Chega Mais, visitinha à Oscar Freire e desabafo Riachuelo…

semaninha-vitrola

 

1 – Para quem ainda não sabe, deu a louca e taquei logo a tinta roxa que eu tinha comprado, nos cabelos. Não consegui até agora tirar uma foto decente, pois não tenho mais câmera (a minha deu defeito), e a câmera do meu celular não pega  a cor (aparece tudo de uma cor só, haha!). O máximo que consegui foi isso… 2 – Sábado estive na Rede TV! para gravação de um novo programa que vai estreiar dia 1 de março às 18:30, o Chega Mais. Terá um quadro chamado "Liga das Blogueiras", numa espécie de competiçãozinha, hehe. Acho que vai ser bem legal e tô feliz por ter blogueiras que conheço e adoro como a Paula e a Bia3/4 – Aproveitando o passeio em SP, a Dri e a Paula me levaram na famosa Ben & Jerry's lá na Oscar Freire (essa rua é muito chique, eita…). Pedi ÓBVIO de sabor cheesecake, que é uma de minhas sobremesas favoritas. Muito gostosinho! Mas amei mesmo foi a kombi deles super colorida ♥ 5 – Me senti meio Frozen em frente à Galeria da Melissa! Bonito, né? Será que cabe aqui em casa?  6 – Também conheci a famosa Forever 21 e… achei infelizmente tudo muito caro pra mim, apesar de umas coisinhas que achei bem bonitinhas. Mas encontrei esse colar que foi amor à primeira vista e adivinha? Estava de 49,90 por 7,90! E no caixa ainda me falaram que estava mais barato: 7,50 #felicidadedepobre #naopedidescontojuro

 

Apesar dos acontecimentos felizes do FDS, preciso contar algo que me deixou BEM chateada, envolvendo uma loja que eu gosto muito e sou cliente há muito tempo.

 

Passei na Riachuelo na sexta com a Dri no Central Plaza Shopping, e estávamos olhando algumas cartelas de brincos que estavam em promoção. A Dri ouviu uma outra funcionária responder à outra cliente que os brincos poderiam ser trocados por outros de cartela igual (alguns da cartela estavam oxidados, outros faltando). Quando a Dri começou a trocar, uma outra funcionária nos abordou dizendo que não podia. Tudo bem, explicamos que tínhamos ouvido e ficou por isso. Não satisfeita, a funcionária passou a NOS VIGIAR, assim, na cara dura sabe? Como ela era algum tipo de supervisora, teve que sair "do posto" e… chamou outra menina pra nos vigiar!

 

Ficamos muito incomodadas e envergonhadas (além de estarrecidas!). Saímos da parte de bijuterias e fomos pro outro lado da loja pra procurar o caixa, e ver se no caminho teria algo interessante. Do nada a tal supervisora sai em disparada atrás de mim dizendo "não, vocês tem que deixar a bijuteria no caixa das bijuterias, não pode endar pela loja com elas na mão, não". WHAT? Eu SEMPRE peguei acessórios, colocava dentro da bolsa da loja com outras peças e só depois passava no caixa das bijuterias para passar o código e ninguém, de nenhuma outra Riachuelo NUNCA falou nada. E MESMO que fosse necessário, acho que há maneira e maneiras de abordar um cliente, para evitar constrangimentos, né? 

 

Enfim, eu estava mega cansada da viagem e acabei nem estendendo a discussão com a moça que sequer sabia explicar o motivo da "regra", mas tô abismada com a falta de profissionalismo das funcionárias de uma loja como a Riachuelo. Fomos tratadas como se estivéssemos bancando as espertinhas, sabe? Péssimo atendimento, péssimo profissionalismo. Nota zero pra eles! 🙁

 

Já aconteceram algo do tipo com vocês? Tô me sentindo bem arrependida por não ter dado a louca com razão, mas como disse, eu estava mega cansada da viagem 🙁

 

 



42 thoughts on “Chega Mais, visitinha à Oscar Freire e desabafo Riachuelo…”

  • Puxa. Passei pela mesma situação na Riachuelo do RJ hoje (23/02/2017), na Rua do Ouvidor. Foi a primeira vez que entrei em uma Riachuelo. Peguei duas roupas e dois brincos e coloquei dentro daquela sacolona da loja (sempre fiz isso na Renner, Marisa e Leader). Fui para a fila e a funcionária disse que os brincos teriam que ficar reservados na seção de relógios e que era para eu pegar só antes de pagar. Achei estranho, me senti meio mal, pois achei que as moças estavam achando que eu não iria pagar pela mercadoria. Entreguei os brincos e acabei resolvendo ir olhar outras coisas na loja e qdo terminei passei na moça da biju para ela me entregar os brincos que estariam reservados pq eu já ia para a fila pagar. Vcs acreditam que ela não me entregou? Eu fiquei na fila e qdo chegou na minha vez de pagar eu avisei a mocinha do caixa que tinham os dois brincos reservados, ela me olhou com cara de “não estou com seus brincos” e aí depois veio a moça da biju com os dois brincos na mão para entregar a moça do caixa. Ou seja, nem na fila para pagar eu posso segurar os brincos que estou comprando?!! Achei péssimo, acabei largando o vestido que eu ia comprar no caixa mesmo e por sorte vi que um dos pares de brinco estava com defeito e acabei só levando um par. Ou seja, gastaria R$ 130,00 na loja e por desaforo só gastei R$ 15,00. Rsrs. E só gastei os R$ 15,00 do brinco pq tinha gostado muito, senão não teria comprado nada. Nunca mais vou a Riachuelo. Detalhe: o brinco com defeito a moça da biju botou de volta para vender, eu ainda perguntei se ela não tinha outro igual pq eu queria levar e ela falou que não (custava R$ 30,00), alguém vai acabar levando, pq vc só notava o defeito se estivesse segurado ele nas mãos, mas como lá não pode, alguém vai acabar comprando. E não vai poder trocar depois, pelo que li nos comentários. Era um brinco com várias franjas, e estava faltando uma, ou seja, nem daria para usar.
    Depois do ocorrido vim procurar aqui na net p saber se era de praxe eles terem esse procedimento estranho com os clientes. Fiquei mais aliviada, pq estava achando que o problema era só comigo. Péssimo sistema. E não está escrito em nenhum lugar na loja q vc não pode segurar as bijus. Fora que as bijus ficam expostas p o cliente pegar, sugiro que fiquem trancadas, aí o cliente se toca que não pode andar com elas pela loja. Afff. E são bijus vagabundas, se ainda fossem folheadas. Nunca vi isso!! Nunca mais compro na Riachuelo. Na Marisa e na Líder sempre fui muito bem atendida. Para que servem as câmeras, os seguranças e os sistemas de apitar que eles colocam nas peças?!! Acho que pra nada. Bjs.

  • Uma vez eu fui seguida por funcionários todo o tempo que eu fiquei numa loja de produtos de cabeleireiro aqui perto de casa. Tava chovendo no dia e eu que ODEIO usar guarda-chuva tava de casaco com capuz. Claro que não entrei na loja encapuzada, mas foi o suficiente pros vendedores me acharem com cara de marginal. Confesso que achei até divertido pois se eles soubessem o meu “potencial” como cliente, estariam me oferecendo cafezinho e puxando cadeira pra eu sentar hehehe. Mas aí julgaram o livro pela capa e perderam comi$$ão. Azar o deles.

  • Olha, eu trabalhei em uma Riachuelo por 1 ano, e vou dizer que o treinamento é bem educativo para não constranger o cliente, na loja que eu trabalhei teve o caso de uma cliente que quis trocar um biquini usado e molhado – e o gerente trocou. Mas infelizmente funcionário ruim tem em qualquer lugar =(
    Eu pego birra de atendimento ruim, e faço o máximo para não voltar mais nos lugares que me trataram mal.

  • Oi, eu achei a atitude das moças da loja super péssima !!! Mas isso é natural que aconteça com todo mundo sabe ? Ah mas se eu fosse você falaria assim “Oque você está olhando ?” ou tipo “Se você quiser que eu compre algo da loja pare de me olhar que saco” porque você é a cliente deveria ter apenas reclamado para alguém responsável da LOJA.

    beijão ♥

  • Eu queria comentar o post de cima, mas não achei onde fazer isso, por isso vim aqui bagunçar seu blog todo pra agradecer e parabenizar.
    O post que fala sobre a escola me fez viajar e relembrar tantas coisas, mas o que mais me chamou atenção foi os livros da Coleção Vagalume, eu queria muito lembrar o nome dos livros pra eu ler tudo de novo e a lista ta todinha aqui, muito obrigada por ter essa memória incrível, eu não me lembrava de jeito nenhum. Outra coisa que se destacou foi a quantidade de coisas ruins que te aconteceu na escola, que chato né, mas acredito que tudo esteja melhor hoje em dia.
    Enfim, obrigada pela lembrança, parabéns pelo post da hora e me perdoe por comentar no post errado, mas não podia passar em branco.
    Até mais

    • Oi Débora! Muito obrigada! E obrigada por comentar no outro post, deu um bug nos comentários, mas já arrumei. Agradeço muito por ter comentado mesmo assim <3

      Um beijo,
      Re

  • Quero ver o reality!!!
    Amei as fotos e sobre lojas: apenas uma falta de educação.

    Já passei por isso em várias lojas de Sorocaba (fiz até um post falando disso) e a última foi nesse fim de semana na Etna também de sorocaba. Fomos comprar uma cadeira pro home office e o segurança nos seguiu a loja inteira. Sensação horrível.

    Adorei o blog! <3
    beijosss

  • Oi Re ^-^
    Queria que me desse a louca e eu criasse coragem para tacar tinta turquesa no meu cabelo! Estou doida para fazer minhas mechas coloridas e ficar brincando com as cores, mas me falta coragem de descolorir o cabelo.
    Cheguei a ver a foto da rede tv e fiquei super feliz por você! É tão bom ver blogueiras, que eu considero, gente como a gente (porque é mais comum nessas coisas ver blogueiras que parecem celebridades :x) sendo reconhecidas.
    Oscar Freire é coisa de gente rica HAHAHA já encontrei o Miguel Falabela por lá.
    Que horrível o que aconteceu com você e a Adriana na Riachuelo. Nunca me aconteceu algo parecido, ainda bem, eu que já sou tímida, iria me sentir muito mal e querer sair correndo da loja no mesmo instante.

    Beijo.

  • A cada mudança nessa cabeleira você fica mais linda 😀 Adorei o roxo, mesmo vendo tão pouquinho. Tenho uma amiga com o cabelo roxo e adoro! E estou bastante curiosa para ver esse programa da Rede Tv, tas ficando famosa, mulherrrr.

    Sobre a Riachuello: Vocês não levaram nada, né? Depois disso eu não ia querer nem uma agulha dessa loja. Teria jogado tudo na mão dessa “supervisora” dizendo um “muito obrigada pela sua educação”. Já aconteceu de eu ser tratada, não mal, mas com indiferença em uma loja “cara”, porque eu não sou de me “empiriquitar” pra ir ao shopping, ai tem vendedor que olha e diz “ii, essa aí não vai levar nada”.

  • Vocês foram muito pacientes.
    Já aconteceu pior, sabe essas lojas xing ling? de bijuterias? Uma vez eu entrei na loja com sacolas e eu perguntei no caixa se tinha que lacrar e a mulher disse que não havia necessidade pelo tamanho da sacola e por haver cameras
    Ai entrei na sessão de colares e vi um e comentei com minha mãe.. “Olha mãe, mais bonito que o que eu comprei na outra loja” peguei o outro pra comparar e coloquei na minha sacola e nossa a vendedora começou escandalo, falando que tinha que pagar pela mercadoria.. chamou não sei quem
    Os outros me olhando.. e eu falei chama seu gerente?

    Quando veio falei olha.. estou sendo acusada de roubo (e ela continuava)
    Tirei o colar da sacola.. mostrei e falei quero que vc me mostre algum lote igual a esse colar na loja.. e olha aqui está a nota fiscal

    A menina ainda começou:..”se não quisesse passar vergonha deixasse no caixa a sacola, lacrasse.. ” Nossa quando ela falou isso quis estrangular rs
    Só sei que o gerente quis me dar a peça que eu estava olhando e eu não aceitei
    ABSURDO
    Não voltei mais

  • Hoje em dia,as reclamações tem funcionado muito bem nas redes socias.Entra na página do facebook da loja e faz alí a sua reclmação para todos verem,é a pior propaganda que existe,faço isso direto!
    E quanto ao constrangimento tem que entrar com uma ação contra a loja.

  • Mês passado passei por isso na Riachuelo de Itabuna-BA. Só que no meu caso foram óculos de sol. Fui com minha mãe e uma prima na Riachuelo e estava experimentando alguns óculos e gostei de um, mas ia comprar uma saída de praia também. E aí fiquei com os óculos que eu tinha gostado na mão e fui para a sessão de praia (que é do lado) e nisso a vendedora agiu da mesma forma que com você, ficou me vigiando. Aí minha mãe até comentou comigo: “acho que a vendedora tá pensando que a gente vai roubar os óculos”. Demos até risada. Aí minha mãe e minha prima foram sentar e eu fiquei la escolhendo a saída de praia, quando de repente, vem a vendedora, com a maior ignorância: “você tem que pagar os óculos aqui nesse caixa, não é no outro.” Sendo que tem um aviso informando isso, mas eu quis, da mesma forma que você, escolher outra coisa antes de ir pagar. O problema não foi o aviso que ela quis me dar, foi o modo grosseiro que ela falou. Eu tava de boa, mas me retei com a falta de educação dela e respondi: “Eu sei, eu sei ler.”. Aí ela, com grosseria de novo: “não sei, de repente…tem gente que não sabe”.
    Sinceramente, ela deu sorte de eu estar num dia bom (e cansada) e não ter chamado o geente e “armado o barraco” pelo atendimento PÉSSIMO dela. Simplesmente coloquei os óculos no lugar, larguei . lá a saída de praia que estava na mão e fui embora, desisti.
    Eu só não digo que não volto lá porque gosto muito dos produtos da loja e não é por causa daquela vendedora mal humorada que vou deixar de comprar lá. Se aqui na região tivesse mais opções eu até deixaria, mas infelizmente nem tem….

    Ahhh! E parabéns pelo programa!!!
    Beijos!

  • Re, aqui onde estou morando eu nao posso trabalhar na minha area, pois preciso fazer a equivalencia, voltar pra faculdade e tudo mais. Eqto isso nao acontece eu estou trabalhando em uma loja de roupas para treinar o meu frances e me inserir mais na cultura, coisa que é muito dificil pois querendo ou nao a abertura é pequena e estamos sempre correndo o risco de conviver apenas com brasileiro. Enfim, voltando ao assunto: estou trabalhando em uma loja de roupas e usamos uns microfones com fones de ouvido. Qdo vemos alg que achamos suspeito nos ficamos nos comunicando entre si, nos aproximamos do cliente pra perguntar se precisa de ajuda ou algo do tipo. Mas nunca fica uma pessoa plantado ao lado…isso eh realmente muito constrangedor. E o unico momento onde chamamos a tençao do cliente é se ele sair da loja sem pagar… nem se vermos um cliente colocando algo na bolsa dentro da loja nos nao podemos chamar atençao… apenas se sair da loja.
    Alguns anos atras eu fui na riachuelo com uma pilha de livros nos braços. A biblioteca da minha faculdade controlava os livros por leitura de codigo de barras… Nesse dia, depois de sair da facul eu passei na riachuelo com essa montanha de livros e na saida, por algum motivo, o alarme pensou que meus livros fossem produtos e começou a apitar. Veio segurança e veio supervisora falar comigo. Fiquei super constrangida…. na hora saquei que era por causa dos livros e pedi pro segurança sair da loja com um dos livros na mao e o alarme apitou. Foi super chato pq varias pessoas ficaram olhando. Eu acabei deixando pra la mas meu esposo ficou indignado dizendo que era para eu ter processado a loja.

  • Que legal essa noticia do programa o/ vi umas fotos no ig da Paula e no da Drika de vocês, muito amor <3 To doida pra ver!!! Adorei a foto com a Kombi, muito estilo, hahaha. Eu passei poucas vezes pela Oscar Freire e fiquei muito me sentindo um peixe fora d'agua ali, mas okaaaay, né? Tem umas lojas legais lá (tipo a da Havaianas, gigaaaaante).

    Achei MUITO chata essa história na Riachuelo. Nunca aconteceu algo do tipo comigo, mas eu me sentiria super mal (e faria uma leve reclamação barra barraco básico com a supervisão, porque ninguém merece passar por algo assim). Aff!

  • O cabelo roxo esta divo! E toda vez que ando na Oscar Freire me sinto mais pobre do que sou 🙁 Muita ryqueza numa rua só né rs
    Quero logo ver o programa :O Mas não tenho ctz se tem RedeTv aqui em Poços… Até lá eu confiro! Não quero perder.

    Super chato tudo isso na Riachuelo, acho que eu teria criado o maior barraco! Sempre tenho a impressão de que nessas lojas as vendedoras tratam melhor uns do que outros… 🙁

    Mas fica bem RÊ, já foi 🙂

    Um beijo

  • Rê infelizmente minha avó passou por quase a mesma, porém no caso dela foi pior. Minha avó tem Alzheimer, porém sempre foi muito ativa e gosta de ir pra cima e pra baixo caminhando e de ônibus, e a alguns aninhos atrás ela decidiu ir na loja Torra-Torra aqui em SP, que tem roupas bem baratinhas. Chegando na loja ela comprou algumas blusas e pegou 2 meias, passou no caixa e na hora de passar as roupas ela esqueceu de pegar as meias (a sacola da loja era funda e ela simplesmente não viu), ai ela saiu da loja e as meias ficaram lá sem ela ver, qual não foi a surpresa quando o “vigia” da loja correu atrás da minha avó gritando: SUA LADRA, LADRA, roubou as meias da loja, essa senhora é uma ladra! Imagina a cara da minha avó, ela chorava e falava que não tinha visto, que tinha esquecido que pegou as meias (por conta do Alzheimer mesmo), e o moço gritava e gritava. Minha avó chegou em casa chorando e desolada, e ficamos tão revoltados que acabamos indo no final de semana seguinte na loja e jogamos R$50,00 para o guarda, e ai sim foi a nossa vez de gritar que o vigia da loja havia chamado uma senhora doente de ladra, por conta de 2 meias de R$2,00, nossa o guarda não sabia onde enfiar a cara e todos ficaram indignados com ele.

    Infelizmente as pessoas que roubam MESMO eles não conseguem identificar. Nunca mais fui em nenhuma rede dessa loja Torra-torra e conto essa história pra todo mundo.

    Beijocassss
    <3 <3

  • Rê infelizmente minha avó passou por quase a mesma, porém no caso dela foi pior. Minha avó tem Alzheimer, porém sempre foi muito ativa e gosta de ir pra cima e pra baixo caminhando e de ônibus, e a alguns aninhos atrás ela decidiu ir na loja Torra-Torra aqui em SP, que tem roupas bem baratinhas. Chegando na loja ela comprou algumas blusas e pegou 2 meias, passou no caixa e na hora de passar as roupas ela esqueceu de pegar as meias (a sacola da loja era funda e ela simplesmente não viu), ai ela saiu da loja e as meias ficaram lá sem ela ver, qual não foi a surpresa quando o “vigia” da loja correu atrás da minha avó gritando: SUA LADRA, LADRA, roubou as meias da loja, essa senhora é uma ladra! Imagina a cara da minha avó, ela chorava e falava que não tinha visto, que tinha esquecido que pegou as meias (por conta do Alzheimer mesmo), e o moço gritava e gritava. Minha avó chegou em casa chorando e desolada, e ficamos tão revoltados que acabamos indo no final de semana seguinte na loja e jogamos R$50,00 para o guarda, e ai sim foi a nossa vez de gritar que o vigia da loja havia chamado uma senhora doente de ladra, por conta de 2 meias de R$2,00, nossa o guarda não sabia onde enfiar a cara e todos ficaram indignados com ele.

    Infelizmente as pessoas que roubam MESMO eles não conseguem identificar. Nunca mais fui em nenhuma rede dessa loja Torra-torra e conto essa história pra todo mundo.

    Beijocassss
    <3

  • Cabelos roxos ! *amo de paixão, mas nunca tive coragem de pintar

    Sobre o caso da loja, o certo era ter dado uma de Rochelly mãe do Chris e feito barraco *sqn

    Comigo ainda bem nunca aconteceu algo do gênero, mas acho que eu tb ficaria chocada e não levaria a história a diante.

    Abracinhas 😉

    Aline Molleri

  • Eu já passei por uma situação idêntica na Renner. A funcionária ficou nos seguindo pela loja inteira e falando no fone alguma coisa, sabe? Foi completamente constrangedor, eu e minhas duas amigas ficamos chocadas com a situação. A sorte é que não chegaram a nos abordar, senão ia dar ruim hahahaha.

    Mas sério, acho que isso deve dar processo, viu. Não é normal não passar esse constrangimento por causa de brinco de R$ 15,00.

  • tô super curiosa com o reality de blogueiras… vai dar pra ver online? porque né, acho importante hahaha
    ben & jerrys é MUITO amor <3 loja mais fofa.
    já fui surpreendida por um item que tava mais barato na F21, quando passei no caixa HAHA mó alegria, te compreendo.

    também entendo cê num querer brigar com a funcionária porque tava cansada e tal, mas eu não deixo passar coisa assim não, discuto mesmo 😛 ainda mais sendo supervisora, que pode, e deve ouvir reclamação. as vezes a funcionaria tá só seguindo ordens, mas supervisora num pode ser grossa de jeito nenhum com o cliente, eu hein. locassa.

    beijo Re!

  • Eu já passei por situações muito parecidas várias vezes, acho que tenho cara de bandida louca, só pode. Hoje mesmo eu tava na biblioteca do SESC, que sempre entro com mochila e nunca ninguém falou nada, porque inclusive tem um detector de metal e a biblioteca é BEM pequena, e uma mulher começou a perguntar “PRECISA DE AJUDA?” e eu disse que não, que só queria ler. Aí, ela disse que eu não podia entrar com Mochila, que tinha que deixar no armário ou deixar em cima dos balcões. Ok, fui educadamente e coloquei. Mas ela ficava me olhando e circulando perto de onde eu tava, sabe? Enfim, constrangedor. E já aconteceu comigo na 25 de março, dentro de uma loja, eu tava vendo uns chaveiros e um tava quebrado e uma mulher que tava do meu lado começou a falar que eu tinha que pagar (!), tipo eu só tava olhando e o treco já tava quebrado ali. Daí fiz um alvoroço e falei com a gerente que disse que realmente não precisava e nada a ver. Enfim, eu acho que atraio esse tipo de situação :/ Pior é que são vendedoras ou atendentes, sabe? Nem são as donas, elas meio que tomam as dores e juram que a loja é delas, sei lá, mas eu acho que só assim pra aguentar um emprego porcaria, a pessoa vive numa ilusão de que faz parte daquilo de verdade e acha que tem que se responsabilizar por tudo. É muita pressão. Enfim, já falei demais. Mas ei, que legal essa história da Liga das Blogueiras, nem tava sabendo!


    Beijos
    Brilho de Aluguel

  • Oi Re, tudo bem?
    Como assim, que absurdo. Esse tipo de situação graças a Deus nunca aconteceu comigo, mas flor, acho que no fim foi melhor não rodar a baiana sabe. Mostrar superioridade e simplesmente deixar pra lá. Um abuso isso, e ainda dá pra processar.
    Enfim, não liga não, não vale apena.
    Abraços,
    Amanda Almeida

  • Parabéns pelo programa, super curiosa para ver.
    Quanto a Riachuelo só posso dizer que foi uma vergonha, como assim constranger vocês na loja. Será que eles sabem que isso é crime e pode dar processo. Fiquei indignada com o relato.

  • Como assim você e Paula na TV???? Nem assisto TV mas farei questão de ver isso!!!
    Arrasou! 🙂

    Fui passear na Oscar Freire e na Forever 21 quando viajei pra Sampa em janeiro, mas não fui no Ben&Jerry’s acredita? Agora me arrependo, vi tanta gente elogiando! rs

    E essa vendedora devia estar de implicância com vocês por algum motivo, vai ver tava de mau-humor ou recalcada sei lá… ignora mesmo, não vale a pena perder tempo com pessoas desse tipo! Aonde já se viu? Duas lindonas e estilosas sendo tratadas como se fossem “as espertinhas”? Até parece, né? Hunf!

    Beijocas!

    Clá | blog Uma Garota Carioca

  • aaah, quero logo ver a Vitrolina na tvvvvvvv <333
    mas então, que chato isso da Riachuelo heim!? e assim, eu SEMPRE fiquei carregando as bijus pela loja, acho que foi pq a moça ficou desconfiada de vcs msm.
    Só que isso de ficarem me vigiando sempre acontece já que tenho cara de 'novinha' e muito comumente MEEESSSMO lá na 'Marisa'!… uma vez eu entrei que o segurança tava até atrás, indo a todos os lugares que eu ia, fiquei sem graça com a situação que até fui embora, me senti muito mal e desrespeitada :/

  • Re, parabéns pelo programa!
    Você merece esse prestígio! Já tô ansiosa!
    Quanto à Riachuelo, tenho complexo de cabocla. Já tive problemas de gente me vigiando do nada em algumas lojas, não só da Riachuelo, mas também lá, e fico muito puta, sabe? Falta de profissionalismo total!
    Só que eu não gosto de fazer barraco, porque fico muito nervosa, começo a tremer. Eu sou aquela pessoa que vai da mosca morta à possuída pelo demônio em cinco segundos, então prefiro largar os produtos lá, e nunca mais voltar na tal filial. #dramatica
    Por isso, entendo a sua chateação e essa sensação de engolir sapo e ficar com ele entalado.
    Esse é um dos motivos por que prefiro comprar online.
    Enfim… Ao menos teve essa conquista boa e passeio com azamiga pra alegrar a vida.

    Beijinhos!

  • Passei pela mesma situação aqui na Riachuelo do Rio em Caxias..mas não percebi se já estavam me perseguindo pq sou muito avuada.. mas deixei os acessórios por lá mesmo! Qto a Forever21 tenho algumas peças pq o marido foi pra fora a trabalho e trouxe com preços bem inferiores aos daqui que me recuso a paga! E ohh to doida pra assistir o novo programa!!! Bjoo
    *primeiro comentário que faço por aqui!!*)

  • Na Riachuelo a única coisa que me aconteceu foi levar até o caixa para pagar e descobrir que tinham que “emitir uma nota” e dai eu tinha que pegar na área de acessórios – que deve ser isso de não poder andar na loja. Dai tive que sair do caixa com a nota de pagamento, pegar fila na área de acessórios, catar a funcionária e ai sim conseguir o que paguei, ou seja, um procedimento bem idiota.

    Sobre a F21, ela não está tão absurda, aqui no Rio comprei várias coisas com preço bom, a promoção é sempre assim maravilhosa. O problema é as peças mais conceito, todas elas são 105, não importa o gênero.

  • Que delícia esses passeios, uma pena que teve essa decepção na Riachuelo, passei por algo parecido na Marisa, que eles deixam uma funcionária do lado de fora do banheiro pra te vigiar e só pode ir no banheiro deles assim, amei o cabelim, que não vejo a hora de ver pessoalmente e to ansiosa pra ver Vitrola na TV, aliás não só eu como geral quer haha.

    Feliz por vc!!!

  • Meu Deus, não acredito que em SP tem Ben&Jerry!!!!! Quando for lá de novo é fato que vou passar na Oscar Freire pra comer, apesar de me sentir um nada naquela rua chique! hahaha E que legal que você vai participar desse programa! É uma vez só ou vai ser recorrente?

    Sobre o episódio na Riachuelo, é realmente absurdo quando somos mal tratadas numa loja onde o princípio deveria ser o bom atendimento. Mas acho que você fez certo em não fazer a louca, foi superior! O melhor a fazer com pessoas assim é tratá-las educadamente pra elas verem que estão erradas e se sentirem envergonhadas – e, se forem inteligentes, aprenderem e nunca mais fazerem isso!

    Beijos!

  • Meu, eu já passei por uma situação mega parecida na Riachuelo. Peguei um brinco, coloquei na sacola e sai linda pela loja vasculhando as roupas. Daí a atendente MEGA GROSSA perguntou onde eu tava indo e que eu NAO PODIA fazer isso – como se: 1) estivesse escrito em algum lugar, 2) eu fosse obrigada a saber.
    Minha vontade era de falar um lindo: “enfia no cu então” mas como eu queria muito o brinco, paguei e nem olhei o resto da loja. NUNCA MAIS comprei acessórios lá. Eles não são baratinhos, a qualidade não é boa e o atendimento é oh: uma bosta.
    Quanto a F21, eu adoro a loja lá na gringa…aqui ela super não vale o custo/benefício. A qualidade das peças não mudou e eles cobram tão caro quanto a Zara. Sendo que lá fora, as peças tem tudo 1/3 do preço da Zara. Porém a parte de acessórios e lingeries aqui vale a pena, as coisas são lindinhas, não estragam tão fácil e de vez em quando rola umas promoções daora tipo a que você pegou. Adoro comprar peças basiconas lá também (regatas, t-shirts, etc) porque elas são baratinhas, boas e dá pra levar vários modelitchos e cores HEUHEUHUEHUHE Uma coisa que me irrita muito aqui é que eles não trouxeram todas as numerações pro Brasil, especialmente de jeans, daí euzinha (e qualquer mina que vista mais que 42) fico chupando dedo. HUNF

    beijocas <3

  • Passei por uma situação muito chata na Riachuelo também. Tenho um filho pequeno e ao questionar se não teria um provador “familia” onde eu pudesse ajuda-lo a trocar de roupa (eu havia pego bermudas, camisetas, etc para ele experimentar) ou se poderia entrar com ele no provador feminino, fui informada grosseiramente que NAO poderia! Ele deveria entrar sozinho no provador masculino. Oi?
    Sendo que havia uma placa sinalizando “provador infantil” juntamente com a placa de Provador Feminino. Fui novamente informada que o provador infantil seria somente para meninas!
    Ou seja, mãe de menino que for na Riachuelo não pode ajudar o filho a se trocar???
    Larguei todas as peças no balcão na frente da funcionaria da loja e saimos frustados e muito chateados com a situação. Meu filho saiu sem entender porque não poderia experimentar as roupas que haviamos escolhido.

  • Você vai passar na TV, que máximo!!!! Vai passar todas as semanas?? 🙂
    Então, eu curto a forever 21, mas realmente os preços são bem longe do que eles anunciaram quando foi inaugurado.
    Já na Riachuelo, eu também sempre andei com os assessórios na sacola, nunca fui questionada por conta disso. Acho que a mulher pensou que vocês estavam trocando as embalagens para pagar mais barato ou algo assim, ridículo!!

  • Mulher que absurdo esse episódio da Riachuelo! Graças a deus nunca passei nada do tipo, até porque se não estou com a minha mãe eu fico sempre de fones de ouvido pra ninguém me atazanar! Mas eu também cansei de andar pela C&A, Renne, Riachuelo com alguns acessórios na mão e nunca me falaram nada… Eu hein! Mulher doida!

    Também fiquei decepcionada com os precinhos da F21, SODADES OS PREÇOS DO EXTERIOR! Falando nisso super aconselho, quando você tiver um tempinho e uma graninha extra (ou se planejar também hahaha) investir numa viagem pra zoropa viu? Ou mesmo se for do seu interesse os states, a diferença de preço de algumas coisas daqui pra lá é absurda e AI </3 sodades!

    Amei a ousadia com o cabelo roxo e eu mesma quero mudar um pouco minha juba, mas não sou boa em pintar o cabelo em casa! Alguma dica? rs

    Tava sentindo falta de ter ler ja! (: Você é uma fofa!

    Um beijo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *