Dicas de links sobre empreendedorismo feminino

A vida é muito curta (mesmo) para não irmos atrás do nossos sonhos. E mais ainda para ficarmos pensando se darão certo ou não. Não sei se é toda essa praia dos 30 anos, mas cada vez mais – e depois de ter sido recusada tantas vezes por conta da idade em empregos aqui da cidade –  que eu estou cada dia mais disposta a arriscar e buscar o meu lugar ao sol…mas com filtro solar, importante!

 

Tenho lido e buscado MUITA coisa sobre empreender, e parte disso devo ao Decola!Lab, que era aquele empurrãozinho que me faltava há muito tempo. Mas a verdade é que a internet tá CHEIA de informação, cheinha mesmo. É uma infinidade de opções, e muitos desses certamente te agradarão. Mas, eu tenho buscado muito conteúdo principalmente feito por e para mulheres.

 

Dia desses, perguntei lá no Facebook (você pode visualizar a postagem clicando AQUI)e pedi dicas sobre, mas como no Facebook tudo se acha e se perde, achei melhor prolongar esse achado aqui, no blog. Muito obrigada a todas que contribuíram com ótimas dicas! Sintam-se a vontade para sugerir aqui também e assim aumentarmos essa lista, e ajudarmos umas às outras. Que tal?

 

EMPREENDEDORISMO-FEMININO-LINKS

Lista de Links sobre Empreendedorismo Feminino

Sites/Blogs 

 

Plano Feminino

Ambiente Vistoriado

O que Mais

Projetando Pessoas

Negócio de Mulher

Carolina Nalon

Tuty para Profissionais

Mulheres na Computação

 

 

Maternidade e empreendorismo

 

Maternativa

Mãe Atwork

 

 

Páginas no Facebook

 

Espaçonave

Mulheres que Decidem

OQ+

UpaLupa

 

 

Snapchats/Periscopes para seguir

 

bialomb (snapchat) – blog

apassareli (snapchat)

anatex (periscope) – site

 

 

Grupos no Facebook

 

Mulheres que decidem

Empreendedorismo de Salto

 

 

Serviços de Coaching

 

Tudo Energia

Roberta Rocha

Anna Gallafrio – Natural Coaching

Louise Souza

Elba Oliveira

Melissa Setubal – Coaching de Saúde Interativa

Silvia Pahins

Roberta Omeltech

Simone Mitjans

Patrícia Sakavicius

Fábrica de Sonhos

 

Espero que tenham gostado, e que seja muito útil e de incentivo para todas vocês 🙂 Sucesso!

E aos 30, crisei.

Ontem eu tive um dia produtivo. Fiz um post, terminei de pintar as molduras, deletei e organizei e-mails (meu espaço estava quase acabando), gravei e editei um vídeo, fiz listas de coisas para fazer na semana.

 

Mas ontem eu "crisei". Tive um colapso, que começou com uma situação incômoda, e ferveu tipo aspirina daquelas grandonas em copo com pouca água. 

 

No alto dos meus 30 anos, eu debrucei sobre uma folha de papel em branco e achei que todo aquele "nada" resumia minha vida: o concurso que passei e nunca sou chamada, o trabalho dos sonhos que não consegui levar como eu gostaria, as tentativas de emprego na cidade que fui recusada, a falta de dinheiro para resolver pendências, a casa que cada dia tem uma cebola de problemas a serem resolvidos, todos interligados. Tudo ferveu e deixei transbordar nos olhos e nos dedos, em mensagens desesperadas para as melhores amigas, à distância de um abraço mas sempre em prontidão.

 

6f21e59b-ffbc-4e54-943d-7f748baa8214

 

Me senti mal por tanto pessimismo. Ter 30 anos é tipo comer o melhor sorvete do mundo na melhor tarde de primavera, com quantas cerejas quanto quiser colocar, para logo em seguida levar um soco no estômago. E eu talvez não estivesse preparada – nem disposta – a levar esse soco.

"O que é pior: uma sobrecarga ou o seu contrário?" – Garota,Interrompida

Hoje eu tô ótima. Acordei bem mais motivada, e tá um sol lindo cheio de passarinhos cantando, você precisava ver. Renovei minhas esperanças, tentei organizar da melhor maneira possível e fazer encaixar, botar nos eixos. Ah, e li esse texto da Ruth Manus que parece que falou comigo, hoje, para ontem, mas que vai servir pra daqui em diante. Guardei.

 

"Crisei". Mas já "descrisei". Tudo bem por aí?

Mais que uma hashtag: para informar, grite!

Dia desses, no Snapchat, vi um snap da Ana Passareli sobre as diversas campanhas que surgem de conscientização ao câncer de mama no mês de outubro e ela disse tudo o que penso há tempos: muito olho aberto em campanhas de marcas que buscam apenas lucrar ao invés de conscientizar. Comprar um batonzinho na cor rosa pode não mudar muita coisa, fazer o auto-exame SIM.

 

Eu sempre fiquei imaginando o quanto esse assunto às vezes é levado com "peso" demais, por se tratar da seriedade indiscutível, ou leveza demais, não carregando nenhuma informação útil. Ambas as formas caem no desinteresse e esquecimento de quem lê, embora os cuidados com nosso corpo tivesse que ser algo como total prioridade… não chega até ser estranho?

 

Já falei muito disso aqui no blog numa campanha no ano passado: recuse o silêncio e a conscientização "misteriosa". Para conscientizar sobre o câncer de mama, não basta apenas uma hashtag, não pode ser apenas uma florzinha no seu mural, uma unha pintada de rosa. Problema nenhum fazer, mas precisa sim, vir acompanhado de alguma informação.

 

Por esse motivo a campanha Outubro Rosa é MUITO importante, e não deve jamais ser tratada como algo sigiloso, secreto. O câncer é uma doença que mata mais de 14 mil mulheres POR ANO, só no Brasil! Esses números não são silenciosos, e nós também não devemos ser.

 

Mas você não precisa ser o chato do rolê, e pode sim, conscientizar de maneira descontraída. Apenas tenha em mente que você está sendo realmente CLARO sobre o assunto e reforçando a ideia do auto-exame, que é super importante e  previne em 90% dos casos. Combinado? Espia só esse exemplos de informativos super criativos e inspiradores que você pode compartilhar por aí, ou fazer o seu:

 

1381257_519339654811225_1386956499_n

A Margaret é uma das pessoas mais maravilhosas e inspiradoras que conheço. Altro astral e cheia de histórias para contar sobre sua luta contra o câncer. Ela  divide tudinho com a gente lá no blog dela!

 

12108077_960203944002544_3971781888668696850_n

Essa imagem eu vi na página Bonequinhos Serelepes e achei sensacional. Recado dado!

 

 

 

 

 

size_590_Agência_gaúcha_ousa_em_campanha_contra_o_câncer_de_mama

Peça publicitária da agência gaúcha Pro>Target

 

Cancro da Mama

Não sei quem foi o autor dessa imagem, mas é genial e muito informativa!

 

Bem bacanas essas campanhas, não? Espero que tenham gostado e que tenham sido úteis e esclarecedoras! Ah, e não se esquece de fazer o auto-exame, tá?