Deu zebrinhas! (o vestido “clonado”)

Quantas vezes você já comprou uma roupa que gostou tanto, que queria poder duplicá-la? Conheço algumas pessoas que até fazem isso (compram várias peças iguais, só mudam a cor), mas confesso que não sou muito adepta. Às vezes a paixão vem com o tempo, sabe?

 

Um tempo atrás, comprei um vestido na Caedu e fiquei apaixonada. Pelo tecido, pelo modelo super simplezinho, a cara dos passeios em Ubatuba, principalmente nos dias quentes. Me apaixonei tanto, que resolvi "dar vida" a um tecido que eu tinha ganhado de presente da minha sogra, e pedi para uma costureira reproduzir o modelinho. A surpresa? Não custou nem 30 reais (e ainda veio o molde, para eu me arriscar nas costurices depois!).

 

Tirei algumas fotos para vocês verem como ele é bobinho no cabide e super fofinho no corpo. Não preciso nem dizer que não tem glamour nas fotos, né? É só para levantar mesmo a questão que à vezes, tem uma costureia aí no seu bairro supimpa e você tá dando mole, podendo ter roupas exclusivas e do jeitinho que você quiser por um precinho mó camarada. Ainda matei saudade do tempo em que 90% das roupas que eu tinha quando era criança, eram de costureiras amigas da minha mãe. Por um mundo com mais costureirinhas de bairro ♥

 

zebrinha-5

Na esquerda o original, na direita, a cópia 🙂

zebrinha-1

zebrinha-2

zebrinha-3

zebrinha-4



40 thoughts on “Deu zebrinhas! (o vestido “clonado”)”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *