Feijão Rajado

Desde que eu moro aqui em Ubatuba (em dezembro completará 4 anos), eu vivo numa saga do feijão ideal. Bem, vocês bem devem saber que no Rio de Janeiro há o hábito de comer feijão PRETO. Sim, o mesmo feijão que vai na feijoada. Aliás, a maioria dos cariocas que conheço adoram tudo que leva feijão, inclusive as comidas típicas de outros lugares que levam tipos de feijões diferentes.

 

Quando cheguei aqui, depois de um bom tempo comendo o tal "carioquinha", achando interessante mas sentindo uma falta imensa do meu pretinho, resolvi ir no mercado e comprar um das marcas disponíveis que haviam aqui do bendito feijão preto. O resultado, obviamente, não foi o esperado: o feijão não ficou como o de lá, não matei minha saudade e chorei baixinho em frente o prato. Coisas de gente fresca e cismada.

 

Mas um belo dia  acordei  inconformada e falei com o marido que queria experimentar outros tipos de feijão – afinal, quem nunca acordou um dia e disse que queria trocar de feijão? – e parti, saltitante rumo à clássica feirinha de sábado-pastel-e-caldo-de-cana em busca do feijão perfeito. Optei um pouco insegura pelo feijão mais simpático, enquanto marido de olhava com cara de "escolhe logo mulher, é tudo feijão…"

 

Finalmente: depois de quase 4 anos, eu tive uma das melhores experiências de comer feijão. Simplesmente encantada. Sim, eu fiquei feliz de comer feijão. E toda essa felicidade me custou míseros R$3 pacote de 500g, me saindo mais barato que comprar o carioquinha no mercado. Marido aprovou, eu aprovei e já é o novo queridinho das refeições. Não mudei de vida, mas mudei de feijão. E acho que até montarei um "Clube do Feijão Amigo", que tal?

 


feijão_carioquinha

feijão_rajado

Para entender a diferença: a foto de cima é o clássico carioquinha (que ironicamente, é mais utilizado em SP). A foto de baixo é o feijão rajado, nossa escolha: grãos maiores com manchas avermelhadas. Rajadinho mesmo. Não é simpático? 🙂

 

feijão_rajado_cozido

O rajado depois do cozimento fica assim: pura cremosidade! O rajadinho some e ele fica todo nesse tom marrom escuro-avermelhado. O cozimento é o mesmo, não tem segredo, mas com receio, até deixei passar um pouco o tempo de cozimento…

 

E aí na sua casa, qual é o seu favorito? Você conhece outros tipos diferentes de feijão?

Mais CRIATIVIDADE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

42 pensamentos em “Feijão Rajado”