Papo de Vitrola

Por um mundo menos fluorescente

Outro dia entrei numa loja em busca de um tão sonhado salto. Escolhi um modelo todo preto, clássico. A atendente me veio com 3 modelos: um preto com salto fluorescente rosa, um todo fluorescente amarelo e um outro laranja… fluorescente. Eu saí da loja atordoada com aquela enxurrada pokemón, e percebi que o mundo estava infectado de coisas inúteis fluorescentes. Por exemplo… pra que serve uma blusa fluorescente? Já não bastam os faróis acesos? Acho que a cor poderia ser muito melhor utilizada em outras coisas, como por exemplo:

 

Gatos Fluorescentes:
Eu vivo perdendo minhas gatas pela casa, principalmente à noite. A Mimi, que é preta-e-branca, camufla em meio às almofadas, e a Mary, que é cinza rajada, camufla em qualquer lugar. Se elas fossem fluorescentes, eu as acharia facilmente pela casa… era só apagar as luzes, e, vòila!
ps: E a façanha existe. Dá uma olhada aqui.

 

                     fluor

 

Preservativos Fluorescentes
Isso já existe, eu acho a idéia genial. Afinal, de médico e Jedi, todo mundo tem um pouco.

                                           fluor2

 

Lixeiras Fluorescentes
Eu só queria ver qual seria a desculpa do povo que joga lixo no chão “porque não sabia onde estava a lixeira”. É flúor, meu caro! Até as minhocas enxergam a cor flúor. Mané!

 

Controles Remoto/Celular/Chave Fluorescentes
Os campeões do “cadê-estava-aqui-agorinha” facilitariam muito se fossem produzidos num fluorescente super ultra cegativo. Fluorescência que desse pra enxergar de longe (tipo do seu lado) e através de objetos (tipo a almofada do sofá).

 

Conhecido mala Fluorescente
Brincadeira, gente. Mas seria legal, né? Pelo menos dava tempo de avistar de longe e correr…

 

E então, o que você queria que fosse fluorescente?

11 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *