Quem é Vitrola?

DSC_0076

 

Meu nome é Renata, tenho 30 anos, casada com Erik (TI) à quase 5 anos,mãe do Pedro, de 9 anos e do Joaquim, uma criança muito especial que encerrou sua linda trajetória no mundo em janeiro de 2012.

 

Moro atualmente em Ubatuba/SP, uma cidade linda e tranquila no litoral norte de São Paulo, mas nasci em Duque de Caxias/RJ e morei lá até meus 24 anos de idade. Sou mais carioca que paulista, certo?

 

Aqui é meu espaço, eu falo o que quero e ganho horrores por isso (mentira). Mas eu falo o que quero… pelo menos isso, né?

 

Há mais ou menos 4 anos, trabalho como ilustradora freelancer.

 

Sou gateira assumidíssima, tenho 5 gatinhas: Mary, Mimi, Molly, Paçoca e Izzy.

 

Além de gatices, sou apaixonada por tudo que envolva arte, principalmente cinema. Adoro filmes clássicos, estrangeiros e independentes.

 

Sou louca por comida, sou boa de garfo mesmo. Mas minha comida favorita, depois do clássico arroz e feijão, é a comida japonesa… amo! Já com bebidas, prefiro chás ou sucos. Adoro cervejas especiais também e drinks com frutas! Mas sem exageros…

 

Quando criança, já até pensei em ser atriz, e ainda sonho em aparecer na TV, ter um programa ou participar de um filme. Quem sabe, né?

 

Curiosidades:

Eu já ganhei dois concursos de desenho quando era criança: um no jornal da cidade e outro na escola

Eu tenho 3 tatuagens e 2 piercings

Eu já participei de um realitty show na TV sobre cabelos

Eu já pintei o cabelo de roxo, azul, vermelho cereja… e atualmente, ruivo e verde xD

Eu já fui num show do Dominó e da Vovó Mafalda

 

Meus hobbies são: cozinhar, ver filmes, costurar e brincar com as gatinhas.

Minhas cores favoritas são: azul, verde, rosa e vermelho.

Meus atores favoritos são: Penélope Cruz, Javier Barden, Maria Flor e Christoph Waltz.

Minhas bandas/cantores favoritos são: The Bird and the Bee, Pink Floyd, Kate Nash, Kimbra e Smashing Pumpkins.

Meus filmes favoritos são: O mágico de Oz, Pulp Fiction, Garota Interrompida, Brilho Eterno e qualquer um do Truffaut ou do Ingmar Bergman.

 

Bem, sou figurinha fácil na internet, e se você completar o desenho ganha um prêmio fajuto, falou? Quem sabe um pega varetas… bem, enquanto isso você pode ir me adicionando no Twitter, no Facebook, no Orkut, no Flickr, no Last.fm, no Youtube e no Tumblr… tá bom né?

Como tudo começou?

Meu primeiro blog foi criado quando fiquei grávida do Pedro, em 2005. Criei o blog para desabafos maternos acerca da gravidez, que  era uma experiência nova para mim. O blog se chamava “Momô de Nenem” e foi criado no Terra. Mais adiante eu criei o Smack, que foi quando comecei a me aventurar no Photoshop (na época, era a versão 7 do Photoshop, rs). O blog foi criado no WordPress e era hospedado no Freehostia. Depois ganhei uma hospedagem da Flá, do blog Causas e Efeitos (que não sei por onde anda a Flá… perdi contato). O Smack era assim:

 

header-3

 

Em 2007 eu criei o Mulher Vitrola, inicialmente no Blogspot e depois mulhervitrola.com, para WordPress, e ele nasceu assim:

 

theme-1

E teve várias versões:

 

coisa_lay_08-1

 

mulher (1)

 

mulhervitroa-abril2008

 

E a Vitrolinha também já teve muitas versões:

 

retrospectiva-vitrolinha

 

Blog da Barth Shoes

Entrevista para Cinthia no blog Guarda Chuva Cultural

Mulher Vitrola no blog Beautiful Girls
 

 

 

 

 

 

 

 

2 comments Add yours
  1. Ual! Que história maravilhosa você tem com o blog, eu comecei em meados de 2013 minha vide de blogger e estava me achando o tal. Eu te conheci através de um projeto maravilhoso que você fez, #VoltaMundoBlogueiro, já neste ano, para ser mais preciso, semana passada rsrs. E que projeto foi aquele, hein?! Que inspirou e continua inspirado milhares de bogueiros, até mesmo depois de ~morto~. Você é assim maravilhosa, e acima de tudo, uma mãe órfã, não tem uma guerreira maior que essa, a ordem natural da vida é o filho enterrar a mãe, é muito triste. Por de trás todo esse seu sorriso, e blog, há uma grande mulher, com uma história linda -, Por mais que você não tenha contado detalhes, imagino que a senhorita já passou por grandes perrengues na sua tragetoria. E mona, a senhora não parece ter 30 ANOS, meisxxxxxmo (leia este “meisxxxxxxxxmo” com o sotaque de carioca, adoro). A senhorita parece ter uns 24, no máximo 25. Adorei toda a sua história, para ser sincero, neste mundo de blog, atualmente as pessoas preferem mais o blog que fale sobre moda, maquiagem, e etc e tals. Perderam o interesse por crônicas, histórias do dia a dia, e no geral, o blog pessoal mesmo. É difícil escrever um post, e não ter UM comentário sequer. Mas mesmo assim, continuamos por amor. Talvez se vc tivesse desistido lá no começo, em 2005, a onde nem se imaginava a onde o blog chego, n teríamos a “Mulher Vitrola”, de hoje. Parabéns por tudo! Que venham mais conquistas e sonhos para se sonharam. E ah, eu também morro de vontade de aparecer na tv, e ser ator, já faço teatro.. Quem sabe eu chego na Globo e falo assim; Genteee, vocês precisam conhecer a minha melhor amiga, de todas, a mulher vitrola.. KKKKKKKKK Seria um sonho meu?! Bjooos!

    1. hahahahahahha ai Gabriel!

      Obrigada pelas palavras, fico feliz que o VMB tenha te inspirado!
      E, na verdade agora eu tenho 31 (quase 32), é que a bio tá um pouco desatualizada, hehe.
      Eu concordo com você, mas eu amo tanto escrever que nem ligo, sabe? Quando não escrevo aqui, escrevo no Medium. Uma vez eu li mais ou menos assim: “se UMA pessoa te acompanha, e você sabe disso, já é uma coisa. Você pode estar fazendo a diferença e nem sabe, então, continue!”. Faz sentido, né?

      Um beijo,
      Re

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *