A busca desenfreada do sucesso (e porque eu não vou mais a eventos blogueiros)

Desde que vim morar em Ubatuba, minha frequência em comparecimento de eventos e encontros dito "blogueiros" caiu totalmente. Tudo isso inclui vários motivos: distância, gastos, dias em que são realizados os eventos. Mas o maior de todos, sem sombra de dúvida, é falta de identificação.

 

Já me desloquei de Ubatuba pra SP algumas vezes. Mas para eventos blogueiros? Nunca mais eu ameacei minha coragem, amiguinhos.

 

Primeiro: a maior parte dos eventos blogueiros eu NÃO me identifico mais e NÃO me representam. Fico feliz, de verdade, pelo merecido sucesso de algumas amigas blogueiras, mas também tenho outros amigos blogueiros com muito a dizer e que raramente ganham espaço para tal. Quando rola alguma palestra interessante, é sempre em evento x (às vezes até eventos com outro foco), divulgado porcamente e que você só toma conhecimento quando… acabou. Duas semanas depois. E fica sabendo que foi num dia de semana.

 

Não tenho aqui um infográfico, mas certamente e até onde sei, o mundo blogueiro não é feito só de blogs que visam "estética", e embora eu saiba que geram uma receita incomparável, não são detentores da sabedoria de como levar um blog adiante e não morrer na praia (o que já se encaixa em outro ponto que gostaria de debater também). Então, você, organizador de eventos blogueiros: olhe ao redor, saia dessa bolha. Levantar novas questões, sob diferentes ângulos, não deve ser visualizado como um risco, e sim uma necessidade. Qual é o seu medo?

 

Os assuntos das palestras beiram à repetição enfadonha: como faturar com o blog, como ganhar dinheiro com o blog, como bombar nas redes sociais, e de novo… como ficar rico com o blog, claro. Sério, VIREM O DISCO. Sucesso é ÓTIMO, ganhar muito dinheiro também (embora eu tenha lá minhas questões), mas o que vejo é só uma massa grudenta sendo jogada no solo fértil dxs mentes dxs blogueirxs iniciantes. Muito mais cruel que as propagandas que prometiam felicidade plena se você tivesse um kit de facas… mas que pelo menos vinham com um tutorial de como usá-las ao adquiri-las.

 

bitch-please-eyeroll-Lucy-Liu-oh-brother-oh-please-GIF

 

Fora a necessidade de SEMPRE haver ligação com "venha e ganhe". Uma tarde inteira e uma sacola cheia de itens recebidos valendo, motivando e causando muito mais frisson que uma troca de informações pra levar pra vida, daquelas que só uma boa conversa, uma boa troca, pode te render. Sair cheio de ideias, motivado, e com a magnífica sensação de ter aprendido algo novo… que brinde numa sacola pode ser melhor que isso, me digam? Veja bem, não digo que ir a um evento onde o objetivo é apenas recolher brindes é crime, mas me parece tão… vago? 

 

Espero que eventos que buscam, ainda que com certa resistência, propagar discussões que nos façam pensar um cadinho fora da caixa (tive que usar essa expressão tosquíssima, desculpaê), ganhem destaque e cresçam como merecido. Afinal, blog não é feito só de sucesso, é feito de GENTE. Sucesso não faz amizade, sucesso não responde os comentários, sucesso não sabe interagir com os leitores. A fórmula é UM TODO. Entendem o que eu digo? 

 

Enquanto isso, sigo torcendo para que algo mais democrático se faça mais presente (ou pelo menos, o que resta não seja jogado num poço). E que nossa sacola se encha de opinião, bons encontros e conversas produtivas das mais variadas. Ou será que sou sonhadora demais?

 

 

  • Guilherme Oliveira

    Realmente as pessoas esqueceram o valor que tem blogar, o trabalho que dá etc ... Elas só pensam realmente no sucesso ! Literalmente perdeu a essência de blogar com vontade pra dar o bom conteúdo pros leitores ! AMEEI O POST !

  • Je Wilhelm

    Pois é, eu nunca fui e nem pretendo, a blogosfera perdeu a essencia na minha opiniao, profissionalizaram a coisa, viradam empresas e nao espaço para compartilhar opiniao sincera, gente nada contra quem ganha dinheiro com blog, isso é merito, mas a essencia cade? É só publi publi nao tem mais aquele lance de "vou postar o que gosto, minha opiniao" isso virou item raro nos blogs de hoje, infelizmente, as opinioes sao compradas, enfiam publi de sabao em pó em blog de moda (oi?) Sei la cara... nao consigo curtir isso, os blogs que eu sigo sao blogs pessoais, ganham dinheiro? Alguns sim e muito mas a escrita, a alma do blog ta ali ainda viva.

  • Amanda

    eu bloguei desde o inicinho dos anos 2000 (sou #oldschool! rs), e isso tudo que você descreveu é graaaande porcentagem de eu ter me desmotivado. mais do mesmo, briga de egos... já nem me sinto mais confortável me dizendo "blogueira", porque até essa palavra perdeu o significado pra mim. hoje, é algo totalmente diferente. criei um blog novo há quase dois anos e até hoje não comecei a postar, porque ainda tá me faltando um tiquinho de motivação. :\ inclusive, o nome que escolhi pro blog é, por si só, um protesto contra esse "movimento". tudo que cê faz em blog hoje em dia parece que tem que ter um porquê, uma intenção. cadê a espontaneidade, migos? e nem sei quem perde mais: nós, blogueiras, ou nós, leitoras. (tava guardando esse post há um tempão pra comentar! HAHA sry pelo delay)

    • mulhervitrola

      Pois é Amanda, é por isso que eu sempre costumo dizer que a motivação de blogar tá em nós. Se você gosta pra valer, vai continuar curtindo mesmo tendo 1 ou 100 comentários. Um beijo!

  • Kelly Cavalcante

    Nossa, pensei que fosse a unica e vê as coisas dessa forma, o mundo blogueiro virou um mundo muito superficial, onde as blogueiras muitas vezes "tem" e não "são" - os posts são:preferidos do mês, produtos que estou amando, listas de desejos, look do dia. Pra iniciar um vídeo primeiro tem que dizer o nome e a cor do batom, é o mundo dos VIPS uso marcas conhecidas, ganho inúmeros presentes e frequento eventos durante a semana. Os blogs que possuem um conteúdo mais trabalhado que exigem mais tempo para produzir, criatividade e esforço não tem espaço, ou tem espaço muito pequeno, porque eles não tem fama ( e os editoriais patrocinados são poucos). Fico imaginando adolescentes que leem e acessam canais de blogueiras, beirando toda essa influencia.

  • Fabio Salvador

    Esse negócio de sucesso é relativo. Meu blog... eu tinha um blog bagunçado no qual comentava a política local e botava posts sobre ônibus, ruas e coisa e tal. Não rendeu um real mas era um dos veiculos de comunicação mais influentes daqui da cidade. Depois veio a era dos sites de noticias. Meu blog foi caindo de força. Mas não dá nada. Eu ajudei a construir essa nova fase. Hoje eu desmembrei... meu blog continua, mas falando de carros, alguma coisinha local, um blog bem despretensioso. A parte que desmembrei dele fala de TV, filmes, etc e fica em outra URL. Não rende nada. Nem todo mundo vive de fazer blog. Escrevo porque gosto. Ajudo a divulgar escritores e artistas locais. Sou servidor público federal, meu foco na web não é viver dela. Vou dizer... se as pessoas se divertirem, pensarem, ou tirarem algo para suas vidas lá do meu blog, me basta. Gostaria de ter mais leitores e de receber comentários em todos os assuntos como recebo nos posts sobre carros... mas fora isso, se a coisa "monetizar" não é o que vai me pautar.

    • mulhervitrola

      Bem assim, Fabio! Definiu muito bem, pois é bem relativo. pra mim sucesso é totalmente isso. Quando faço um post e uma pessoa que seja me manda mensagem falando que curtiu, que ajudou, me basta. Pq fiz aquilo por prazer e ajudou de alguma forma. Perfeita colocação!

  • Tamara

    Saudade dos encontrinhos somente pra jogar conversa fora .... dos moleskines viajantes e de informações realmente necessárias e verdadeiras... não apenas pra divulgação de produtos e marcas que são divulgadas obrigatoriamente. Eu desanimei logo ai ..fui blogueira por 10 anos , mas quando percebi que o mundo blogueiro estava mudando sua rota para o comércio... desanimei tanto que acabei com o blog.

  • Paula A.

    Depois que lançaram até o "curso de blogueira" eu desisti da vida, hahahah. Ótima reflexão, Rê, demorou para mudarem o foco desses eventos e trazerem mais informações úteis ao invés de monetizar a p**ra toda.

    • mulhervitrola

      E agora tem um monte... coisa que antigamente todo mundo compartilhava de graça, lembra?

  • Luci

    Por isso que chove blogs de moda. Parece aqueles cultos das Igrejas onde os "cristãos" visam apenas o sucesso financeiro.

  • Débora Buarque

    Vixe, acho que perdi essa parte do fique rica com o Blog...rs Sempre achei que Blog era mais uma forma de se expressar, de pensar abertamente tipo um diário virtual, e que de alguma forma ajudassem a quem interessasse e nos sentíssemos ajudadas tb. Nunca pensei em ganhar rios de dinheiro com ele, sempre quis fazer amizades, trocar idéias e mostrar por onde vai minha felicidade em momentos pequenos, mas tão importantes pra mim. Por isso não fiquei rica ainda...rs E acho que nem quero se tiver que ser dessa forma tb. Bjs. Vc tá certíssima, nunca vi usarem o dom da palavra tão bem como vc fez agora.

  • Luly

    Eu tenho reparado ultimamente numa coisa curiosa: os blogs "menores" que conheço têm recebido mais comentários do que os blogs profissionais que mais visito. E o legal disso não são os "números", mas a TROCA que acaba acontecendo. O comentário, para mim, é isso: é alguém absorver o que você passou através de palavras/ações e te dar algo em troca. E é legal observar que quando a pessoa se importa com o que está postando a outra se importa em opinar sobre isso. Não que eu seja contra o blogueiro profissional, conheço muita gente que está tentando chegar lá e se surgisse a oportunidade para mim acho até que eu pensaria no assunto, mas sinto um pouco falta do pessoal e da dedicação, da pesquisa, da vontade do fazer por querer. E, claro, da motivação. Porque não tem nada mais maravilhoso do que ler um post incrível, assistir a uma palestra maravilhosa ou mesmo ter um insight no ônibus, o que quer que seja, que te faça querer produzir e compartilhar suas próprias ideias!

    • mulhervitrola

      Vejo isso também Luly, até nas redes sociais! Interação zero... acho muito estranho. E nem tem desculpa, pois conheço blogueiras grandes que interagem numa boa (vide a Lia, do Just Lia).

  • Maurize

    Certíssima certíssima certíssima!!!

  • Talita Viana

    Que texto maravilhoso! Sério! Eu sou super nova nessa blogosfera, mas busco aqui um lugar pra compartilhar coisas boas! Criei meu blog com a inteção de ser um refugio para o stress do mundo real. Se um dia rolar de ganhar algo com ele, ótimo! Mas ter essa necessidade de sucesso a todo custo realmente ser perde o valor real! Parabéns pelo texto tão sincero e verdadeio! Bjs! Talita =) www.talitaviana.com

  • Pamela

    Re, vc precisa ir nos encontros de blogueiras que a Paloma organiza em SP na liberdade <3 Eu já fui e na real é só COMIDA comida e COMIDA hahahahahaha Sem contar risadas com lindas como a Cih Coloridex, a Jess Quirino e outras fofas <3 Eu não sou blogueira e sempre que dá eu vou nos eventos só pra rir e comer! haha Eu super concordo com tudo o que vc disse, os blogs hoje em dia só pensam em lucrar, é incrível. a maioria dos blogs fazem uma resenha de um produto apenas por ter sido pago de alguma forma. O que aconteceu com aquele: "comprei, gostei e to fazendo resenha"? Tudo é pago, o que acaba diminuindo E MUITO o valor daquela resenha pra mim, pois se a marca está te pagando, vc vai falar bem, pq sim. Enfim, os únicos blogs que eu sigo são o seu, o da minha irmã e o da Rosto de Neve <3 Beijo!

  • Alessandra Rocha

    Rê, eu nunca fui a nenhum tipo de evento "blogueirístico", mas acho que te entendo. Eu nunca tive ambições, nem querências, de fazer do meu blog meu ganha pão.. Até porque meus blogs sempre foram pessoais demais pra isso, e é exatamente o tipo de coisa que eu amo fazer, mas passaria a odiar se houvesse uma cobrança por trás disso. Por isso sempre fiquei no meu cantinho com meus poucos - porém bons - leitores. A parte triste de tudo isso é realmente o que você disse, tem tanta gente louca por atingir a fama e o sucesso pela blogosfera que estamos sofrendo uma overdose de mais do mesmo! É muito triste e isso meio que broxa a gente que tá no meio só pela paixão por escrever e etc, tomara que a galera se conscientize e comece a dar mais valor pros conteúdos né? beijo!

  • Fernanda N

    oiiii rê! :D menina, é bem isso mesmo... acho que teu post veio bem a calhar no momento. sinto muita falta da época em que blogar servia para trocar experiências verdadeiras e conhecer pessoas que têm interesses semelhantes ao seu... hoje em dia as pessoas só pensam no dinheiro, na fama e em ter mil seguidores em todos os canais de mídia. eu tenho pouquinhos seguidores, mas certamente minha interação com as pessoas que me leem é muito mais válida (tanto para mim, quanto para o leitor)... gosto de saber quem me lê, quem se importa em comentar no meu blog para poder criar uma relação com estas pessoas... e fama nenhuma supera isso. os eventos blogueiros de hoje em dia não focam no que é mais importante, essa relação autor-leitor. eu participei de 3 encontros blogueiros até hoje, mas apenas um deles foi realmente relevante para mim... conhecer pessoas, trocar ideias, criar amigos. não tenho problema nenhum com quem quer ter um blog de moda/beleza, ficar famoso e ganhar dinheiro, mas não foi por este motivo que eu comecei (e vou continuar) blogando... espero que outras pessoas pensem assim e, se não pensam, comecem a pensar. precisamos resgatar o que tinha de mais valioso na blogosfera... porque, néam? #voltamundoblogueiro :D beijoocaaaaaa

  • Ana Azevedo

    Adorei o artigo. Senti-me compreendida. Haja quem compreenda quem escreve, não só sobre beleza e moda. Há tanta coisa para escrever, ler, conhecer!!! Acho que foi por isso que demorei tanto tempo a criar um blog, porque não me sentia "encaixada" nesse meio, mas agora percebo que há muito mais onde eu me posso encaixar. Obrigada Re

  • Dafni do Nascimento

    Tenho uma sensação de que as pessoas só vão para comer e ganhar presentes. Pouco se aproveita. 

  • Si

    Rê, disse tudo! Infelizmente os blogs se tornaram um meio de promoção, no qual as pessoas vivem de fazer resenha e "pagar pau" para marcas. Adoro blogs pessoais, com essência. Daqueles que não venderam a alma... Bjus e carinhos, fica com Deus PS: Vi sua caixinha de like do facebook e está fofa. Como vc a colocou desse jeito?

  • Jess

    key sempre dizendo o que precisa ser dito :) eu fui em alguns eventos de blogueiras e sempre me senti tão mal que decidi não ir mais. Adoro conhecer pessoas novas, mas honestamente, não dessa forma. Algumas pessoas que ficam te medindo, essa competição desenfreada, esse status bobo de "blogueira de sucesso". nada contra quem atingiu o sucesso, mas eu particularmente não desejo isso para mim da forma tão exposta que é esse "modelo de sucesso". Concordo com cada ponto key e obrigada por compartilhar conosco sua opinião :)

  • Carla

    Vem cá. Me dá um abraço! Nada contra quem usa o blog como vitrine. Cada um usa o próprio blog como quer. Mas eu também cansei dessa onda de que PRECISA ser famoso, PRECISA ter milhões de acessos, PRECISA ganhar dinheiro. Ai, gente, precisa é ter a cara do dono. Se o dono é uma vitrine, que seja, mas eu prefiro os que são pessoas. Bjs

  • Thaís Melo

    Adorei o posto. Perdi o interesse em ler alguns blogs por este motivo. Só tem publieditorial e só notícia de eventos. Perdeu o foco de ajudar o próximo, trocar experiências e fazer amizades.

  • Danny Toledo

    Olá, gostei muito do seu texto e faço minhas suas palavras. Pra começar eu já nem perco meu tempo com isso, uso a internet pra saber mais e mais e essas palestras sempre dizem a mesma coisa. Diariamente recebo e-mails e comentários de pessoas que amam meu blog :) , que são iniciantes e me pedem ajuda com tudo o que vc possa imaginar. Eu percebo nessas coisas que a maioria destas pessoas criam pra ganhar dinheiro e ficar famosa e não pq tem algo de bom na sua vida e querem compartilhar, assim como nós fazemos. Ainda mais hj que blogueira já é considerado uma profissão. E tbm, pra encerrar, acompanho algumas blogueiras famosas e que, depois do sucesso, os posts mudaram e tudo ficou "vago"? Sempre divulgando coisas e lugares e se esquecendo do bate-papo e de outras coisas de interação que as levaram até ali. Será que o sucesso sobe pra cabeça? e o resto? como vc disse: entraram na caixa e não sabe mais o que se passa ao redor do mundinho blog. bjs

  • Grace

    Renata, Fiquei pensando... Por que você não começa uma linha de eventos diferentes? Tem uma frase Apple related que amo e diz "Innovation is when it gets built". Todos temos ideias de fazer diferente mas poucos tomam um atitude. Um evento promovido por você até eu que estou um tanto longe faria um esforço para comparecer ;) #Ficaaideia rsrs

  • Grace

    Que alívio ver alguém levantar esse ponto, Renata! Sou "dos blogs" desde os meus 16 anos (que já faz tempo) *velha*... Mas bem na linha do Rota Roots também sinto tanto falta da essência do que eram os blogs antes de toda a excessiva comercialização deles. Blogar era fazer algo que gostamos. Algo que refletia nossa identidade ao invés de vender a alma para propaganda. E eu sei que isso pode até parecer estranho para alguém que tem graduação em "Publicidade & Propaganda" e lidera um web hosting com foco em blogs mas a realidade passou longe desses clusters faz tempo. Creio que tenho a maior sorte do mundo por trabalhar diretamente com a maioria das blogueiras "raiz" e isso me faz ter fé que alguém ainda sabe ver as coisas como elas são.... viver e blogar com integridade e alinhado ao seus valores. Eu parei de blogar há alguns anos pois virei "adulta" e parei de priorizar algo que eu amava. Acho que isso aconteceu com muitas das blogueiras que eu adorava também. Recentemente resgatei meu antigo blog (Desabrochar) e gastei um bom tempo revivendo aquelas lembranças. Talvez faça sentido só para mim e ninguém mais mas pelo menos eu olho o que escrevi entre os meus 18-23 anos e aquele conteúdo não tem data de expiração. Esse critério (expiração) é algo que venho pensando muito em termos de conteúdo. Mas olha... talvez toda essa maré tenha data de expiração como estamos vendo cair a mídia de massa. Vai que esse é o momento para inovar e fazer diferente, como você está fazendo ao questionar e incentivar as pessoas a pensarem um pouquinho mais fundo...

  • Ísis Guimarães

    Concordo muito com tudo que disse nesse post, ser blogueira de sucesso virou um foco que acabou banalizando completamente a essência de se blogar... quase sempre que entro em um blog novo, vejo alguma coisa "meio copiada" da "fórmula de sucesso" dos blogueiros. Acaba faltando um pouco da parte autêntica, que é a verdadeira fórmula do sucesso. Fazer coisas repetidas que estão em todos os blogs famosos, parece ser a única coisa que muitos querem, e o conteúdo na internet só vai ficando cada vez pior. São poucos os blogs em que eu entro e gosto, me identifico, e quero voltar... justamente por causa dessa banalização. E esses eventos acabam também deixando de fora muita gente boa que tem coisa boa e interessante pra falar. Infelizmente... :( Bjão www.trajetoaleatorio.com.br

  • Andreia Rodrigues

    Sim, existe vida além dos blogues! Além dos blogues de moda. Eu escrevo sobre Minimalismo e como diminuir o consumo, apenas porque resolvi pensar além do consumismo de roupas, calçados, bolsas, maquiagens e etc. Algo em outra onda. Não é contrário, apenas um novo caminho. Não ganho dinheiro e não promovo venda de produtos. Eu não estou só, há muitos blogues que falam sobre vida simples. E me pergunte, existe evento voltado para esse público? Claro que não! E o que vale são as experiências pessoas e as trocas. Gostei, é preciso pensar fora da "caixinha"! Abraços!

  • Priscila Barbosa

    Apenas uma coisa: Você me representa!

  • D. Nascimento

    Bom dia, olha assino embaixo. Sou bem direta ao falar sobre isso tbm. Faço parte da galera que tem blog do nicho beleza, porém meu blog não é saldão de promoção, prateleira de marcas ou outdoor. Por que digo isso? Porque já vieram me oferecer produtos para resenhar com texto pronto em troca de um valor X. Fui extremamente objetiva ao dizer que meu blog é autoral e não tolero opiniões. Quer me mandar algo pra testar, mande, seria legal, mas não queira controlar o que eu escrevo, muito menos em troca de dinheiro. Para mim ser blogueira ainda é sinônimo de posts legais, de dicas bacanas, o que está cada vez mais difícil. Concordo em gênero, número e grau com todas as tuas indagações.

    • D. Nascimento

      não tolero opiniões (não escritas por mim como se assim fossem).

  • Vanguedes

    Eu nem sei o que comentar nesse texto. Concordo com cada linha dele. Mas acho que o problema está em toda grande massa, não só nos blogueiros. Sempre o público vai ser mais atraído pelo que é "fácil". Perca peso rápido, fique bonito rápido, etc. Esses eventos são um reflexo disso. Outro dia mesmo li um texto que falava exatamente disso. Do medo que as agências têm de ousarem, sabe? De levar uma pauta de humor pra algum outro blogueiro que não o Cid, por exemplo. Ou que fale pra adolescente e não seja a Bruna Vieira. Nada contra esses blogueiros, gosto dos dois, inclusive, só acho que precisamos de coisas novas, precisamos experimentar e só conseguiremos isso quando as agências perceberem que podem fazer diferente. Ótimo texto. Abraço.

  • Lee

    Mulher, lacrasse com esse texto. A verdade é que muita agente que entra no próprio mundo de blogar o faz porque quer ganhar algo. Aí você junta com pessoas que fazem evento mais para "dar brindes" que informações relevantes, e dá numa fórmula viciada onde a maior parte dos eventos seguem a mesma linha. Certíssima você de não querer gastar seu tempo só para ganhar uma sacolinha. Afinal, quem quer sacolinha com presentinhos pode também ir para aniversário de criança. hahah Ótima semana pra ti! Beijo!

  • Renata

    Oi Rê. Li o texto ontem, mas só agora tive tempo de comentar aqui. Eu moro numa cidade que até tempos atrás não havia essa de encontros blogueiros. Eis que passeando pela timeline do meu instagram vejo a foto de uma amiga dos tempos do colégio falando de encontro com as "bloggers" daqui. Fui ver quem eram essas meninas e só vi mais do mesmo: meninas com o mesmo biotipo que falam de roupas (caras) e maquiagens (caras também). Tempos depois vejo um outra conhecida minha falando de um "encontro blogueiro" que iria ter. Nem sabia disso e só descobri bem depois que ia ter, mas o foco pelo visto era sobre moda e maquiagem, algo que eu nem passo perto no meu blog. Aí eu me questiono, será se eu sou blogueira mesmo? Tenho blog desde 2007 e sempre falei da vida, dos meus gostos, dos meus sentimentos, etc, algo que já foi foco das blogueiras e atualmente é um nicho que está de lado por aqui. Acompanho alguns blogs "famosos", mas vejo tanto mais do mesmo que cansa. Dia desses estava assistindo um vídeo de recebidos de uma blogueira e só pela sacola que ela pegava eu já adivinhava o que era, pois outras 1527 blogueiras fizeram vídeos com os mesmos produtos. Não me encaixo nesses tipos de eventos blogueiros porque sou uma pessoa totalmente desencanada com certos assuntos. Prefiro gastar 300 reais em livros do que numa única peça de roupa (ou sapato). Enfim, comentário Bíblia desabafo. Amei o texto, ele representa uma parte da galera de raiz que ainda sonha com uma blogosfera mais legal (como era anos atrás) ;*

  • Mariana Honorato

    Re, achei o seu texto excelente e ele realmente espelha o que observo. Comecei um blog em 2010, mas por força das circunstâncias não consegui continuar. Desde o ano passado tenho o Batom com Prosa, no qual tento diversificar o assunto, pois gosto de muitas coisas, inclusive maquiagem. De fato, o que parece é que o mundo blogueiro é composto por um pequeno grupo que está sempre abordando o mesmo assunto. Quando me refiro ao mesmo assunto é aproveitar o mesmo evento ou viagem para fazer vídeos e lançar a mesma coisa "centenas de vezes. Ok, eu respeito. Tem público pra isso, eu também respeito! Dia desses ouvi em um vídeo de uma "blogueira veterana" que as pessoas não devem mais investir seu tempo fazendo blogs! What a Hell?! Ou seja, ninguém mais vai fazer medicina, porque já tem muito médico? Um médico não pode ser amigo ou mesmo colega do outro? Um tem que "tombar" o outro. Doideira, né? Mas penso que isso é o reflexo dos tempos em que vivemos. Tem muita gente escrevendo, vlogando, etc conteúdo interessante. Adoro brindes, mas eles não pagam os dias que gasto gestando as ideias e o tempo que levo para organizá-las! Também não tenho redator, nem editor de vídeo, nem assistente pessoal, enfim. Acho que apesar de ser nova na blogosfera, vivo como uma veterana! Afinal, fui criança entre os 70's e 80's. Uma sobrevivente! Mais uma vez, parabéns! Bjs, Mariana.

  • Priscila Bugs

    Parabéns pelo conteúdo de qualidade... Muitas vezes somos considerados chatos por querer mais qualidade ou invés de quantidade... Ter um blog reconhecido eh com certeza maravilhoso, mas que seja reconhecido por ter alguem pensante e não alguem que copie matérias a fim de criar tráfego, queremos mostrar ao mundo que não estamos aqui a passeio. Não somos espectadores de nossa historia... Fico muito feliz de ter encontrado teu blog... Parabéns!

  • Bela Hanajima

    Não tenho nem palavras pra descrever o quanto me representa! Quando eu digo que não sonho em ter zilhões de seguidores no meu blog as pessoas não entendem, acham que é mentira, ou falsa modéstia. Não, eu realmente não sonho! Claro que ganhar seguidores é legal, é o reconhecimento do seu trabalho, mas estou satisfeita com, sei lá, 1000. Mais que isso não quero, porque tudo vira uma loucura. As pessoas tomando conta da sua vida, exigindo um "padrão" de você que você não quer ter... Não quero ser uma webcelebridade, nunca almejei isso. Da até "arrupio" de pensar. haha

  • Denise

    Sem palavras a respeito do seu texto não mudaria uma lina, bem realista. Hoje em dia fico sempre na dúvida se realmente posso confiar no que estou lendo ou se é apenas mais um texto para ganhar público.

  • Mariana Guimarães

    Nossa, assino em baixo. Achei que era a única, que meu blog e meu jeito estavam completamente "errados" e fora do que todo mundo segue. Nunca fui a um evento porque na minha cidade isso não existe. Para o pessoal daqui blog é perca de tempo e faz quem quer aparecer. A visão que eu tinha dos eventos era para conhecer, se aproximar e trocar experiências. Não era do meu conhecimento esse tipo de evento voltado para um público que só quer visar lucro. Antes de mais nada, o fator principal é focar no conteúdo, pelo menos na minha humilde opinião. Conteúdo bom atraí gente. Quem faz blog só pra lucro não vai conseguir, não. Em momento algum eu fiz um blog achando que ia ficar rica e viajar para Londres. Sou da época que o blogspot começou, quando tinha milhões de plaquinhas coloridas e eu passava a tarde procurando os blogs mais brilhantes para comentar e fazer amizade, para aprender o que elas sabiam e ensinar o que eu custei a aprender.

  • Itanna

    Tirou as palavras da boca de muita gente!

  • Mariana Vasconi

    Não conhecia seu blog ainda, vim por indicação da Jéssica Dantas em um grupo de blogueiros, e amei o texto! Sou de São Bernardo - SP e me mudei pro Rio, então ir em eventos de blogueiras foram as melhores maneiras de fazer novas amigas - e sim, conheci e conheço até hoje muita gente bacana! Porém, vejo que a maioria sim, só está lá pra ganhar produtos e tirar fotos pra colocar no Instagram e "esfregar na cara de todo mundo" que está em um evento boladão. Já fui em eventos com palestras muito bacanas, com dicas que não precisam necessariamente ser usadas para o blog - como dicas de fotografia, como cuidar dos cabelos, com lidar com críticas e etc - e sempre que isso acontece, fico me esforçando pra conseguir ouvir a palestra em meio a tantas meninas fazendo conversas paralelas, tirando fotos loucamente, falando com câmeras, entre outras coisas. Parei pra pensar que, se eu fosse a palestrante, ia ficar super constrangida. Já fui em eventos que os organizadores tiveram que ir no microfone pedir silêncio, porque era impossível ouvir o que o palestrante falava. Acho que todas essas coisas, além de falta de respeito e de educação, são uma enorme burrice. Você pode descobrir coisas legais nas palestras, pode conhecer pessoas legais com assuntos que não sejam "vocês já fotografaram o 'look do dia' do evento?", mas a maioria só está lá pra aparecer. Eu não vou mentir, sempre que as empresas dão produtos para testarmos eu fico muito feliz, porque logo penso "ai que bom, mais conteúdo pro blog!". Testo os produtos, coloco no blog e a grande maioria acabo dando pra minha mãe, minhas amigas e outras mulheres da família - porque, pelo menos pra mim, é humanamente impossível dar conta de usar tanta maquiagem, esmaltes, produtos pra cabelo e etc antes de vencerem. Ás vezes paro pra pensar que as pessoas querem brincar de Taciele Alcolea, Niina Secrets e tantas outras blogueiras de beleza famosas que sempre postam fotos em eventos e fazem vídeos mostrando as coisas que ganharam de empresas, mas esquecem que elas REALMENTE amam o que fazem e por isso mesmo chegaram tão longe. E ficar ignorando as pessoas e brigando pra pegar brindes nos stands do jeito que vejo muita gente fazendo em evento de blogueiras com certeza não vai levar a lugar nenhum. Acho que falta amor em fazer o blog, amor em fazer vídeos pro Youtube, amor pelas pessoas, amor por tudo. Enfim, eu podia ficar aqui escrevendo um milhão de coisas que me chateiam nesse universo da blogosfera, mas vou parar por aqui porque o meu comentário quase virou outro texto kkk. Parabéns pelo post, vou passar a te acompanhar =D Beijos!

  • Lya

    WOW! é o que consegui comentar, haha.

  • Grazi

    Fiz questão de ler todo o texto e gostei muito porque vc foi pura e crua na sua opinião.

  • Angel Schneider

    Adorei :D Realmente seria muito bom ganhar dinheiro com o blog, afinal eu invisto muito tempo e algum dinheiro nele, mas isso de querer conseguir algo com este padrão de crescimento é realmente desnecessário.

  • Tany

    Você tá bem certa, e acho que acima de tudo, sucesso é muito diferente de uma pessoa pra outra e certas coisas podem ser ensinadas, mas 99% delas tá aí pela internet pra quem souber procurar direito então acaba sendo mais do mesmo. Além do mais, é tudo caro, e uma coisa que eles não falam é que independente do foco do seu blog já existem milhares com o mesmo foco, e não que seja ruim, mas o importante é focar no seu diferencial que vem simplesmente de ser você. Eles querem ensinar uma formula sendo que o que mais faz o blog ter sucesso é a singularidade que ele tem. Chega a ser engraçado, se você para pra pensar.

    • mulhervitrola

      hahaha, EXATAMENTE, Tany!

  • Estela

    Oi, Rê! Sei que dá para ganhar $$ com blog, mas essa não é bem minha intenção (claro que se rolar algum dia vou adorar!). Acho que quando se faz uma coisa só por dinheiro perde em qualidade. Também acredito que uma pitada de amor pelo blog é essencial para ter sucesso. É o que é sucesso? Fama? Dinheiro? Sei lá! Para mim ter sucesso no blog é ver os comentários depois de um post. Poder interagir com as pessoas que tiraram um pouquinho do seu tempo para ler algo que vc escreveu. Enfim, adorei seu texto é pra mim desmistificou um pouco o evento. Já vi tanto post falando maravilhas, mas nunca tinha parado para pensar... Beijo

  • Vic

    Agora sim, vim comentar este post maravilhoso <3. Eu entendo completamente o que você sente e fico frustrada em ver que insistem nos mesmos erros pq estou dos dois lados, tanto como blogueira, quanto como agência. O que eu vejo é um comodismo e uma preguiça de se adaptar ao novo, em entender o que esse público é e quer. Em eventos de marcas, por exemplo, ninguém muda pq é cômodo fazer um evento, entuchar o povo de comida e dar uma sacolinha de brindes no final. Em eventos de social media, é cômodo vender o "tenha um blog de sucesso, me pergunte como" ou insistir nos mesmos nomes que falam sobre isso há 1929330 anos e que pararam nesses 1929330 atrás. E dai tem o lado de que as marcas/agências acham que blogs são todos iguais, não existe um entendimento do perfil dos blogueiros. É aquela coisa que a gente vê muito em grupos de social media: galera chega pedindo indicação de blogueiro, dá um direcionamento tosco e coloca no casting sem qq critério. Nivelam a 0 o trabalho de quem trabalha com relacionamento e se dedica a profissão. Puxadissimo :( Obrigada Re por este post maravilhoso. Quero imprimir e sair distribuindo nas agências pra ver se o povo aprende! hahaha

    • mulhervitrola

      Muita parte desse outro lado pude aprender contigo, principalmente esse fator de algumas (felizmente, não todas) empresas não se importarem e acharem mais prático/seguro investirem em números. Mas estamos indo pra um ponto MUITO louco, pois o que antes era tão legal e objetivo (os eventos de blog) estão virando uma área vip sem limites... uma pena :(

  • Larissa Couto

    É por isso que eu amo seus textos vitrolinha! Vi o título no Face e já corri para cá, pois sabia que seria um exxxxxpetáculo. Beijos :*

  • Cris

    Post nota 10 Renata!Apesar de eu não ser blogueira, admiro muito o trabalho de vocês! Mas acho que "algumas pessoas" fazem blogs, somente pensando no quanto poderão lucrar! E para nós leitores fica muito perceptível quando alguém escreve (ou faz vídeos) porque realmente ama fazer isso! Tudo para ficar realmente bom tem que vir do coração! Dá pra notar que você gosta do que faz, parabéns! Beijos!

  • Ana Laura Queiroz

    Rê, passo por problemas semelhantes e concordo contigo. Apesar de um dos meus "blogues" ser voltado para moda, beleza e cotidiano, nem sempre consigo imaginar participar de um evento x... Como você disse, em geral acontecem no meio da semana, nos horários mais loucos (na minha cidade, geralmente é logo após o horário de maior trânsito). Sem falar que a realidade de ser um "show de status" é cada dia mais presente (aliás, isso é algo que recentemente outra blogueira e eu conversávamos num evento do qual participamos em 10 blogueiras e apenas nós duas interagimos com "conversas além dos sorrisos"). Às vezes me pego pensando como sobreviver em meio a esse mundo se eu não suporto algumas modinhas (como as dublagens com app; o famoso livro de colorir que até quem nunca pintava começou a pintar pq está na moda; dente outras que a cada dia surgem). Também sinto falta de encontros para conversar, dialogar e não apenas para "sorrir" e fotografar )

  • Thais

    Yes!

  • Patricia Leardine

    Muito interessante o seu ponto de vista, ainda mais porque você viveu essa experiência. Eu gostaria sim de conhecer outras blogueiras, mas principalmente as PESSOAS que eu só conheço através dos blogs. Assim eu vejo razão. Mas acho que se não for por isso, pode sim ser muito vago, ainda mais com o mesmo discurso. Eu vejo muito na internet "como ter um blog de sucesso". Mas o que é o sucesso?! A pessoa que publica pode se sentir muito realizada mesmo com poucos "seguidores" e também pode inspirar a vida de outras pessoas que talvez ela nem imagine que lê o blog. Não sei o que faria se fosse convidada para algo assim, acho que me sentiria bem perdida. Que os blogs continuem sendo feitos por amor, e com textos assim, tão expressivos como esse. Beijo!

  • Lorena

    Concordo com você. Sair motivado a continuar lutando pelo blog é um ganho imenso. Eu mesma tenho blog relacionado a beleza e qualquer coisa que saia da minha cabeça e vira e mexe passo por períodos que a força p lutar por tempo de escrever lá (trabalho em tempo integral) acaba. Simplesmente perco a motivação. Bjo

  • AMANDA ALMEIDA

    Aplaudindo de pé Rê!!! Algo que vejo com grande frequência em alguns grupos é dúvida sobre como ganhar dinheiro, fazer o blog crescer rápido como blog de fulano e sicrano e isso me faz pensar: gente, como assim? Eu sei que blog é trabalho de muita gente, mas eu também sei que essa galera tá ai há anos. e aquela coisa de blogar por gostar tanto de algo que você precisa compartilhar? Eu nunca fui a um encontro de blogueiros porque trabalho em horário comercial e blogo quando dá tempo, e amo blogar assim. Tenho parcerias com editoras, o que foi uma conquista, mas tenho consciência que isso não é tudo. A essência do blog é aqui lo que está entre a cadeira e o teclado(ou note) e se isso não tiver o minimo de personalidade não vai pra frente, é triste ver que tem tanta gente começando a blogar com idéias rasas na cabeça. Mas o bom é que nem tudo está perdido e ainda tem muita gente genuína por ai, que podem até falar das mesmas coisas, mas cada um de um jeito único. ps: Eu confesso que ando meio cansada de blogs de moda e maquiagem, mas ainda tem uns muito bons e de pessoas bem pouco conhecidas. E é até engraçado, mas dou mais valor quando a pessoa faz um tuto de make usando maquiagem da avon, do que uma da mac. Não que a segunda não seja ótima(que é óbvio que é), mas por ser mais acessível sabe? ótimo texto flor. Abraços, Amanda Almeida

  • Aninha

    Espera um pouquinho que vou levantar e bater palmas... Rê, sua linda, tu traduziu tudo o que eu passei a imaginar de eventos de blogueiros. No final do ano passado e no começo deste ano eu fui chamada a alguns eventos graça a uma amiga que está crescendo aqui na "blogosfera de Goiás" e ela me chamou para uns 4 eventos. Achei legal, gostei da experiência mas me senti EXTREMAMENTE deslocada. É como você mesma falou: não me representam. Tanto é que não fui mais depois destes porque eu desisti. Aqui em Goiânia tem muita estrelinha e TUDO é relacionado à moda e beleza, como se blogosfera fosse apenas isso. Fiquei deslocada e, ao mesmo tempo, com dó, porque é engraçado isso sabe? A blogosfera é algo tão diversificado... porque sempre precisa se resumir a isso? O únicos eventos que eu me senti completamente à vontade e eu mesma foi em um encontrinho no zoológico, onde tiramos fotos, conversamos sobre tudo, coisa além da blogosfera e inclusive também questionamos essas coisas, sobre como a blogosfera é vista e qual é o "ramo" dela que chama mais a atenção. Foi neste pequeno evento que me senti ao lado de blogueiras de verdade, com opinião e com vários estilos! Queremos mais isso <3 Beijocas!

  • Carla Profeta

    Eu comecei acompanhar blogs de algumas blogueiras que hoje são suuuper sucesso em 2009, e hoje praticamente não as leio mais....fico super de saco cheio dos mesmos assuntos e ações em 50 blogs... e sempre achei e continuarei achando: onde empresas/dinheiro metem a colher a coisa azeda...é o q ta rolando há alguns anos. uma pena, sinto como se estivesse lendo uma revista eletrônica, não um blog pessoal. comecei a buscar blogs novos para espairecer e continuo visitando os conhecidos que não perderam a essência do que é ser um blog (na minha opinião) Nunca fui a nenhum evento...mas eles nunca me chamaram atenção não...justamente pq acho q tb me sentiria deslocada e de saco cheio. bjks!

  • Alana Goiabeira

    Fui a um (UM!!!!!!!!) evento blogueiro até hoje (encontro de blogueiras promovidos por uma marca) e foi uma experiência muito ruim pra mim. Esperamos por quase duas horas depois da hora que eles haviam marcado, havia uma fila imensa para entrar e na fila constava o nome de quem havia confirmado a presença. O nome de muitas blogueiras (inclusive o meu) que haviam confirmado, não estava na lista e a gente tinha que esperar em uma outra fila enquanto todo mundo olhava. Foi uma decepção maior pq foi muito fraco, foi de qualquer jeito, pra agradar um público que vai falar bem nas redes sociais para ganhar dois produtos da marca. Uma decepção maior é que, fui la para fazer amizades já que sou nova no Rio, mas o que havia mesmo eram meninas isoladas em seus celulares, tirando fotos ou gravando vlogs. Interação? Nota 0. É uma busca insana pela fama e uma vende de imagem por "Nada". É quase como o "troco elogios" que a gente vê por aí. Ando cansada desse mundo. :(

    • mulhervitrola

      Ai Alana, fiquei aflita lendo seu comentário :( que triste! Uma pena você ter passado por isso.

  • eileen walsh

    Nao é sonhadora demais não, um dia isso tudo vai cair, as pessoas vão enjoar.... Mas se por um lado essa febre pode demorar a passar, existem pessoas que nunca deuxaram essa febre contaminar!!!! Adorei seu texto. Um bjo grande   

  • Duds

    MA.RA.VI.LHO.SA. Nossa, disse tudo e mais um pouco. Nem preciso falar mais nada, vou apenas bater palmas para sempre.

  • Viviane

    Eu nunca fui, até porque sempre é longe de casa, mas curto mesmo é o encontro para conhecer as blogueiras, mas bem descontraído como a Mia colocou. Se eu tivesse que viver do blog, eu ia morrer de fome, "algumas" pessoas falam de blog como se fosse a moda de ganhar dinheiro fácil, se eu pensasse assim ja tinha deletado o meu faz tempo. Eu lembro que quando fiz o meu primeiro blog, muitoos e digo muitooosss mesmo eram diários pessoais e tinha de tudo, desde de gif piscante, até plaquinhas que a gente fazia e presenteava as amigas, eu mesma fazia muitas e parecia natal de tão piscante. Eu me perdi muito nesses anos, com todas essas modinhas de blog de make, blog literário, ai eu quis entrar no embalo e o que? Me lasquei. Mas como nunca é tarde, eu ví que aquilo nao era eu, aquilo que eu escrevia não era o que eu na real pensava, que o meu blog é, e tinha que ser a extensão da minha casa, e ai eu me encontrei... Agora eu escrevo porque gosto, e dai se eu quiser colocar uma arvore piscante na sidebar, a quem vai se identificar ne?

  • Lívia Bôto

    Adorei suas colocações! Concordo em gênero, numero e grau! Bjuuus! :*

  • Giane Carvalho

    Então... eu ainda vou a eventos (sem bullyng, tá pessoal? Rsrs) mas não pq vai ter famoso ou brinde ou fórmula mágica. Vou pq gosto de conhecer pessoas e pq as palestras podem me trazer alguma informação nova. E assim, tb não me mato p/ ir não. Se der, blz. Se não der, blz tb. Sem neura. Seu post tá show pq rola tudo isso aí mesmo. E tem tb aquelas q não vão pq quem vai é gentalha. Acho q tb não é por aí. Por enquanto, ainda acho interessante ir sim, dependendo de todos os fatores q envolvem um evento. Bjoo

    • mulhervitrola

      Giane, não tem problema nenhum ir! E acredito que você vá com o propósito real, de encontrar algumas pessoas, e é essa a essência... mas os organizadores precisam mudar a cena. Fazemos nossa parte, mas eles precisam fazer a deles também, transformar essa experiência em algo bem mais legal para todos. E se souber de algum bacana, não deixa de me contar, tá? Eu vou adorar saber! Um bj, Re

  • Nathalia Dutra

    "Afinal, blog não é feito só de sucesso, é feito de GENTE" SIM!! Gente, eu não tenho nada contra blogs de moda e afins, mas hoje em dia virou uma competição de quem tem a melhor roupa, melhor look do dia e não sei o quê. Quando vejo blogs fúteis que só falam disso, eu fico chateada e vou caçar um blog pessoal por aí. Porque falar procê, tá difícil, viu. Haha

  • Roh

    É... Eu lembro bem que quando eu desisti de ter blog a alguns anos atrás, foi justamente por estar enjoando de toda aquela febre de "ser famosa viver de blog" que estavam tornando todos os blogs iguais. Mesmo gostando de moda, beleza e etc, se eu lia um conteúdo em um blog eu sempre acabava vendo ele replicado de uma forma ou de outra em outros 30. E também não tinha mais aquela coisa de fazer amizades e se interessar pelo que a outra pessoa tinha para compartilhar, era só uma corrida louca para se promover o máximo possível. E também não dá para culpar (muito) quem faz isso, porque parece que só tem espaço nesse meio justamente quem só fala de assuntos X, é desanimador para caramba você se dedicar a algo e não conseguir ir muito adiante porque você não posta Look do Dia e videos de maquiagem. Muita coisa legal ficar perdida por isso. Enfim, acho que o nosso sentimento sobre isso é o mesmo, e eu espero de verdade que com o tempo os caminhos para blogs de todos os tipos se abram. :)

  • Mia

    Re, você basicamente definiu tudo o que eu penso a respeito de eventos blogueiros. Quer dizer, desses mega eventos que fazem, porque eu adoro marcar encontrinhos bloguísticos pra conhecer azamigas de blogs aqui em Porto Alegre. ♥ Mas aí é na base do piquenique mesmo, parque, céu aberto e muitas gulodices, todo mundo se sentindo em casa, hahahaha Eu valorizo interações, amizades e, antes de tudo, blogar por prazer, por amor, sabe? Não que a pessoa não possa ganhar com isso. CLARO QUE PODE. Mas, acho que não fica tão gostoso se assim o for, sabe? Quer dizer, não o tempo todo. Sdds blogs diarinho sem muito objetivo. :x Enfim, adorei o texto! Beijos ;*

  • Hélida Trindade

    "Eu que já não quero mais ser um vencedor. Levo a vida devagar pra não faltar amor."

  • Evelyn Barcelos

    Cara, concordo muito que isso de todo mundo querer aprender/ensinar como ficar rico com o blog, já deu e tá cada vez mais chato. Eu criei meu primeiro blog em 2012 e estou aqui, firme e forte (com alguns momentos de desânimo), mesmo sem ganhar 1 tostão com ele. Acho que quem cria um blog SÓ pra ganhar dinheiro, não sabe o que está perdendo. Primeiro que não é nada fácil e segundo, como você mesma disse, que perde o mais legal, que é a troca com os leitores, com os outros blogueiros, fazer amizades... enfim. Claro que eu sonho com o meu blog conhecido e tudo mais, mas estou feliz agora só por todas as coisas que ele já me proporcionou. Se acontecer, ótimo! Beijos

  • Tamirez

    Muito bom o post e o seu ponto de vista, Re. Eu blogo a muito tempo mas estive muitos anos afastada, quando voltei a pouco mais de um ano atrás me inseri junto a comunidade literária. Não restrinjo porque realmente gosto de falar de tudo, e apesar de o canal ser mais voltado pra livros, no blog a coisa é mais diversificada. Tive muito receio de começar a ir a eventos literários, mas perdi o medo e fui. Sabe o que eu encontrei? Uma comunidade super bacana e unida, que adora trocar dicas e opiniões, que é só tirar os marcadores da bolsa que todo mundo quer ver, ganhar e dar pra gente o seu. Os encontros são sempre pautados por discussões de algum título específico ou do catálogo de alguma editora e é sempre muito legal, principalmente quando há sorteios ou brincadeiras. Tenho certeza que esse mundo de blogueiros literários é muito diferente dos blogueiros de moda e provavelmente uma dessas diferenças é o carinho com o qual as editoras nos tratam e como nós nos tratamos. Beeijo http://resenhandosonhos.com

  • manie

    sabe, eu até acho interessante quando vai alguém dar alguma palestra de 'como fazer sucesso' (ENTRE ASPAS!! não achei expressão melhor). tipo, ensinar a fazer aquele tal do midia kit, mostrar que é interessante ter tal gadget dependendo do intuito do blog, etc. o foda é que hoje em dia, esses eventos só mostram isso :/ ia ser tão mais legal se tivessem eventos menos voltados ao SUCESSO e mais voltamos à PAIXÃO em se ter um blog. talvez, se houvesse mais eventos assim, o pessoal faria 'mais sucesso' do que indo a essas palestras cheias de dicas de como ganhar dinheiro... até porque, só se consegue trabalhar com o que gosta quando se faz isso com amor, sem visar 100% o retorno financeiro. dessa forma, veríamos cada vez mais blogs autênticos ao invés de blogs que parecem ter saído da mesma fôrma, especialmente depois desses eventos. adorei o texto! www.pe-dri-nha.blogspot.com

  • Karolina Santana

    Aaaaaaaaaai Rê, quando li o titulo quase cai para trás!!! Pensei: Como assim? E nossos encontrinhos!! rsrsrs Entendo muito bem o que você quis dizer, essa busca desenfreada pelo sucesso me fez deixar de seguir vários blogs que eu simplesmente AMAVA a 5 anos. Parece que tudo ficou robótico, não tem mais sentimento, não tem mais amor... É simplesmente um aglomerado de propagandas, com textos muito bem escritos e nenhuma originalidade neles. Em eventos nunca fui, na verdade nunca me intitulei BLOGUEIRA o suficiente para viver esse universo de ganhar coisas e falar sobre elas no blog, gosto só de falar. Espero que esse vislumbre todo passe logo, e os blogs voltem a ser aconchegantes, fofinhos e com cursores de borboletas brilhantes!!!

    • mulhervitrola

      Nossos encontros tinha tudo que nesses não tem: risadas, sem estrelismo, troca de ideias e de novo: muitas risadas! hehehe ♥

  • Marianna Costa

    Pra variar você Rê mandando muito bem no papo! Eu tive um blog há muitos ano quando era realmente um diário virtual, voltando agora dá medo com tanta nóia que põe na cabeça das meninas. Falam sempre pra fazer assim e assim que vai ter sucesso, dinheiro mas por vezes você vê que a pessoa nem gosta daquilo que tá fazendo... Além de como você bem falou, blogs com outros estilos serem deixados de lado. Quem sabe um dia eu vá num desses eventos para conhecer, ter experiência e tomara que mudem até lá :( Bejãão! ^,^

  • Fernanda Pineda

    Olha, um dos melhores eventos que fui recentemente era de um lançamento de produto para a saúde da mulher com um debate riquíssimo sobre sexualidade, com uma gineco super bacana e a Regina Navarro Lins. Valeu muito mais do que a bolsinha de brinde que levei. Aprendi muito e saí com ideias de pauta, quer algo melhor que isso? http://fake-doll.com

    • mulhervitrola

      Putz, isso sim é bacana! Que show!

  • aline

    apesar de ter blog desde, sei lá, meus 11/12 anos (tô com quase 24 agora, portanto sou ~old school~ haha), nunca participei de nenhum evento, encontro ou grupo de blogueiras já que sempre escrevi para mim e sobre mim. porém, acompanho a blogosfera e já vi todo tipo de coisa absurda por aí. gente que faz post publicitário sem sinalizar, gente que fica correndo atrás de brinde, gente que aparece só pra pedir pra você divulgar o blog dele(a). antigamente, na época de livejournal e blogger e blig, a maior preocupação dos blogueiros era escrever, desabafar, tirar aquilo do peito e mostrar coisas legais para outros interessados. e só. tudo muito mais simples e sem essa de profissão blogueira. sdds, viu :/

  • Anie Talasca

    Muito bom o post! Adorei Em meio a tudo isso , e toda essa onda de ter blog e "ficar rica com o blog"... me lembro o quanto a blogsfera de antigamente era motivadora e bacana. Todo mundo se 'conhecia', comentavamos um o blog das outras, rolava memes, encontrinhos blogueiros... e muitas vezes através disso tudo, criávamos um vínculo de amizade com as colegas de blog. Eu mesma, conhecí gente que até hoje mantenho contato.... Naquela época os blogs existentem eram escritos com amor, tinham essência e conteúdo, afinal, só quem mantinha um blog (naquela época), é pq realmente gostava de escrever e falar sobre o assunto do seu blog. Realmente muito triste ver isso tudo se perder... é bacana que o fato da "popularização" disso tudo, acabou abrindo muitos leques e dando espaço para pessoas que realmente fazem um trabalho legal, mas, na grande maioria, o que vejo é uma futilidade tamanha somada com extrema ostentação e vontade de se parecer o que não é, e tudo isso, em busca do tal do "sucesso".

  • Michele

    Você sendo maravilhosa como sempre! Concordo muito com esse post, principalmente pelo tanto que esses eventos induzem a criação de blog com o único propósito de ganhar dinheiro. Blog é relacionamento, galere. Concordo com cada palavra, sua linda <3

  • Bianca Nunes

    Gostei e concordo com o que escreveu. Essa loucura por ter sucesso com o blog já tá me dando nos nervos! rsrsrs Beijos

  • BA MORETTI

    sabe, nunca fui em nenhum evento de blogueiras mas vira e mexe a gente acaba acompanhando pelo faces que rolou algum e acaba vendo quem participou e bla bla bla. bem papo de quem não entende dessas coisas mas a questão é que me bate uma sensação absurda de superficialidade. sensação totalmente diferente quando vejo blogueiras amigas se encontrando aleatoriamente pra fazer um lanche, um piquenique e coisas do gênero. é como ver a nova onda de profissão-blogueira vs blogueiras de raiz. e principalmente quando os dois lados postam em seus blogs a respeito é que a gente vê diferença na hora de falar a respeito. aquelas que só falam das lembrancinhas que rolaram e aquelas que comentam como a tarde foi gostosa rindo cazamiga. ~por um mundo com mais risadas e comidinhas. por um mundo com beeeem menos, ou melhor, com nenhum encontro superficial ♥~

  • Lidiane Dutra

    Rê, que post lindo! Esses dias eu até postei no face um chororô sobre a quantidade de e-mails que recebo de gente perguntando se loja virtual dá dinheiro, recebo também se ganho dinheiro com o blog, se tô rica. Não tô, mas se tivesse, também não é da conta de ninguém. Mas é esse tipo de mentalidade, propagada em muitos eventos, que fazem com que as pessoas ajam assim. Tem muita gente blogando com o foco no produto final, nunca no processo. É querer ter um gasto mínimo, mas um lucro absoluto. E isso não existe, nem pra blog grande. Não acredito que a tendência para esses eventos seja diminuir, mas cada vez aumentar mais e visar a profissionalização. Pena, porque eu estou com a galera do #voltamundoblogueiro e não abor mão =) Beijos!

  • Anna Kuhl

    Ai Rê, nunca fui a eventos blogueiros, mas acho que compartilho do sentimento como um todo. Escrevo cada post pensando em quem vai ler e não no sucesso da coisa, ou em ter certeza, mas vejo cada vez menos blogs que compartilham desta vontade, e claro, o seu é um desses que falam da vida de verdade, que tem essa cara de conversa, de troca de ideias. É isso que me faz acompanhar um blog, e não o *xuxesso* dele. ótima reflexão! Beijão

  • Camila Leite

    Oii, tudo bem? Então... rs Adorei o seu texto. Eu na verdade nunca fui em um evento de blogueiros que não fossem literários, por que meu nicho era esse, mas como estou numa "transição" de nichos, eu entendo perfeitamente sobre o que você está falando. Eu achava que a blogosfera literária fosse competitiva, mas existem ramos piores e hoje em dia só se fala disso, de como conseguir sucesso etc e tal. O que é lamentável, porque até os grupos que inicialmente são criados para discussões, para tirar dúvidas, viram "depósito de links" onde todo mundo diz: "me segue?", mas não quer seguir ninguém. Enquanto isso, nós reles mortais, seguimos nessa empreitada cada vez mais difícil com a esperança de encontrar pelo menos UM leitor sequer, pra trocar uma ideia, papear. Beijos Camila Leite https://docevidainfinita.wordpress.com/

  • Tom Miranda

    Olá estou começando na blogosfera tem mais ou menos 30 dias. Mas antes disso fiz várias pesquisas por aqui e ali. E não vejo erro em ser sonhadora. Enquanto alguns querem apenas uma bela imagens e monte de puxa saquismo atrás deles... Outros querem apenas expor sua simplicidade e compartilhar com o mundo coisas boas. acredito que de tudo na vida temos que tentar absorver coisas boas; mas imagino que até com o erro alheio seria uma lição para compartilhar no seu blog.

  • Camila Rehbein

    Não é sonhadora, não! Sou de Curitiba e também passo por isso aqui. Os eventos não me representam e me sinto mega deslocada no meio daquele povo todo provando roupas, sapatos etc enlouquecidamente. Também tenho ido menos em eventos porque não agregam ao teor dos assuntos que quero abordar no meu blog. Bom saber que não estou sozinha nesse barco de pensar fora da caixa e querer propagar mais conteúdo e amar uma boa conversa e histórias interessantes!

  • Chell

    Levantei aqui e to batendo palmas. Me sinto igual.

  • Bia

    Cara, adorei. Quando criei o meu blog pensei apenas em escrever e escrever (afinal, não era pra isso que ele servia nas antigas?). Mas o que vemos internet afora são resultado de $$ em cima de $$. Uma pena. Até comecei a colocar alguns looks que costuro (sendo que no começo até pensei em nem colocar por pura vergonha ou medo de o meu blog ser destorcido como um blog "vazio"). Adoro ler/escrever bons textos e sempre imaginei que um encontro de blogueiras fosse mesmo mais ou menos o que você escreveu. É só observar a falta de criatividade e assunto de tantos e tantos blogs por aí que só servem como outdoor. Parabéns, Re! Um beijo. Bia http://www.blogsince85.com http://www.facebook.com/chilliwithrock

  • Livia Brazil

    AMEI o post e exprime 100% o que penso. Arrasou!

  • Priscila Carvalho

    Não podia deixar de comentar esse post, infelizmente a realidade hoje em dia é essa. Eu parei de ir nos eventos aqui na minha cidade há algum tempo, e eu poderia incluir mais uns motivos nessa lista.. claro que vez ou outra apareço em algum que eu acho que possa valer a pena, o que nem sempre acontece! Mas o que eu sinto muito, é ver a quantidade de blogueiras inciantes e outras nem tanto, parecendo arroz de festa nesses eventos pra sair com uma sacolinha da marca e ostentar no instagram. E o pior disso tudo, é que a quantidade de blogueiras sangue-sugas que fazem questão de queimar a imagem de quem prioriza o CONTEÚDO de verdade só está aumentando, hoje em dia muitas marcas daqui já vêem as blogueiras como "caça-brindes" e não dão a mínima pra projetos, ações bacanas e coisas diferentes, muitas lojas eu já percebi que chamam as blogueiras pros eventos só pra encher espaço, porque fica claro que não houve uma seleção e muito menos um cuidado em explicar do que o evento se trata e o que está sendo promovido ali. Cara, é muito triste, é muito decepcionante e o pior é que eu sinceramente acho que isso é uma coisa difícil de mudar hoje em dia :/

  • Debb Cabral

    Nossa, Renata, você não poderia ter dito melhor. Parece que esses eventos só se resumem a fotos e jabás mesmo. Adoro que blogs deem dicas de como aumentar a visibilidade de um blog, claro, mas não é só isso. Sabe, você vê mil post falando bem do produto que chegou, mas não vê muitas ideias inspiradoras que nos lembram o real motivo de termos criado um blog. É bom falar o que nos inquieta e o que faz bem de uma maneira pessoal, dividir as coisas, mostrar a humanidade. A gente se identifica, porque a vida não é nenhum conto de fadas pra ninguém. Amei! Parabéns pelo post! Debb Cabral https://gatoqueflutua.wordpress.com/

  • Ellen

    Rê, obrigada por tocar nesse assunto logo hoje. Estou bem decepcionada hoje. Mais especificamente porque aqui em Fortaleza sempre tem um evento chamado Dragão Fashion e rola um frisson entre as blogueiras, a minha única vontade era ir lá e fazer uma cobertura legal pro meu blog, mas por causa desse monte de blogs que só pensam em dinheiro, eles bloquearam o acesso aos desfiles de todos os blogs e só selecionaram as velhas bloggers de 100K no instagram. Ou seja? os humildes, rodaram. Sempre fico me perguntando até quando a blogosfera vai girar em torno do glamour, eu sou muito confiante que daqui há alguns anos nossos blogs que manteram o viés pessoal (e não comercial garganta abaixo) terão seu reconhecimento. As pessoas vão voltar a nos visitar e nos valorizar, os eventos talvez voltem pro lado importante: conteúdo. Aqui em Fortaleza por exemplo só faz 'sucesso' quem é loira e tem 100K no instagram, legal né? Fora isso você está totalmente fora dos padrões das blogueiras e automaticamente nem convidado pra eventos é. Um ou outro veem seu valor e seu blog como algo legal, muito raro e normalmente são assessorias de fora de Fortaleza. Se em 2010 eu ia pra 10 eventos hoje eu vou pra 2 porque não aguento tanta montação, tanto glamour e tanta ostentação. Obrigada pela existência do Mulher Vitrola ♥ #desabafo

    • mulhervitrola

      Ellen, tu sabe que entendo totalmente o que você diz, e sei que é a mais pura verdade! Sei que alguns podem achar inveja, mas é a realidade, coisas que presenciamos, e que é muito triste! Temos blogs há muito tempo, e podemos não saber "a fórmula mágica da riqueza e sucesso", mas há honestidade, sempre! O que pode não ficar claro é que não é que para outros não seja merecido, e sim que não está justo para todos. Espero que um dia enxerguem isso...

  • Renata Carvalho

    Eu não vou ser hipócrita e dizer aqui: "realmente as pessoas perderam a essência, só querem saber de brindes e blá blá blá". Eu confesso que sou um pouco esse tipo de pessoa, e é por isso que digo que o seu texto abriu meus olhos agora e me deu uma bela chocalhada, haha. Ao menos estou aqui admitindo, ao contrário de muita gente que adora falar "as pessoas...". Enfim, de fato você colocou na mesa a realidade que muita gente ignora, parabéns! Eu mesma não via isso. Ainda assim não critico quem acha que eventos de blogueiros só se resume a brindes, cada um faz o que quer e seja feliz, mas acho que todos deveriam pensar mais no que realmente significa esses eventos. Eu mesma vou fazer isso de agora em diante. Beijos, Livro de Memórias

  • Carolina Gama

    Oi, muito bom o post! Esse é um tema que eu gosto e pensei bem antes de fazer meu primeiro evento, no último sábado. Como foi aniversário de 4 anos do blog, ganhamos muitos brindes pra sortear, mas não hesitei em fazer uma campanha de doação de livros. Sabe quando você quer fazer algo a mais? Eu curti, apesar de ter uma lista enorme de detalhes pra mudar/melhorar. Aos poucos me adapto, mas é bem por aí: vamos buscar algo novo, sair um pouco de sorteio e sorteio. Beijos! :)

  • Mariana

    Arrasou, Rê! Infelizmente tudo que a gente vê é relacionado a beleza porque é o que gera patrocínio de marcas de cosméticos, que gera burburinho e propaganda de graça pra marca... Quando as pessoas aprenderem que não vale a pena se vender por tão pouco isso vai mudar. Se é que elas vão perceber que estão se vendendo por brindes. POR BRINDES. Não sei se isso é falta de surra ou se a geração blogueira atual tá barata desse tanto.

  • Beatriz Cavalcante

    Já me encantei muito com essa coisa que eles criam sobre blog, sucesso e dinheiro mas hoje em dia eu tô saindo fora desses blogs ~famosos~. Eu tenho um blog literário mas quem é o blogueiro literário na fila do pão? Os eventos que tem são sempre bem bacanas e geralmente é só para discutir sobre livros, comer alguma coisa e bater um papo. Não tem dinheiro, não tem palestras de como ganhar dinheiro, como divulgar seu blog, nem desfile e câmeras por todos os lados e acho isso bem legal. É mais acolhedor e verdadeiro. Hoje a imagem que eu tenho dos blogs que eu adorava como Melina Souza e Bruna Vieira mudou completamente. Vejo que muita coisa é vendida, as opiniões não são mais verdadeiras e até uma simples foto de qualquer coisa que seja é patrocinada. Eu adorava acompanhar essas meninas até ver que quando queriam alguma coisa colocavam no twitter e no outro dia a empresa já tinha mandando o produto. Também não gosto dessa coisa de ~como ganhar dinheiro~ com o blog. É claro que elas se dedicavam ao blog quando era pequeno e hoje é fácil passar a receita mas acontece que quem está começando um blog começa achando que vai se tornar uma Bruna Vieira da vida. Viajar, ganhar dinheiro e ter aquele mundo de coisa mas não é bem assim. Ah, e concordo com tudo o que você falou. :) Beijos!

  • Cynthia Le Bourlegat

    Muito bom, Re! No meu caso me chamam pra eventos de maes, onde fornecem o combo: celebridade+palestra com profissional + brindes. As poucas vezes que fui foi pra me encontrar/desvirtualizar com amigas queridas da net, porque na verdade mesmo, nao compensa! (ainda mais q moro em sjc e gasto pra ir a SP e os eventos sao sempre com assuntos direcionados para bebes) Quanto a essas formulas de sucesso, ai como cansam! Como se o mais importante para se destacar fosse se utilizar de truques e recursos e nao de um bom conteúdo(e isso lá tem receita?) Hoje é quase um pecado dizer que tem um blog sem grandes pretensões de enriquecer com ele né? beijos

  • Claudia

    Oi Renata. Ótimo post e concordo com você que ser blogueiro vai muito além de ganhar os brindes. Eu tenho o meu blog há 8 anos e sigo a minha vida no meu "diário virtual". Já ganhei muitas coisas com o Blog, como amizades, aprendizado, troca de informações e assim por diante. Não critico e não julgo as bloqueiras que estão no auge hoje com fama e sucesso, muito pelo contrário, sou até fã, mas acho que vou continuar na minha vidinha de desconhecida! rs rs Bjo.

  • Bia

    Muito legal seu post!! Concordo com tudo! Mas também acho que a culpa é do público que vai nesses eventos e também dos que são fãs fiéis e cegas dessas blogueiras de beleza, querem tudo sem o maior esforço sabe? Como se tivesse surgido do dia para a noite o sucesso delas. É como dizem, geração Y é isso aí, querem tudo mastigadinho e que se foda, o povo tem PREGUIÇA de ler, imagine!! Mais fácil ficar vendo videos no youtube, pq pode ver, blog mesmo esse povo não lê. Pra mim essas são todas youtubers e não blogueiras. Por um lado acho até bom o público que acessa nossos blogs serem filtrados! Assim não vem gente falar baboseira. bjão!!! Volta, mundo blogueiro!! :D

    • Mariana

      Volta, mundo blogueiro! \o/

  • @vivianevivis

    Palmas, palmas, palmas, Rê!!! Acho que eu desencanei um pouco do mundo blogueiro por conta de eventos, não necessariamente para blogueiros, mas de marcas, sabe? Você olha pra aquele povo que fala com você nas redes sociais mas quando te vê mal olha na sua cara, se junta nas panelas e fala mal de Deus e o mundo. Não sou obrigada!

  • Julia

    oi Renata, disso de viver no interior eu entendo e mesmo se morasse em sp, se for pra me deslocar pra ouvir algo que não agrega, bom, prefiro ficar em casa com netflix. Gostei muito do texto, reflete muito do penso. Beijo.

  • Giovana

    Nossa, esses dias estava conversando com um amigo sobre isso. Feliz sou eu com o meu pequeno cantinho no qual expresso apenas os meus sentimentos;

  • Joicy Carneiro

    Renata adorei seu texto. Não nego meu blog ainda é pequeno, mas no começo achei que poderia ganhar o mundo com ele. Mas depois passou mais tempo é eu comecei a me identificar com outras coisas que me levou a fazer o blog que ele é hoje. Eu tinha uma enorme vontade de ir nesses encontros, conhecer outros blogueiros de verdade, dividir ideias mas muitos dos eventos que vejo por ai é tudo em troca de brindes... Sei lá. Moro no interior do ES, não sei se vale apena sair de tão longe para ir em um encontro que só fala: Como ganhar dinheiro aqui ou como ganhar leitores aqui... Acho que o dinheiro é a fama vem para quem vai saber lidar com tal coisa. Claro, pra não ser hipócrita quem não quer ser reconhecido pelo trabalho né, ate eu quero. Mas pretendo fazer isso sem ''artimanhas'' do mundo blogueiro. Quero que as pessoas me sigam porque se identificou com meu trabalho é não com as coisas que eu ganho ou que vou sortear. Ainda quero ir em um encontro que vale a pena se divertir com outros blogueiros, que podemos tirar fotos é dividir muitas ideias. Beijos Re.

  • Lívia

    Falou bonito e falou tudo! Você é foda, Rê. Admiro seu blog porque você não se deixa levar por isso tudo, sabe? Antes de serem veículos pra fazer resenhas de produtos de beleza ou postar um vlog, blogs são diários. Pessoais. Monetizados ou não. Mas sabe qual o maior problema: é expor o pensamento da forma que você fez e ainda ser taxada de invejosa da Lia, paga pau da Bruna Vieira e copycat da Taciele. Nunca por elas, sempre pelas talifãs. Gente, apenas parem. Beijo, Key!

    • mulhervitrola

      Pois é Lívia, sempre tenho receio disso. Por outro lado fico tranquila pois sei que pelo menos a maioria sabe que não tem disso, que o que defendo é justamente isso: espaço para todos, diversidade. O pessoal que critica tá muito por fora do que realmente é feito o mundo blogueiro, infelizmente... um beijo, e fico feliz que tenha curtido!

  • Fernanda Maria

    Olha, Sabe que um dia já quis que meu blog fosse famoso e ganhar dinheiro com ele né, mas penso o seguinte: Quero mesmo isso? Meu blog tem chance de ter sucesso e fazer dinheiro no nicho que eu escolhi? Dai que percebi que, meu blog é um diário virtual e, não sou uma Bruna Viera da vida e não é legal querer ser igual a outro ou tentar seguir sabe...meu blog é pessoal e fim. Nunca fui a eventos de blogs, uma única vez eu quis, pedi pra ser avisada com a promessa de que seria avisada, era um encontro com a Melina, devem conhecer né, dai que abri a pagina dela e levei um susto quando vi que havia rolado encontro dela e outras blogueiras aqui em SP e só fiquei sabendo depois que aconteceu e ela já havia ido embora...quando perguntei ela disse que não deu tempo de avisar ninguém, como assim? e quem estava lá, como ela avisou? tinha umas cinco ou seis sabe, fiquei chateada sério mesmo, infelizmente eu sei quando mentem pra mim, sempre sei e é chato por que ninguém acredita, todos defendem a outra claro, blogueira famosa e queridinha vão defender ela e me ver como a bruxa da história... Enfim, nunca mais quis saber de encontros, nunca fui a palestras ainda mais que leio o blog da Loma Sernaiotto que tem dicas ótimos sempre, nada melhor... Também não gosto de ficar indo em feiras e tal por que ficam sempreeee lotadas, super cheias dai que, como consigo ver algo? como aproveito algo? maxímo que vou é Mercado Mundo Mix( amor eterno) feiras que tem produtos artesanais sabe, quando a Ju Amora vai eu vou correndo pra ver ela e os outros produtos e é sempre muito, mas muito mais legal do que essas feiras...o ultimo que fui, foi em Embu das Artes, foi super legal, tomamos um café de Minas e óoo consegui sentir o cheirinho de café mineiro mesmo...muita coisa legal e artesanal lá foi muito bom mesmo... Então, por isso nunca fui, nunca fui a eventos de blogs nem nada, acho sei lá, artificial, tira foto e depois tchau a gente se vê no próximo encontro sabe, tipo isso...palestras? Rê, você tem toda razão, sempre mais do mesmo por isso nunca vou.. É isso, Muito bom o texto Bjs

  • Jéssica

    Rê, estava ansiosa pra saber qual era o tema do desabafo, e puxa, que ótimo tema para abordar, e eu acho que você está coberta de razão.  Não me intitulo blogueira, apenas tenho  espaço pra compartilhar pensamentos e mesmo assim, ando muito desanimada em escrever principalmente por ver que esse mundo de internet está cada vez mais monetizado. Hoje em dia não consigo mais nem diferenciar opiniões de publicidade, e cada vez mais sinto um clima de ostentação nos blogs mais famosos.  Porém o que me motiva a não desistir de expor minha ideias e textos é justamente blogueiros e blogs como o seu. Parabéns por ser assim!  Beijos!! 

  • joseana

    Concordo com você e com os comentários, infelizmente existe uma "ditadura" no mundo blogueiro, ou você tem sucesso ou caia fora, não se tem mais a valorização de conteúdo e seriedade. Bjs

  • joyce coeli

    E este texto está de acordo com tudo que penso...rs...logico que se eu pudesse viver do meu blog que é tão pequeno e esta no início eu adoraria...rs...mas um pouco de verdade e profundidade é sempre bom e a gente agradece...Um asunto interessante vale mais que mil resenhas de uma bolsa de grife ou um creme caro;)

  • Aline Lacroc

    Eu penso bem isso também. Nunca fui em encontro de blog, até pq não sou muito de socializar pessoalmente, e nem em eventos desse tema. Criei meu blog pq não encontrava nada sobre o tema e eu tinha muito pra falar.. acabei encontrando muitas pessoas que se identificam com o tema dele por todo país. Isso foi muito legal! Além disso, sempre tento trazer coisas diferentes, agregar conhecimentos, dar dicas, enfim, tento trazer algo pra pessoa que está lendo. Fazer blog pra ganhar dinheiro, pra falar do mesmo assunto, pra mostrar a mesma coisa que todos os outros, é muito chato! Beijão

  • Noris

    Não tem evento com melhor conteúdo do que chamar amigos que blogam pr'um boteco e falar da vida hahahahahaha

    • mulhervitrola

      Com certeza, Rafa! Fico nesses mesmo, melhor experiência sem sombra de dúvidas.

  • Stephanie Ferreira

    Eu já li e Ouvi que para o blog ir pra frente tem que morar em São Paulo Ou no Rio e tipo, Oi? Eu moro onde eu quiser, e gosto da minha roça rsrs O único evento que vou porque me identifico é o YouPix eu fico mal por essas novas blogueiras que se matam nessas feiras de beleza da vida... Tenho um tia cabeleireira que ia nessas feiras para ver as novidades do mercado (não é esse o objetivo?) mas que tem tanta blogueiras e suas ~fãs~ que não da pra ver nada, é horrível :( É sempre a mais coisas de sempre, palestras chatas ZzzZzz Adorei o post, um beijo Rê!

  • Andresa Lee

    Que lindo texto, Re! Estava escrevendo algo semelhante, mas não com relação à encontro de blogueiros, até pq nunca compareci em nenhum (aqui onde moro não existe, hahaha). Mas, assim, essa é uma das coisas que muito me entristece na blogosfera atual. Eu tenho um espacinho virtual desde os treze anos, época em que sequer pensava ser possível faturar com isso. Sempre foi um amor, um hobby! Hoje em dia, as pessoas só visam números: seja em quantidade de curtidas, sejam valores monetários. Mas o conteúdo, às vzs, é nulo... O carisma, idem. Que blog consegue sobreviver assim? Quando vc faz algo visando exclusivamente o retorno financeiro, não vejo como dar certo. Fazer o que se gosta, da melhor maneira possível, atraí sucesso naturalmente e as recompensas pelo amor ao que vc faz vem voando até você. E essa é a fórmula, não tem jeito! Mais uma vez, lindo texto! Bjocas, [Um dia me livro...]

  • Taby

    Eu já vi cada barbaridade nesse mundo blogueiro por causa de brinde... E tenho a impressão de que só se faz é incentivar mais essa loucura. E isso extrapolou o mundo dos blogs tá? O interesse em produto é tanto que fui na Beauty Fair ano passado e as marcas só te recebiam se você tivesse um cartão ou algo que provasse que voce era blogueira, porque como todo mundo quer presente de graça o povo se apresentava como blogueira por causa dos press kits. Já vi gente "virar amiga" de outra só pq essa outra tinha contatos para receber produtos. Se eu fosse depender de blog pra viver tava ferrada, não pago nem minha hospedagem mensal com o que "chega". Não vejo nada de errado em ganhar algum dinheiro (ou muito) com o blog, o problema para mim é só visar isso. Sinto o conteúdo como algo falso e não levo a sério. Muitos blogs que conhecia parei de ler quando bombaram, e nem só de beleza tá, tem blog de maternidade que NUNCA mais fez um post que não fosse publi. A blogueira só posta uma vez por mes e sempre publi. Como eu acredito nesse conteúdo? Não acredito. Triste isso. Tantos assuntos e nichos e o povo se concentrando em alimentar a loucura de uns poucos. Bleh, fiz um puta desabafo no seu desabafo hahahaha

  • Ana Claudia

    Muito bom esse post. Afinal, a maioria dos blogs de sucesso é muito mais relação de amor do que dinheiro. E sério, tem tanta gente que não vive de blog e é feliz tendo o blog só como hobby...

  • Lua

    Vitrola organiza um encontro, acho que vai ser o maior sucesso! Quanto ao seu texto eu só fui a 2 eventos de blogueiras, mas pelo que acompanho nas redes sociais tá bem isso q vc descreveu mesmo.

  • Luci Hora

    É exatamente assim que penso! Eu tenho um grupo de amigas e agradeço a Deus que elas gostam de participar de eventos blogueiros. Eu DETESTO! Não me identifico com muita gente fútil caçadora de brinde! Aqui em Salvador, existe um grupo impenetrável de blogueiras! Elas se acham as ditadoras da moda soteropolitana e celebridades! Todos os eventos grandes em Salvador elas estão lá posando com as mesmas caras e mesmas poses. Eu não sou obrigada!!! Prefiro me encontrar com minhas amigas, tomar uma cerveja e falar besteira!

    • Faah Bastos

      Ah, Vitrola, Vitrola... quantas palavras verdadeiras! Sinto a mesma coisa. Tudo hoje é maquiagem, moda, ganhar dinheiro e fitness. Não querem mais escrever, compartilhar sentimentos. O que aconteceu? Vejo um bando de meninas repetindo os passos de outras (ou querendo repetir) como se ter a fama fosse mais importante do que ter conteúdo! Todas são celebridades (ou acreditam que são, pois se comportam como tal), famosas, ricas, entendidas de moda, maquiagem e etc. É tudo tão perecível e sem graça. Eu li o comentário da Luci Hora e pensei: "verdade, aqui em Salvador é um brega mesmo!" são insuportáveis em sua maioria, despreparadas, entendidas de nada, arrogantes... São encontros cheios de brindes de marcas que nem usamos, mas é FREE, é quase como "boca livre". Não querem mais marcar para conversar, dá risada, beber, ver um filme. Querem status, fotos legais, apenas. É cansativo e está aí mais um dos grandes motivos para me questionar se sou ou não blogueira ou se apenas tenho um blog e compartilho com quem quiser ler meus sentimentos. Ótimo post, mulher!

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *