Os fios brancos

Diante de um olhar fixo, sai sempre a mesma pergunta: “são seus?”. Entendo a mensagem sem pedir mais detalhes e balanço a cabeça com cerca de 3cm de fios prateados dizendo que sim. Alguns apresentam um olhar de espanto, outros desacreditados, outros de identificação: “eu também tenho!”

Hoje eu ouvi que pessoas maneiras tem fios brancos cedo. Sempre existe uma história para ouvir quando saímos um pouco do habitual (no caso, tingir ao mínimo aparecimento de fios brancos). A quantidade de vezes que já fui parada na rua (por mulheres) eu já perdi a conta. Sempre acaba a conversa em sorrisos e um apoio seguido de empolgação: “acho que vou aderir também! também estou cansada! você ficou tão bem!”. Me sinto uma conversora de madeixas. 

Sobre os meus, poderia dizer que é ousadia, ou vontade de experimentar um visual diferente como inúmeras vezes já o fiz, mas é apenas… cansaço. Pinto minhas madeixas que em maior parte, foram longas, desde os 16 anos de idade. Fazendo uma minuciosa conta nos dedos, o tempo dedicado ultrapassa – e muito – as medidas capilares: lá se vão 17 anos de muito misturê químico. Consegue imaginar? Todo santo e laico mês?

Um dia, bem receosa, resolvi parar. Eu sei. Fios brancos, em mulheres, passam a impressão de “desleixo”. Há quem diga que não é para qualquer um, e tenho que concordar se for no aspecto palpiteiro. As pessoas comentam, algumas julgam com o olhar. Às vezes dá uma bad, passageira. Num desses contatos pela rua, uma moça me disse que tinha medo de não conseguir emprego por passar uma imagem desleixada, e que o filho adolescente disse achar feio. Algumas vezes as pessoas não tem filtro. Complicado.

O fio branco não é um fio “mais grosso” (pelo menos não os da minha cabeça). Não coça. Não é quebradiço. É um fio… normal. Ele tem crescido bem mais saudável, inclusive, e meus cachinhos andam agradecendo as férias químicas.

E os cuidados com fios brancos?

Não passo nada de especial, lavo, condiciono, ando devendo inúmeras hidratações/umectações/nutrições e uso leav in para cabelos cacheados. Dos baratos. Só. O resto deixo a herança capilar agir, crescendo e se exibindo ora sutil, ora amostrado. No vento é uma espécie de dança surpresa, o cabelo secreto. “Oh, vocês tem vários fios brancos!”. É.

A mudança sempre está disposta a qualquer chamado e eu sempre disposta a  mudar, se assim bater vontade, vocês sabem. Mas tenho que admitir que é uma delícia viver com uma preocupação de raiz (literalmente) a menos. 

Resenha: Keraton Hard Insane Pink

Eu sempre acabo testando novos tonalizantes coloridos pois aqui na cidade é uma lástima para encontrar sempre do mesmo, e nem sempre compensa pra mim comprar uma só pela internet.

A belezinha testada dessa vez foi a Keraton Hard Insane Pink, e confesso que não esperava muito dela. Primeiro, por ela ser de aplicação TOTALMENTE diferente das que eu estou acostumada: você lava o cabelo, seca, passa um pouco do tonalizante, seca de novo e passa mais uma vez… sério, tá assim na embalagem:

SAMSUNG CAMERA PICTURES

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Bem, eu fiz da forma como consta na embalagem pois não estava a fim de desperdiçar produto, e me surpreendi. Ficou uma cor muito legal!

 

Eu misturei todo o conteúdo da embalagem com umas 3 colheres de creme de hidratação branco, e fui aplicando. Ela é BEM pigmentada e meio transparente. Na embalagem diz que tem queratina e tals, e talvez seja por isso que depois eu achei que meu cabelo ficou bem duro depois, sabe? Não desidratado, mas tipo quando a  gente pesa a mão na queratina mesmo. Não sei, posso estar enganada… mas nada que me desesperasse também, rs.

SAMSUNG CAMERA PICTURES

 

Tirei foto da cor que estava antes, mas só lembrei quando já tinha secado com secador, então não reparem na palhinha que tava, haha!

SAMSUNG CAMERA PICTURES

 

E então, eis o resultado:

SAMSUNG CAMERA PICTURES

SAMSUNG CAMERA PICTURES

 

Ficou um rosa mais pro magenta, do jeitinho que eu gosto <3

Gostaram? Já experimentaram essa marca?

As definições de mudanças foram atualizadas!

Minha mãe sempre me dizia "nunca diga nunca" e, apesar de achar mais um daqueles conselhos para levar pra vida, eu confesso que deixava ele um pouco "de lado" em alguns momentos.

 

Eu percebo que temos uma séria tendência a medo das mudanças. Eu tenho aos montes! Mas mais que medo de mudanças, temos medo de nos sentirmos bem mudando. Há uma certa culpa que ronda quem não se estabiliza num "finalmente", quem não define um para sempre. E há quem sempre nos lembre: "oras, mudando de novo???"

 

Eu já deveria saber que na vida de uma pessoa que ama mudanças capilares, "nunca" não é o tipo de palavra que deve ser mencionada. Quando saí do ruivo cereja, eu posso não ter dito, mas pensei: ruiva, nunca mais. E esse "nunca" durou apenas um ano…

 

O que dizer então do persistente azul (que virou um verde totalmente não-intencional)? Esse sim: disse para minhas amigas que tinta fantasia nunca mais. Mas depois de ter acostumado com ele aqui, olhando para mim e eu olhando para ele… decidi que tinha chegado a hora dele fazer parte de toda essa brincadeira pra valer. E quer saber? Já me imagino saindo do ruivo, de cabelo todo rosa, ou todo azul… rolou um desprendimento, sabe? Ponto pro cabelinho verde!

 

Independente do que digam, e até mesmo do que você pensa, mudanças nem sempre serão planejadas. Ela é mais um passo que você dá rumo a uma vontade que pode nunca ter dados as caras oficialmente, e quando você se der conta, opa, tá na hora de decidir! O importante de tudo é você se sentir como se estivesse cercada de almofadinhas para todos os lados assistindo mais um episodio da sua série favorita: bem confortável. E se bater vontade de mudar a programação, independente do que vão te dizer… pegue suas almofadas e vá em frente!

 

De volta ao ruivo e update no verdinho, e ah, meu óculos novo! ♥ (sim, tô mei descabelada e ainda tava com cara de sono matinal xD)

 

O que eu usei:

 

(pra tonalizar o ruivo)

60ml de água oxigenada

Mix 0/43 color perfect

Creme branco

 

(pra tonalizar o verde)

Ice blue da Alfaparf (tonalizante que dura horrores no cabelo, haha! – use com moderação!)

Um pouquinho de mix 0/43 (pra ficar verde)

Creme branco

 

Misturei as receitinhas (separadamente, óbvio) e passei no cabelo lavado apenas com shampoo. Deixei cerca de 30 minutos, enxáguei e passei condicionador como de costume.