Eu fico, se tiver bolo de verdade

Hoje de manhã (manhã, cof… 1h da tarde depois de dormir às 5 da manhã…) acordei com a minha vizinha batendo na porta, me trazendo um pratinho de bolo de chocolate que ela havia feito. Pausa para enfatizar –  eu tenho vizinhos fofos gente, do tipo que chama pra almoçar, leva guloseimas, enfim… só gente bacana, de verdade – e era um bolo delicioso. Um bolo de verdade, feito em casa, com cobertura e um milhão de calorias charmosas.

E eu bati na mesma tecla com meu marido, e que eu bato com todo mundo: cadê os bolos DE VERDADE? Todo mundo faz bolo bonitinho em casa, eu sei. Mas cadê aquele bolo gostoso das festas de aniversário de antigamente? Com glacê de verdade, recheio de doce de leite (ou coco, ou chocolate…) e massa que não seja com 1cm de espessura (nem de pão de ló)? Cheguei à infeliz conclusão: bolos de verdade estão em extinção.

Eu lembro de ir às festas e ficar muito feliz quando o tema era futebol. Isso era certo que o bolo seria de glacê com um coco ralado colorido molhadinho por cima. E aquilo era muito bom! Fora a cartela de cores totalmente previsível, feita com muito carinho por aquela tia que sabia muito bem o tom de rosa para um festa de menina.

                                         Bolo infantil rosa e branco glace real 004

Hoje em dia, muita gente já torceu o nariz enquanto me ouvia dizer isso. Mas foi só em um dos meus aniversários eu fazer um bolo “à moda antiga” para todos virem no final elogiar e perguntar aonde eu tinha comprado. Confirmei o que já presumia: todo mundo gosta, mas não lembra!

                                                  Screenshot_6

Então, quando for fazer aquela festinha íntima para os amigos, não pense duas vezes: faça um bolo! Esqueça aqueles bolos bonitões e aparentemente suculentos de padaria, abarrotados de chantilly com gosto de nuvem…  E caso cozinhar não seja seu forte, procure por uma boleira… elas são raras, mas ainda existem. Será sucesso garantido!

ps: isso também vale para os docinhos, cada vez mais extintos. Cajuzinho, I need you! E um beijo pra Lu que me deixou dias atrás morrendo de invejinha porque ela saboreou tuuudo isso!



34 thoughts on “Eu fico, se tiver bolo de verdade”

  • Nossa, esse post pegou num ponto sensível pra minha pessoa. Eu sou alouca dos bolos, sabe? Mas bolo DE VERDADE, desses que você descreveu. Sou MUITO chata com o assunto e sei reconhecer um bolo truqueiro pelo cheiro. Como minha avó sempre teve a mão muito boa pra isso, cresci comendo bolos incríveis. Lembro que nas festas dos meus amigos eu nunca comia quando era bolo comprado, e apesar dos bolos que minha avó pro meu aniversário não serem bonitões e decorados, eram sempre os mais gostosos apesar de estar quase despencando por causa do recheio, hahhaha

    beijo!

  • Eu tenho uma amiga que é boleira, quando tenho que comprar um bolo, compro com ela, sempre.
    Quanto aos docinhos, minha mãe e minha tia volta e meia fazem os melhores cajuzinhos do mundo! Adooooooooooooooooooooooooro!!!

    Beijos.

  • Primeira vez no blog e ADOREI!
    Tudo lindo!

    Mas aqui…as boleiras de verdade não estão em extinção não! Pelo contrário!!! A confeitaria artística tem evoluído MUITO no Brasil e já tem muita gente (como EU!) que faz bolos que além de lindos são deliciosos… com ou sem glacê pra se lambuzar! rs

    Abraços e sucesso!

  • Passando o momento insônia pra ler seu blog TODO! E não podia deixar e comentar esse post, porque até hj peço a todo mundo que sei que sabe fazer (é, pq se eu fizer, não tem o mesmo gosto da memória) esse glacê de margarina com leite condensado! Adoro os bolos de antigamente, os chumbinhos de enfeite, e é claro, o coco ralado tingido de verde ou rosa ou amarelo! Bjos Rê.

  • a MINHA SOGRA SEMPRE FAZ ESSES BOLOS, COM RECHEIO DE DOCE DE LEITE
    O GLACÊ É AQUELE QUE SÓ LEVA mARGARINA E LEITE CONDENSADO! HUUUUUUUUUUUUM UMA DELÍCIA

  • Uma das coisas que mais sinto falta da infância são as festinhas de aniversário. Gente, era comida que não acabava mais, só de olhar as fotos antigas babo muito.
    E minha mãe fazia esses super bolos, eu sempre peço pra ela fazer o meu especial (bolo de morango com brigadeiro e suspiros) no meu aniversário, mas ela vai cada vez simplificando mais, hahaha 😀

  • Bah xuxu, pior… esses bolos de padaria todo bonitões cheio de chantilly feito de nata com gosto de gordura… eca, tbm não gosto,~são lindos, mas só servem para agradar os olhos.

    Já os caseiros, quando feito com carinho e boa vontade, são saborosos, bonitos com a decoração caseira mesmo, e enchem o coração de doçura.

    Tbm sinto falta de um bom bolo de festa.

    Há anos que não como bolo em festa nenhuma que eu vá.

    Beijocas

  • Eu ando praticando. Toda semana eu faço um bolo, porque quando eu tiver filhos quero que eles tenham bolo de verdade nos aniversários. Eu sofri muito quando criança. hahaha Tá, nem tanto, mas eu sei o quanto bolos de verdade estão sumindo. Meu conselho é que todos corram para a cozinha e comecem a praticar já! haha
    Beijo.

  • Minha mae arrebenta na cozinha no aspecto doce, por isso sempre tem bolo gostoso em festas e etc. Mas realmente os bolos bons estao em instinção. Eu nao gosto muito do glace, mas a graça da festa é bolo enfeitado, docinhos e mts guloseimas. bj

  • Nas fotos da minha festa de 2 anos havia um bolo desses retangulares cheio de glacê do tamanho da mesa, ahuaiha. Mas hoje em dia já não gosto mais de glacê. Só como bolo sem cobertura ou com cobertura de chocolate!
    :**

  • Aqui perto de casa eles fazem bolo de verdade e é o bolo. Todo aniversário vou lá comprar 2kg xD e às vezes compro um pedaço de algum que eles tenham lá na vitrine, mas quase R$10 um pedaçõ. Mas também é o pedaço.. rs

  • Eu sempre procurei uma palavra pra definir o gosto de bolo de padaria e agora você me deu essa palavra: nuvem. É isso mesmo, tem gosto de nuvem…
    Aniversário meu não tem negóciod e bolod e padaria não, eu mesma faço o bolo, com capricho…adoro fazer bolo, doce…e nada melhor que um bolo de verdade…
    bjos!

  • Todo ano minha vó providencia uma festa de cosme e damião para crianças carentes da região… e uma amiga sempre faz um bolo (BOLO! – com coberturas gostosas) de mais de um metro!!! Esse ano tiro fotos pra vc ver! se eu achar as dos anos anteriores, eu te passo! ♥

    Adorei o post! E também sinto falta de bolos mesmo!

  • Nossa, concordo total! Praticamente acabei de deixar a infância, mas cheguei a presenciar a época dos bolos de verdade. Nas festas de crianças que eu vou agora, sempre tem esses bolos com gosto de nuvem, que eu nunca como… Quero bolos de verdade!

  • Ai, o aniversário da Sophia está chegando e eu estou super tensa com essa história, porque eu quero algo simples, que lembre infância, nada de festa grande, doces estranhos ou bolos sem graça…quero tudo caseiro, brigadeiro, leite ninho, cajuzinho, bolo “delícia”…será que vai fazer sucesso?,pq a família (únicos convidados)está dizendo que estou sendo “brega” demais…aff…a infância é tão melhor com simplicidade!!!

  • Penso igual a vc, eu odeio esses bolos de padaria que ñ tem gosto de nada! Vc ia gostar do chá de bebe da minha filhata, eu fiz tudo manualmente até bater o bolo ha mão!! rs… fiz brigadeiro, beijinho todas essas coisas que amava quando criança e continuo amando até hj, a simplicidade e o carinho de se fazer um bolo a moda antiga muda tudo, até o sabor fica inexplicável!
    bjs

  • Yumm, essa história de bolo me deu vontade de comer um 🙁 Eu lembro que minha irmã que fazia os bolos no meu aniversário *-* de chocolate com cobertura e cheio de MM’s em cima (?) HEWIOHRWORHW. Muito bomm. Mas aqui tem um supermercado bom que os bolos são excelentes, e que não posso reclamar muito. Só que na maioria das festas que eu fui, os bolos eram horríveis, pqp. Com gosto de nuvem, sério. Me dava muita raiva.
    Beeijo, Vitrola 😀

  • Também sinto muita, muita falta daqueles bolos de verdade. Com sabor!

    Hoje podem até ser esteticamente perfeitos, mas vc come, come e não sabe o gosto que tem.

    Bateu saudade! rs
    Beijo

  • É, que nem eu disse uma vez pra vc no msn: Bolo com gosto de corante. Eu não sei ao certo se corante tem gosto, mas não é lá aquela delícia.
    Eu sinceramente não entendo como que tem gente que não gosta. Aliás, gostam do sabor do bolo, só não gostam daquele trabalho todo de faze-lo, sendo que é aí onde está graça.
    Ah, e isso serve também para o brigadeiro!

    Bjokas…

  • Mulher Vitrola, hoje os bolos estão muito “estéticos”, tudo evolui ou involui, até as guloseimas. Você me fez recordar da minha doce infância onde nos aniversários dos amiguinhos havia um bolo gigaaaante na mesa cheio de glacê e era isso o que fazia os olhos dos pequenos brilharem, o prazer estava em lambuzar o rosto com o glacê colorido. Lembra dos chumbinhos pra enfeitar? Esses docinhos de hoje em dia são lindinhos, é inegável, mas não são tão bons.

    Um beijo.

    Ah, o layout do Blog TÁ LINDO! Parabéns.

  • Então vem pra cá! As festas da minha familia só tem bolo de verdade, rs.
    Nas do meu primo mais novo é especifico: tem que ser bolo de cenoura decorado pra festa. Porque a criança gosta desse, hahah.

  • Ah eu também sinto falta disso, no meu aniver de 24 anos minha mãe comprou um bolo desses com galce e de pessego que eu adoro! Nem preciso dizer que não sobrou nada ne..rs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *