais natural. É isso que eu sinto falta na maioria dos blogs de hoje. Parece que há uma obrigação, como se fosse um contrato (às vezes até é, né) ou como se fosse mais importante a quantidade do que a qualidade. Continuo com o blog porque gosto mesmo de escrever e ter um lugar pra fazer isso de forma mais íntima. Mas, de forma geral, sinto que há cada vez menos blogs que existam sem a preocupação do dinheiro, brinde, publipost, comentários bombando... Não que isso seja ruim, cada um ganha dinheiro e fama com o que gosta de fazer, mas sinto falta daquela coisa mais "amadora" dos blogs de 10 anos atrás.

  • Rani

    Tenho duas palavrinhas para dizer: Para béns! hahahaha brinks Rê, vou favoritar esse post para ler sempre que esses pensamentos me vierem a cabeça. Acho que hoje a blogosfera continua tão legal quanto era antes, porque as pessoas de antes ainda existem nela, e claro, novas pessoas estão aparecendo e estão levando a sério a ideia de escrever com amô. <3 Bjs,

  • Mariana

    AHhhhhh que coisa dura a bloguxosfera de antigamente! Tanto blog lindo com conteúdo medonho. Tanto blog de layout feio com conteúdo maravilindo. Poxa, não precisa ter layout desenvolvido especialmente pra você, com ilustra feita por blogueira famosa (a não ser que seja tu, daí dou moral hahahah!). Só escrever, miga. Eu gosto dos textos sinceros, que parecem que foram escritos sem nenhum esforço. Eu queria ser assim! Eu demoro até anos pra escrever um post que seja. No fundo é só isso. Escreva, interaja, seja sincero... E o resto vem naturalmente!

  • BA MORETTI

    tantas verdades que nem sei lidar ♥ HAHA e essa de interagir é a maior verdade. quem não é visto não é lembrado.

  • Lívia

    Ah, e como existem blogs como antigamente! Somos mais do que provas vivas disso <3 Sempre que alguém reclama comigo quanto a comentários, sempre digo que o segredo está exatamente na interação, no comentário verdadeiro, recadinho do coração mesmo. Beijo, Rê!

  • Fernanda Maria

    Rê, Você sabe, me conhece o bastante pra lembrar que já fui bem chata no quesito "ninguém comenta no meu blog" hahahaaa gente eu sou doida, quando lembro o que já escrevi eu penso " quem é essa pessoa?" Ansiedade é uma merda mesmo com o perdão do palavrão mas é bem isso, você fica lá mexendo os dedos tenta respirar, esperar, fica lá falando " não vou falar nada, não vou falar nada" e quando vê já escreveu um monte de coisas que vai se arrepender. Eu já pensei em desistir e as vezes penso porque ainda escrevo mas já sei a resposta sempre, eu gosto do meu blog, gosto de escrever nele e sim, quero postar muito mais ainda mas não vou postar qualquer coisa só pra gerar mais posts e visualizações ... Também, Vamos pensar, como querer ter comentários se nem comenta no blog dos outros...é, eu estou em falta, fico tão ocupada pensando e pensando que esqueço que comentar nos outros blogs é bom, eu gosto e pode até gerar retorno por que não? Quando gosto de um blog ou um post eu gosto de ir lá e comentar,debater até e sim, sou dessas que fica esperando resposta(as vezes né). Nossa, sou do tempo que o blog era apenas um diário virtual ainda me surpreendo de como os blogs tiveram um boom sabe mas acho legal, só não acho bom quando vejo meninas querendo imitar alguém que já tem sucesso pensando que assim elas também terão. Agora, falta de criatividade é um problema, as vezes a gente bloqueia sabe, a gente tem sim criatividade maaas em meio a problemas cotidianos entre outros nós bloqueamos nossa criatividade eu tinha pensado o seguinte: que todo final de semana eu sairia pra fotografar, treinar né usar minha maquina fotográfica que mesmo não sendo profissional é nova e ainda mal usei a coitada só que, cadê que fui? não fui, tantos problemas e estresse que não fui, desculpas que damos né... Mas não desisto do blog, ele me deixa feliz, me faz bem e hoje, se tem comentários mesmo que seja um fico feliz e pronto...mas gosto de ver as visualizações rsss costume fazer o que.

  • Chell

    Gambate amigos blogueirosss!!! hehehe Adorei!

  • Rony Erisson

    Meu Deus do céu, passo pela síndrome do "blog feio". Troco de layout como troco de roupa, rs. Sempre acompanhei alguns blogs, mas nunca tive o meu (até uma semana atrás) Abraço grande.

  • Cris

    Faltou o "eu não tenho tempo" é a que eu mais uso xD Na maioria das vezes é verdade xD Beijos! =**

  • Isabelle Nascimento

    Já passei por todos esses dilemas em um pouco mais de um ano mas, o mais complicado de todos foi o equipamento, teve uma época que eu fiquei super mal por só ter um celular simples para criar posts, graças à Deus isso passou e agora eu to super satisfeita com a minha amada compacta. Acho que tudo é questão de otimismo e de acreditar em si mesmo, porque quando todos esses dilemas aparecerem teremos forças para resistir e melhorar a cada dia a nossa forma de blogar <3

  • Laurinha

    Hahah, com meus quase 5 anos de blog, já passei por tudo isso! Acho que o único que ainda me pega é o mantra da falta de inspiração... As vezes ela vem e realmente parece que potencializamos de tanto nos preocupar com ela ao invés de buscar inspiração. Com tantos lay-free super personalizaveis e tutoriais lindos e divos na net, acho difícil atualmente essa parte da beleza hahah Beijos!

  • K A H

    Falo sempre que voltar pro mundo dos blogs foi uma das melhores decisões que tomei ano passado. Ter um lugar só nosso pra falar sobre o que a gente quer e gosta é muito amor <3 eu nunca entendo quando vejo gente reclamando de os blogs serem sempre a mesma coisa e só jabá, desde que eu voltei 90% dos blogs que encontrei e sigo são ótimos, de gente que publica conteúdo de qualidade mesmo sendo do nicho de blogs pessoais, e isso é muito amor - acho que vai da pessoa ir selecionando e descartando o que ela vai encontrando pelo caminho, isso sim. E isso de inspiração, nem me fale. Tem dias que bate aquele desanimo, a única coisa que faço é não forçar, ver coisas legais, ler blogs que sigo e a inspiração (e o ânimo) não demora pra voltar. Adorei o post, beijos!

  • Tatiana Nais

    Eu já tive vários blogs anos atrás e desisti de todos. Fiquei anos tentando me convencer que não daria certo ter blog, que era muito difícil manter, que ninguém ia se interessar e que eu não saberia o que postar. Acabei de me arriscar isso de novo e as vezes não sei mesmo o que postar, mas tudo bem, sabe? Ter um blog e expressar minhas idéias me faz bem, então continuo indo em frente, postando, me divertindo com isso e visitando outros blogs pra ler coisas legais e aprender com eles também. Adorei o post e acho que todo blogueiro vai se identificar e vai se sentir melhor ao ler ele. Um beijo!

  • Blog Urbano e Retrô

    Amo demais estes seus posts motivadores, com certeza você é uma inspiração para quem tem blog! Bjux, Jell!

  • Alef Bass

    A medida que ia lendo esse post ficava lembrando das desculpas que já inventei e não só para o blog, como para a vida. Se encontramos muitas dificuldades no que estamos fazendo é sempre bom nos perguntar se isso é o que queremos, as vezes estamos na direção errada. As vezes eu não me sinto inspirado, nem sempre meus posts tem comentários e eu estou longe de ter os melhores equipamentos para o blog, mas sabe que isso só me deixa mais excitado no sentido de correr atrás e dar o meu melhor? Ótimo post, bjs.

  • Evelyn Barcelos

    Entrei na blogosfera em 2012 e já passei por tudo isso aí, mais de uma vez. Hahaha Percebi depois de algum tempo que quanto menos retorno eu esperar, seja por comentários, reconhecimento ou grana mesmo, mais feliz eu fico com cada passinho dado. Acredito que sou uma blogueira muito melhor hoje, justamente por já ter superado todos esses problemas e outros ainda. Blogar é amor! <3 www.pensamentoseminstantes.com.br

  • Si

    Postagem perfeita. Acho que, para as blogueiras das antigas, um dos grandes problemas para manter o blog, atualizar e comentar em outros, é o fator tempo. Eu tenho tido este problema, nas resisto bravamente, apesar de tudo... Bjus e carinhos, fica com Deus!

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *