BC: Cabelos, mudanças e desafios da vida

Eu poderia passar horas só falando sobre cabelo e ouvindo as pessoas falarem. Acho que cabelo sempre carrega histórias, sabe? Você até esquece alguns detalhes de algumas delas, mas sempre lembra como usava seu cabelo. 

 

Meu cabelo mudou junto comigo em todos os sentidos. Na infância, eu tinha uma relação mais de ódio que amor com ele. Eu era uma criança muito piolhenta (sério gente, não riam xD). Minha mãe tentava de tudo (MESMO!) que sugeriam para ela: querosene, fubá quente, alcóol, Neocid (poc poc poc),chamar o exorcista… só faltou botar fogo na minha cabeça! Nada adiantava, era tipo um "clubinho de resistência do piolho", sabe? Acho que fiquei até imune a veneno, haha! As pessoas diziam que eu tinha sido amaldiçoada por outra pessoa que também tinha, e eu acreditei nisso por um bom tempo da minha infância. Achava que meu cabelo era uma maldição, um castigo do mundo comigo. Depois tudo passou como se nada tivesse acontecido…

 

Por causa de tanta coisa, acredito eu, desapeguei. Fazia o que dava na telha nos cabelos, sem medo. Quando tinha 18 anos, comprei vários pós descolorantes e taquei na cabeça. Fiquei loira em uma semana. Numa das vezes, comprei a tinta errada e fui tentar consertar com a certa no mesmo dia, ÓBVIO que caiu metade do cabelo e tive que cortar. Pra ajudar meu cabelo ficou roxo e minha amiga me apelidou carinhosamente de "cabelos de polvo". Felizmente, só carrego a foto da minha identidade desta época "loira do tchan", rs.

 

Depois do falecimento do Quim, eu reagi à vida normalmente, mas meu corpo não. Senti o reflexo daquela época na minha pele, no meu sono e principalmente, nos meus cabelos. Meu cabelo caía tanto que juro que pensei que ia ficar careca. Ficava apavorada quando tomava banho ou quando varria a casa. Acho que dava para fazer outra Renata com tanto cabelo. Fiquei cheia de falhas e  "cabelo novo".

 

Meu cabelo original é cacheadíssimo e castanho escuro. E tenho MUITO cabelo, e a maioria, adivinhem… são brancos, hehe. Herança de família.. Não vou dizer que amo meu cabelo, mas lido bem com ele e me encontrei no vermelho, tenho gostado muito de usar ele assim. De qualquer forma, por causa dos brancos, eu teria que escolher uma cor para pintar (poderia ser azul, verde, rosa…). A cor, por enquanto, não tem previsão de mudança, mas os cortes…

 

bc-cabelos-3

Podem acreditar, eu nasci cacheada. Meu cabelo "original", em foto de 2004. Comecei a fazer progressiva em 2010 e este ano decidi parar. Agora os cachinhos estão voltando e só mantenho ele liso com escova/pranchinha.  

 

bc-cabelos-1

morena, ruiva…

 

bc-cabelos-2

dá pra ver ali a raiz branquinha? não é reflexo da luz, são fios brancos mesmo! rs

 

Ah! E falando em cabelo, fiz um vídeo novo no canal com um tutorial de penteado retro usando um dos meus acessórios favoritos para cabelo: bandana! O vídeo está ali do lado direito, ou você pode clicar AQUI para assistir.

 

Para ler também: Pintando o cabelo de duas cores 

Ops, cortei (de novo)

O novo velho corte de cabelo

 

cabelos-dani-moreno

 

 



22 thoughts on “BC: Cabelos, mudanças e desafios da vida”

  • Olá Re,

    Amo seus posts de cabelo, sou suspeita!! Mas após a saga dos seus cabelos desde a infância acredito que você está na sua melhor fase, você fica super bem com o vermelho e o seu corte é maravilhoso!!
    O vermelho diz muito sobre a personalidade de uma pessoa, acredito que todas as mulheres que pintam dessa cor tem a personalidade forte!
    Eu pinto meu cabelo de vermelho há 1 ano, mas não aparece a cor dele nas minhas fotos :-(, acho que está chegando a hora de deixá-lo mais claro, apesar de ser morena!!
    Bjss

  • Poderia JURAR que vc era lisa de nascença! HAUHAUAUHAUHAUH! Mas uns belos cachinhos ruivos e bem repicados vão ARRASAR! Aproveita esse volume nessa sua volta aos cachos e dá-lhe leave-in! Vai ser sucesso, Rê!

    Bjão!

  • Re adorei sua evolução, bom meu cabelo original de fábrica é crespo daqueles fofinhos que dava para fazer um black legal.
    Porém sempre fui muito frustada na vida, quando completei 15 aninhos fiz relaxamento, e a partir dai não parei, fazia relaxamentos em casa mesmo até os 19 anos e ai optei pela progressiva, e desde então eu faço progressiva no cabelo a cada 3 meses e hoje faço a tal Marroquina, já quis diversas vezes trocar a cor mas o medo de cair depois dessas quimica forte que faço trimestralmente é maior rs.

    E você fica linda ruiva 🙂
    Beijos

  • Reeee estava ansiosa com o post do seu cabelo ahahahaha! Menina, estou passando por isso “queda de cabelo” por toda parte da casa banheiro, chão, paredes fora a quantidadw que perco ao pentear é desesperador! Eu acho lindo seu cabelo natural que volume lindo, ai que bom que prefiriu parar com a progressiva #rumo aos cachinhos…

    PS: Eu tbém era piolhenta vixeee tentei de tudo só passou depois que virei “mocinha”!

  • O meu cabelo é bem parecido com o seu natural =) Tenho relação de amor e ódio com os cachos, horas acho lindo, horas tenho vontade de deixar liso definitivamente… E quando eu era criança também sofri com os malditos piolhos =/ meu deus, só de lembrar dá mil tipos de angústia, lembro da minha mãe vindo com aquele pente fino…uiui… Eu acho tão legal quem tem coragem para mudar sempre o cabelo, eu preciso um pouco disso!
    Beijos

  • Eu tenho cabelo igual o seu 🙂 e o meu tbm é forte, já pintei o cabelo 2x no mesmo dia e ele nem caiu! Também já descolori pra ficar loira e ruiva, mas sério fico mais bonita com cabelo preto. ahaha

    vc fica linda de cabelo preto/vermelho, não consigo imaginar outra cor.

    Beijocass key!

  • Eu também tinha muuuito piolho quando era criança, minha mãe dizia que eu tinha sangue pra piolho…kkkkkkkkkk
    Nooossa, quanta diferença nessa cabeleira hein?! Nunca tinha visto uma foto do seu cabelo “original”….Lembro dessa fase morena sua, achava lindo, mas o vermelho é a sua marca, muda nunca! rsrsrs
    Bjo, Key!

  • Primeiro eu não sabia que você já havia perdido um filho! :/ [não sei lidar com perdas]

    Quanto aos cabelos, eu acho que a maioria das meninas já teve piolho na infância, eu tinha demais, andavam em fila pela cabeça e isso quando não aparecia nas blusas, ai que nojo! Mas o meu cabelo não teve muita mudança, a não ser os penteados, porque quando criança eu gostava de usá-lo preso com uns fios soltos dos dois lados por detras da orelha, coisa mais horrível do mundo. Mas agora quero manter ele liso, mas não dá, quando penso em ter que acordar cedo fazer prancha e tal, prefiro meu sono que é mais valioso, uhsuhahusahusa. A minha raiz é totalmente lisa, não sei como ainda consigo manter meu cabelo com todo esse volume.

    Eu adorei teu post, tu realmente ficou bem diferente ruiva e bem mais LINDA! Beijos <33

  • Cresci odiando o meu cabelo. Cacheado e volumoso, você pode até imaginar os apelidos que já ganhei na escola. Ahuahuahuahuha. Não tenho saudade dessa época!
    Mas, hoje é diferente. Resolvi assumir o meu cabelo natural. Não imaginava que poderia gostar tanto. E aconteceu! 🙂 Estava pensando em falar sobre isso em algum post, ainda não me decidi, rs.
    Tu combinou com a cor vermelha! Ficou lindo! <3

  • Eh… tb ja tive piolho. O que deu jto foi um produto doido ai de uma dessas revistas tipo Avon, depois dele nunca mais tive nada. E eu tinha mto cabelo, ainda tenho, mas cm eu era pqna dava ideia de ter mais, sabe… meu apelido era “samambaia chorona”, tem noção? Haha
    Comecei fazendo relaxamento no cabelo, depois me aventurei nos papeis crepom da vida, dai vieram tonalizantes e o corte era quase smp o mesmo por ser cacheado e achar q nao podia ousar, que a fera deveria ser domada apenas. Por volta de 2007 fiz definitiva no cabelo e lancei logo uma franjinha no cabelo, estilo francesinha, adorei. Mais tarde cortei estilo joãozinho e pintei de vermelho quase rosa… (é, já fui roxa, ruiva, loira, indefinida rs…) e dai em diante vieram varios cortes, sempre tentando me achar e jamais largava a franja. Ate que percebi q ia me mudar p cá e inicialmente não iria poder custear um tratamento de definitiva no salão e pensei, pq não cachear? Tesoura e prancha foram meus aliados nessa fase de transição, até que 2013 meu cabelo estava 100% natural e até que enfim fiquei feliz com meu cabelo, mas dá saudade da franja sim haha… todos e eu tbm acho, que aquele corte era muito eu! 🙂 a vantagem de agora tb é q posso ter ele liso qndo quiser 😉
    Estou somente em busca do vermelho perfeito para mim!

    Estou louca para ver seu cabelo cheios dos cachos, ruivão e tb pelas dicas de “vocês” (hahaha… não resisti!) que virão.

    Um beijão

  • Putz! Tambem tive muitoooo piolho e eles só sumiram quando comecei a tingir os cabelos(com uns 12 anos escondido da minha mãe) tambem tive o problema do cabelo quebrar tipo esfarelando na mão, tipo tingi umas 4 vezes em 2 dias. Adoro esse desabafos, me identifico muito!

  • Rê, também amo falar sobre cabelos! Acho que de todas as mulherzices, o papo de cabelos é sempre meu favorito!

    Engraçado, nem faz tanto tempo que você mudou de vez pro vermelho, mas caiu tão bem em você que parece que você nasceu assim, hahaha. Até estranhei vendo a foto com o cabelo preto, nem parece que te “conheci” assim. Adorei também o corte novo, os curtinhos são meus xodós e achei que ficou ótimo com sua cor e estilo 🙂

    beijo!

  • Que lindo! Adorei os cabelos e as fotos *-*
    Eu não posso mentir e dizer que preferia meus cabelos enrolados porque nunca gostei muito, mas tenho consciência de que um dia eles voltarão a ser assim. Hahaha
    Vou ver se encontro fotos para fazer esse post também!
    Beijos ;*

  • Também já fiz muitas mudanças em meu cabelo.Quase todas me agradaram bastante. por sorte, ele nunca caiu por conta de tintura ou descolorante. Na época que eu fazia mudanças capilares, eu trabalhava como modelo. E o meu trabalho era muito mais focado nesses eventos.
    Ah, me solidarizo contigo: também fui uma criança piolhenta. Coisa de escola,, né. E meu pai me obrigava a deixar o cabelo bem curto na infância. O que se reflete ainda hoje. Até hoje, corto bem “joãozinho” as madeixas. Prefiro assim.
    Beijos.

  • Meu cabelo tbm é castanho e enroladão haha. Eu usei ele liso por quase 10 anos. Alguns só fazendo escova sempre, outros anos foi na progressiva mesmo.

    Também estou tentando parar de alisar, mas tá difícil haha

  • Oi Re!
    Eu também vivo mudando meu cabelo e como o seu o meu é cacheado e entrei na progressiva há uns 5 anos. Em agosto do ano passado decidi que ia parar com a escova, mas com esse calor é difícil ficar escovando e pranchando e sem nada fica horrível. Essa semana resolvi abdicar do sonhos de recuperar meus cachos e já marquei escova para amanhã. E a cor? já pintei de quase todas. Agora retornando às luzes.
    Eu gosto muito. Sempre que alguém marca de encontrar comigo logo pergunta com qual cabelo vou estar, rss
    Bjus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *