Na crise eu escrevi um livro

As pessoas tem muito isso de “mantenha-se superior”, né?

Sofrer não é ser superior, estar triste não é ser superior, chorar não é ser superior. “Coisa de gente fraca”, fazem entender.

Eu não gosto disso.

Não gosto de me mostrar pro mundo só se estiver bem. Já tive épocas de esconder minhas marcas, me segurar dolorosamente numa imagem que transmitia plenitude, fingia que tava tudo bem quando tava um caos e estava sendo destruída. Não ganhei nada com isso.

A romantização da “força, garra, resistência” me incomoda de tempos de outrora. “Pra quê? Pra quem?” – eu sempre me questionei. Quem nos ama, quer saber a verdade. E os outros? Os outros são os outros, oras. Não se importarão nem com seu sofrimento nem com suas conquistas. E independente da reação… o que importa, de verdade, o que os outros acham? 

Acho que mais que não sentir culpa nas crises, é vê-las como uma passagem inevitável. Nem sempre tudo estará bem e paciência. Seguir adiante é um processo espinhoso, mas não vejo outra saída.

E na  crise, eu escrevi e desenhei as primeiras páginas do que agora, acho que já posso chamar de “meu livro”, já que é um projeto que estou disposta mais que nunca a parir. 

Tudo o que tenho até agora é um nome que será divulgado em breve, alguns textos e muitos desenhos. E ideias, muitas ideias! Logicamente, o livro será uma espécie de “diário” (como aqui, no blog) sobre o meu universo favorito: dos felinos e dos processos criativos – e curiosos –  que ocorrem em meio a pêlos e miados. 

Em breve postarei mais detalhes e claro, como vocês poderão embarcar nessa junto comigo!

Eu vou precisar muito do apoio de vocês. 

Tudo será relatado no twitter @mulhervitrola e no instagram @mulhervitrola, também. Espero vocês por lá ♥

E claro: Feliz Dia Internacional do Gato

 

 

6 Produtos excêntricos para gateiros

Eu diria que gateiros possuem, nem que no mínimo, de uma personalidade excêntrica. A prova é que os produtos que surgem internet afora, quando se trata de pets, pode apostar: os de gateiros são os mais, digamos… diferentes.

Será que você apostaria em algum desses, ou você é uma gateiro mais discreto?

Essa moça faz quadrinhos de feltro SUPER realistas. Sério, parece que é um gatinho de verdade emoldurado. Belo e assustador, ao mesmo tempo.

 

Para as amantes de jóias, que peça seria mais fina e ÚNICA que uma pulseira feita com pêlos do seu gato? O pêlo é coletado e passado por um processo para que dure na peça.

Gatos devem ser criados de preferências, telados, e por isso não é certo deixá-los passeando por aí… sozinhos. Mas com essa mochila com visor que remete ao espacial, os seus problemas e o do seu gatinho acabaram! Vende aqui, no Ebay, Aliexpress… e mais um monte de lugar (e caro!)

 

Pra quem ainda não ficou satisfeita com a pulseira de pêlos, não tem problema: você pode optar por algo mais útil e menos excêntrico, como essa bolsa de gatinhos super realista.

Se você é amante de vinhos com certeza vai curtir essa combinação e achar graça num vinho feito especialmente pro seu gato. O kit com quatro bebidinhas vende na loja virtual da loja Apollo Peak, criadora da bebida. Será?

Por mais que você seja apaixonada pelo seu gatinho, nós sabemos que limpar a caixa de areia não é lá a parte mais agradável de se ter um pet. Já pensou que sonho ter a caixa de areia limpinha sempre, sem precisar tocar? Aposto que seu gatinho também iria amar esse conforto. O projeto existe, e tá na plataforma Kickstarter para quem quiser apoiar.

 

E se você é gateiro que adora decorar a casa, aproveita e passa na lojinha que tá recheada de coisas para cat lovers!

Resenha Felina: Purina Hydro Defense e Magnus Stick

Atualmente, aqui em casa há três gatinhas com mais de 7 anos e uma com problema urinário por não gostar muito de beber água. Pensando nisso, decidi resenhar mais vezes aqui no blog alimentos e tratamentos (com acompanhamento veterinário, claro) sobre essa experiência e quem sabe, ajudar outras pessoas com os posts. Ficarei muito feliz quem puder deixar sua opinião também aqui nos comentários, e assim trocar cada vez mais dicas sobre nossos amados peludinhos!

A Mary e a Mimi são as duas mais enjoadinhas pra comer atualmente, então tenho que ficar buscando alternativas para que elas se sintam mais motivadas e tranquilas para comer. Elas se alimentam diariamente da Magnus Cat Castrados, mas alterno com sachês pra variar e ajudar a consumirem a maior quantidade de líquido possível.

Comprei dois produtos que me despertaram interesse mas, um deles não foi boa ideia…

 

Purina Cat Show Defense Hydro

Tive uma surpresa com esse sachê da Purina Cat Chow: a Jaguatirica, que odeia sachê, gostou e comeu! O que é ótimo, pois por causa do problema urinário, já fico feliz dela consumir a maior quantidade de líquido possível. O preço é semelhante ao dos outros sachês. No site da Purina, possui apenas o texto abaixo sobre essa linha, mas não encontrei mais nada sobre o produto:

Defense Plus   é uma combinação exclusiva de antioxidantes que ajuda a proteger os gatos dos danos dos radicais livres, contribuindo para mantê-los saudáveis, enquanto apreciam o delicioso sabor de Purina® Cat Chow®.
Cada receita do novo Purina® Cat Chow® com Defense Plus   possui uma característica especial para atender às necessidades nutricionais dos gatos de acordo com o estágio ou estilo de vida.

 

Magnus Cat Stick Mini

Eu dou petiscos bem de vez em quando, mas a Mimi AMA, e PEDE! Sério gente, ela sobe onde eu guardo os petiscos e fica pedindo mesmo quando não tem nada lá. Esses dias acabei comprando um da mesma marca da ração que elas comem, com a esperança de ser um petisco melhorzinho e… infelizmente, a Mimi, a louca dos petiscos, odiou. E  pior… comprei dois. Vou ter que devolver, pois aqui em casa só a Mimi gosta de petisquinho 🙁

Tenho a cisma que quando gato recusa alguma coisa, boa coisa não é…

 

Espero que tenham gostado dessa postagem “Mimi blogueira” hahaha ♥