Pare AGORA MESMO de roubar imagens

Internet, sem dúvida nenhuma, é um longo universo a ser explorado, mas ao contrário do que muitos pensam, tá longe de ser “terra de ninguém”

Já foi o tempo (e foi tarde!) que se postava qualquer tipo de conteúdo ofensivo/preconceituoso/ilegal e ficava por isso mesmo. Mas, na minha opinião: ainda temos um LONGO caminho a respeito disso, e tem muita gente aí passando impune…

 

A começar, por direitos autorais na internet. Êlaiá.

Ainda hoje, em pleno 2016, ouço gente falar “ACHEI essa imagem na internet e COLOQUEI PRA VENDER NA MINHA LOJA”  (juro)

Então, vamos lá. Todo mundo erra, e isso é um erro bem comum (mas não deveria). Já errei, mas era 2005 e todo mundo ainda tava aprendendo como se usava a internet. Já peguei imagens que achava no Google e fazia papel de parede, topo pra blog (de uso próprio). Mas, a coisa muda de um esbarrão na rua para sequestro quando você usa uma imagem não autorizada para COMERCIALIZAR.

 

IMAGINA…

Pensa: imagina que você é um MÚSICO, ou apenas uma pessoa muito inspirada, e resolve escrever uma música supimpaça. Resolve postar na internet pra ganhar uns likes.

Aí vem um famoso “da moda” pega sua música, acha super legal, e resolve gravar: coloca no próximo álbum, faz turnê com essa música. O álbum bate record de vendas, a música vira top nas paradas. Que orgulho, não é mesmo?

Agora, imagina não receber NADA. NADICA por isso. Nem uma mençãozinha sequer. Nem uns trocos pra pagar a próxima fatura da sua internet de 4gb… continuar aí, contando as moedinhas pra pagar o delivery (minha vida). Você ainda acha uma boa e JUSTA ideia?

 

VIDA REAL: JÁ ACONTECEU COM ALGUÉM QUE VOCÊ CONHECE!

Lógico que, para nós, pobres mortais e produtores de conteúdo de pequeno alcance, pode ser difícil – mas não impossível – uma situação assim acontecer. Mas se tem uma coisa que é super comum é alguém que você não autorizou pegar uma imagem sua e resolver vender, sem nem te avisar ou perguntar se você acha uma boa ideia trocar  o cabelo da sua personagem de marrom para laranja-fluorescente. Simplesmente assim: decidiu, pegou, vendeu, lucrou… e deixou você chupando dedo. Parece justo?

Tem uma imagem aqui no blog que disponibilizei para download gratuito, mas tem Creative Commons e termos de uso explicando que NÃO deve ser usado para vendas. Vou citar alguns casos:

 

estrela-estrelinha-ROUBO-NAO-COMPRE

Loja Estrela Estrelinha Studio Criativo – VENDA NÃO AUTORIZADA NO Elo7, que alega que não pode me enviar os dados da vendedora para que eu entre em contato, mas manteve a venda no site por meses.

enjoei-roubo-nao-compre

Venda NÃO AUTORIZADA na plataforma ENJOEI que já foi notificada diversas vezes, colocaram marca d’agua na minha imagem mas nunca retiraram o produto do site

UPDATE: Depois de muita lenga lenga no Twitter, tiraram hoje.

 

NÃO É NÃO, EIS A QUESTÃO…

Então, eu não sei dizer de uma forma melhor e mais prática do que um milhão de posts mais explicados em termos jurídicos: NÃO USE IMAGENS QUE VOCÊ ENCONTRAR NO GOOGLE SEM AUTORIZAÇÃO. Não adianta se é só para vender um kit de convites pro aniversário de 2 anos da vizinha da sua tia. Não adianta se é só para colocar no stand do evento de animes da sua cidade. Alguém, em algum lugar, espera receber pela arte que produziu, e estudou muito pra isso.

 

1

 

 

Em outras palavras: se não foi você que CRIOU, não foi você que teve a IDEIA e você não entrou em contato com a pessoa para que ela seja PAGA por isso, a resposta sempre será: NÃO. Simplão.

TEM SOLUÇÃO?

Existem muitos sites que liberam imagens para uso comercial e um exemplo é o site Pexels, que contém imagens para uso livre. Na dúvida, procure por algum lugar no site informando algo do tipo:

” Free for personal and commercial use” (uso pessoal e comercial livre)”

E claro, a outra solução é procurar um profissional da área e explicar qual seu interesse. Seja sincero, não tenha vergonha de ter dúvidas ou estar com pouco dinheiro. Explique a situação, seja honesto e objetivo. Sempre haverá um profissional que se encaixará nos seus interesses.

Sei que esse assunto parece chato e  cansativo (eu sei, eu sei), e que parece egoísmo de quem fez a arte/música, mas lembre-se: o mundo dá voltas e um dia o prejudicado pode ser você. Fora que não custa nada valorizar o trabalho de quem, muitas vezes, ficou HORAS estudando para executar aquilo. Concordam?

(e também acho que ninguém tem interesse de ficar no mural da vergonha, nem ser processado, né não?)

 

Dicas de postagens mais completas sobre o assunto:

O que é Direito Autoral

O que são Direitos Autorais

Direitos Autorais – Noções Básicas

  • Anne

    Acho esse tipo de coisa o fim da picada! Muita gente que teve blog lá nos 2000 e poucos já pegou imagem alheia na internet pra fazer layout, mas a gente aprende e os tempos eram outros, né? E ainda assim isso é bem diferente de se apropriar de um desenho de outra pessoa e colocar pra VENDER como se fosse seu. Tipo as imagens da Katie Daisy, que já vi marcas famosinhas imprimindo e vendendo nos seus produtos e achando que tá tudo bem. Post de utilidade pública, muito bom! Beijo

  • Aline Xavier Robichaux

    Esse post é de utilidade pública Renata! Eu lembro de quando um fotografo iniciante roubou as fotos de um ensaio fotográfico que eu fiz com a Silvia Jardim, e divulgou na internet como se fossem dele. É uma situação muito chata pra todos os lados. Acho que as pessoas tem a impressão que internet é terra sem lei. É por isso que é tão difícil ser artista, músico, coreógrafo, ilustrador, designer, escritos, criador de qualquer conteúdo...

  • Lilian

    Foi tipo o que aconteceu com a Mel :/ Nunca aconteceu comigo, até porque estou na blogosfera há pouco tempo. Mas TODAS as fotos que uso no blog foram feitas por mim... É bem capaz de isso acontecer um dia. Acho que podia ter um projeto do Governo, como um site onde cada pessoa pudesse ter um banco de imagens registradas, mesmo que pagando um valor X mensal pra isso. Ficaria mais fácil de levar alguns casos mais graves à justiça, por exemplo. Você trabalha, faz o melhor que pode e alguém vem e... copia. :/ Um beijo, Rê :)

  • Beatriz Aguiar

    Isso é bem chato mesmo. Que bom que você resolveu! No meu blog sempre uso imagens livres de sites especialmente criados para esse fim e quando me inspiro, coloco fotos próprias. Dá um trabalho danado criar conteúdo, escrever e tirar fotos (no seu caso a tua ilustração, sem comentários) para um serumaninho ir lá e roubar descaradamente. Acho uma puta falta de respeito. Espero que a internet caminhe cada vez mais para onde as pessoas se respeitem e sejam menos gananciosas. Ótimo post. Nem sei o que faria se visse algo meu rolando por aí. Beijo!

  • Samara Even

    Oi, Vitrola! Que saudade do brogue <3 aiai Pois é, sobre o povo que pega imagens assim na cara lisa, acho isso uma puta falta de sacanagem. Me coloco no lugar e sofro, viu. Bjo

  • Maria Carolina

    Excelente post! Nunca aconteceu comigo, mas conheço muitos "colegas de profissão" (webdesigners) que tiveram seus trabalhos roubados. É horrível isso.Vou indicar seu post para meus leitores. www.mcarolina.com.br

  • Lucy Jones/Izabel Magalhaes

    Oi Excelente post, parabéns! Já aconteceu com a Lucy Jones, um site gringo entrava no nosso blog, copiava as fotos e vendia. Após contatos sem resultado e denuncias, resolvemos tirar o blog do ar. Alguém dirá, faz parte! Não faz parte não, é nosso trabalho. Quanto mais formadores de opinião como vc fizerem matérias assim, menos acontecerá. Obrigada Abraços da equipe Lucy Jones

  • Hemylle

    Besha, passada como o povo é sem noção. Passada, porém, não surpresa. Coisa mais uó! Força pra ter paciência com esse povo.

  • Luana

    Acho que toda semana vejo o caso de alguém com problemas com isso, que roubaram sua ilustração e a comercializaram de alguma forma. Acho que existe uma grande diferença entre ignorância/ingenuidade e mau-caratismo e é preciso fazer barulho, sim, pra tentar conter a galera do 2º grupo e ~educar~ os do 1º, como o post que você fez. Confesso que ainda hoje eu preciso tomar cuidado com as imagens que uso no meu blog, que apesar de pequeno ainda é um blog, por isso tô com projeto de rever todos os posts e trocar as imagens aleatórias da internet por imagens free. Pra você eu desejo boa sorte nessa luta e se precisar de ajuda pra fazer barulho estamos aí pra isso ;)

  • Lidiane

    Confesso que estou bem cansada, Rê. Todo dia vejo um caso de plágio/roubo acontecendo, a "última moda" agora é pegar ilustração pra fazer capinha de celular SEM autorização do ilustrador. Tem muita loja pelo Instagram, principalmente, quando a gente printa e comenta, rapidinho eles tiram o perfil do ar e nos bloqueiam. E tem muito pseudo-artista cara de pau que também faz isso: plagia o trabalho dos outros (já vi até formato de vídeo ser plagiado) e faz a egípcia quando o dono aparece. Recentemente troquei o layout do meu blog, baixei um tema free do Themexpose, tive o cuidado de editar todo para pt-br, e vi muitas meninas que estão começando a ilustrar pegarem o mesmo tema. Sei que ele é free, mas daí a usar a mesma estrutura da sidebar, do menu e até mesmo as legendas de foto e fonte para o cabeçalho... me bateu um desgosto danado, tanto é que postei pouquíssimo este mês. Acho que muito disso que acontece vem dessa cultura do like e da fama virtual a qualquer custo. As pessoas querem curtidas, querem visibilidade, querem dinheiro, e pulam etapas, seja de aprendizado (no caso de quem plagia ilustração), seja de como montar um negócio (para quem abre essas lojas com produtos falsificados). Por isso é importante que você e todas as pessoas que são lesadas por essas atitudes abram um canal de discussão, para tentar mudar essa cultura tão nociva, que tem feito tanto mal para os produtores de conteúdo e artistas, principalmente. Beijão :*

    • mulhervitrola

      Exatamente, Lidiane! Eu acho que a gente tem que começar a bater nesta tecla com mais ênfase. Acho que já fomos bonzinhos demais, sutis demais, e sem choque, as pessoas não estão aprendendo. É grave, é roubo e acho que nós, artistas, precisamos falar mais sobre isso. Pro bem da nossa profissão. Fico feliz que tenha gostado, adoro seu trabalho e sinta-se convidada a também espalhar esse desabafo com suas palavras :) bjs, Re

  • Adriana Motta

    Concordo em numero, genero e grau! ainda mais pq estou pensando em criar meus proprios desenhos para vender! Mas di, reflentindo, me fez pensar: e qdo usamos imagens registradas.. como da disney? A Frozen por exemplo? Não pagamos por elas.. Isso tbm está correto? O correto entao seria nao fazermos mais nada com temas de produtoras.. mas e dai? como fica.. as mães querem.. O q acham dessa questão?

    • Thaís Lôbo

      Oi Adriana! Os produtos da Disney são todos registrados e você não pode usar se não tiver licença para isso. Aqui no Brasil, a única que conheço que tem essa licença oficial para convites e lembrancinhas é a Adriana Faralli. Eu trabalho com criação de ilustrações e produtos para festa e quando é pedido temas da Disney, nós criamos uma ilustração no nosso estilo e inspirado no filme, nunca copiando imagens já existente e sim fazendo uma releitura e criando novas imagens autorais para aquele tema, entende? É uma criação exclusiva para a festa do filhos e a maioria das mães adoram a ideia de ter algo único e diferenciado. Mas se ainda sim alguma mãe/cliente fizer questão do desenho oficial da Disney nós não atendemos, principalmente porque não possuímos os direitos sobre aquelas imagens e também porque não é o foco da minha empresa. Espero ter ajudado! Beijo, Thaís

  • Thaís Lôbo

    Adorei que transformou o assunto num post!!! Bora educar esse povo que diz que não sabe de nada inocente, que se acha esperto se aproveitando da arte alheia, que se acha profissional e quer ganhar dinheiro fácil usufruindo do trabalho dos outros e os que realmente não sabem de nada (e que precisam urgente estudar, pesquisar, profissionalizar para entrar de verdade num mercado justo e ético!).

    • mulhervitrola

      Pois é Thaís, assim seria moleza, né? A gente pega umas imagens, imprime, vende... acho que falta muito disso que você mencionou (além de bom senso e respeito), pesquisar antes, estudar... se profissionalizar de verdade. Um beijo, adoro seu trabalho!

  • Jake

    O povo acha que tudo que rola na internet não tem dono. Detesto ver fotos minhas em perfis alheios divulgando produtos e blábláblá sem nenhuma menção ao meu perfil ou blog. Dá um trabalho lascado fazer fotos, swatches e posts e vem a cidadã querer ganhar likes com fotos nossas... Fora um povo folgado que ainda te xinga e bloqueia pra evitar que você reclame. E a gente só não pode ir deixando né? Super apoiada ir atrás do que você tem direito... reclamar, denunciar e exigir que tirem as imagens de onde quer que esteja! ;)

  • Simone

    Oi Renata, Da para ver que é difícil mesmo...mas olha só, eu contratei uma freelance para serviços administrativos. Depois de 24meses recebo uma carta dizendo que eu estava usando uma imagem e eu não tinha os direitos autorais. Quando eu fui ver tinha sido um blog post com uma foto que essa freelance colocou lá (e eu crente que a imagem era free domain!) Fiquei furiosa! E tive que pagar mais de 500 dólares por algo que eu não coloquei lá, mas como o site é meu, a responsabilidade também é minha (paguei e aprendi). Outra vez pedi para o meu graphic designer para fazer uma capa de ebook, ele não disse q eu teria que dar as imagens para ele. Ele vou lá e fez a capa. E eu perguntei...de onde você tirou essa imagem? Ele respondeu..."eu peguei na internet"...eu quase tive um piripaque! Eu fiz o procurei pela imagem, paguei e mandei para ele refazer. Você fez um ótimo trabalho aqui educando as pessoas. Simone

    • mulhervitrola

      Oi Simone! Então, quando você compra a imagem de um ilustrador, de fato: você não tem direitos autorais sobre a imagem a não ser que tenha havido um contrato de cessão de direitos (geralmente, não muito comum, já que configura em transferência completa dos direitos da obra). Sem contrato de cessão de direitos, o artista pode usar a obra como quiser, mesmo tendo sido vendida para alguém, pois é de propriedade dele e a gente só compra os direitos de uso especificados no contrato. Por isso em meus trabalhos sempre deixo tudo explicadinho no contrato, assim evita esse tipo de situação. Mas o que não pode acontecer é isso que você disse, a pessoa se nomear artista mas pegar a imagem da internet. Não faz nenhum sentido MESMO! Um beijo!

  • Alef Bass

    Se a pessoa pega a imagem e vende como se fosse dela não existe boa intenção nisso. Trazendo pra vida offline é o mesmo que pegar um objeto qualquer de alguém e revender, ou seja, é crime caracterizado por roubo.

    • mulhervitrola

      Sim, eu sei que muita gente desconhece disso, mas o que parece é que se tornou tão "comum" que as pessoas nem utilizam mais do bom senso sobre o assunto. Apenas pegam e fim.

  • Karin Paredes

    Vi sua saga com esse post no Facebook e olha tá difícil. Em pleno 2016 e a galera ainda acha que o mundo (não só a internet) é terra de ninguém! Semana passada acompanhei também o caso da Melina de Souza do Serendipity que queria os créditos nas imagens (que é o direito dela) e a galera ainda criou caso. Força aí na luta e estamos aqui para ajudar no que for preciso! Mil beijos

    • mulhervitrola

      Eu acompanhei também, e pior, demoram eras para reponder, e quando respondem, ainda parece que você é uma vilã, sabe? Poxa, é nosso trabalho, nossa ideia... é cansativo.

  • Jacqueline Sohari

    Poxa que situação chata hein? =/

    • mulhervitrola

      Chatíssima e cansativa!

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *