Sessão Drive-in

O que algumas pessoas não devem saber é que sou uma fanática por filmes. Do tipo que fica triste se não assiste ao menos um por dia, e que não sai do pé do Filmow (vide lista nos 1056 filmes). Pensando nisso, vou listar alguns vez ou outra, os que eu gostar, prometo não recomendar coisa ruim. Se bem que gosto é igual… enfim, vamos lá. Separem a pipoca (eu prefiro Doritos), e boa sessão!
 
 
Albergue Espanhol (L'Aubergue Spagnole, 2002 – França/Alemanha)
 
Xavier (Romain Duris) tem 25 anos e está terminando o curso de Economia. Um amigo de seu pai lhe oferece um emprego no Ministério da Fazenda, mas para assumir o posto o rapaz precisa saber a língua espanhola. Ele decide acabar seus estudos em Barcelona, para aprender a língua. Para isso vai ter que deixar Martine (Audrey Tatou), sua namorada há quatro anos. Ao chegar em Barcelona Xavier procura um apartamento no centro da cidade e acha um em que deve morar com sete estudantes, todos estrangeiros. Com eles Xavier vai descobrir a autonomia e a sexualidade e iniciar a vida adulta.
 
Opinião: Filme gostoso de assistir, seja pela diversidade étnica dos personagens, ou pela história, que apesar da proposta jovem, tem mensagens legais. Pra quem tem ou teve algum tipo de aventura do tipo mudar-se para um local diferente, ou passou por república, vai gostar mais ainda. Sem contar as partes bonitinhas e engraçadas que o filme tem.
 

Bonecas Russas (Les Poupées Russes, 2005 – França/Inglaterra)
 
Agora com trinta e poucos anos, Xavier (Romain Duris) trabalha como escritor de telenovelas e jornalista free-lancer, mas sonha poder ser livre para escrever suas próprias histórias. Ele continua em contato com sua ex-namorada Martine (Audrey Tautou), agora mãe solteira. Dividido entre Wendy (Kelly Reilly), a amiga britânica, e uma modelo, Xavier conta com a ajuda de Isabelle (Cécile de France), sua amiga lésbica, para encontrar o verdadeiro amor.
 
Opinião: A sequência de "Albergue Espanhol" não deixa a desejar. Os personagens enfrentam outros dilemas, mas o encanto do enredo é o mesmo. O mais bacana é a forma como é abordada os romances, e não conseguem ser muito piegas. Para as mulheres, determinada cena vai dar muita raiva da ala masculina. Só não conto mais senão vira spoiler, rs.
 

Os Edukadores (Die Fetten Jahre Sind Vorbei, 2004 – Alemanha)
 

Jan (Daniel Brühl) e Peter (Stipe Erceg) são dois jovens que acreditam que podem mudar o mundo. Eles se auto-denominam "Os Educadores", rebeldes contemporâneos que expressam sua indignação de forma pacífica: eles invadem mansões, trocam móveis e objetos de lugar e espalham mensagens de protesto. Tudo ia "bem" até Jule (Julia Jentsch), namorada de Peter, descobrir sobre os Edukadores  e convencer Jan a invadir a casa de  Hardenberg (Burghart Klaubner), um empresário que a processou por um acidente de carro. Porém o que eles não esperavam era que o empresário os surpreendesse dentro da casa, o que os força a sequestrá-lo.

Opinião: O filme é muito tenso pelas cenas, e levam à uma reflexão única sobre ideologia. Um dos melhores do gênero "revolucionário" que já assisti. 
 

Adeus, Lenin (Good Bye, Lenin!, 2003 – Alemanha)


Em 1989, pouco antes da queda do muro de Berlim, a Sra. Kerner (Katrin Sab) passa mal, entra em coma e fica desacordada durante os dias que marcaram o triunfo do regime capitalista. Quando ela desperta, em meados de 1990, sua cidade, Berlim Oriental, está sensivelmente modificada. Seu filho Alexander (Daniel Brühl), temendo que a excitação causada pelas drásticas mudanças possa lhe prejudicar a saúde, decide esconder-lhe os acontecimentos. Enquanto a Sra. Kerner permanece acamada, Alex não tem muitos problemas, mas quando ela deseja assistir à televisão ele precisa contar com a ajuda de um amigo diretor de vídeos.

Opinião: Adeus, Lenin me surpreendeu por tratar de uma questão política de uma maneira tão irreverente. Inteligente, gostoso de ver e ainda tem Daniel Brühl num  ótimo papel de um filho que faz coisas muito fofas (e loucas) pela mãe.
 

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *