• Na Cozinha

    Receita: Como fazer onigiri (oniguiri)

    Onigiri – ou niguiri, ou omusubi – nada mais é que um fofo e delicioso bolinho feito com gohan (arroz) e recheio.

    Sempre quis comer, mas por algum motivo, apesar de já ter arriscado outros itens da culinária oriental aqui em casa, ainda não havia feito.

    Num dia de pouca grana e muita vontade de comer comida japa, rolou. O mais difícil e mais caro sempre é o salmão, e isso o onigiri dispensa. Você pode variar com ingredientes mais simples e fica igualmente delicioso. Partiu fazer onigiris, então!

     

    Onigiri da Vitrola

    Rende em média 16 onigiris se feitos na forminha

     

    Ingredientes

    3 Xícaras de arroz japonês

    (NÃO pode ser o arroz normal. Lembrando que o arroz japonês não é um arroz normal “papa”, é um tipo específico de arroz próprio para culinária oriental)

    Alga (nori)

    Vinagre (tempero) para arroz japonês

    Furikake de sabor de sua preferência

    Atum (ou recheio de sua preferência)

    Cream cheese ou maionese

    Forminhas para onigiri

    SAMSUNG CAMERA PICTURES
    Tempero para sushi

     

    SAMSUNG CAMERA PICTURES
    Furikaki

     

    Modo de Fazer

    Comece lavando BEM o arroz que será utilizado, até perceber que sai água limpinha.

    Acrescente 3 xícaras de água e deixe o arroz de molho de 10 a 15 minutos.

    SAMSUNG CAMERA PICTURES

    Inicie o cozimento sempre checando, até secar toda a água. Eu faço na panela de arroz, acho mais prático e menos risco de queimar, mas pode fazer tranquilamente na panela normal.

    Corte a alga em tiras. A alga vem com marcações, só cortar com a tesoura seguindo a linha e depois, no meio. É o tamanho ideal para  a”fraldinha” do onigiri, rs

    SAMSUNG CAMERA PICTURES

    Coloque na forminha a seguinte ordem: arroz, recheio, arroz de novo. Feche para pressionar e dar forma ao seu onigiri.

    SAMSUNG CAMERA PICTURES

    Coloque a tirinha de alga no seu onigiri. O lado correto da alga é: lado mais crespo para dentro e lado mais liso, para fora. E pronto! Só comer 🙂

    SAMSUNG CAMERA PICTURES

    Dicas

    – Eu gosto de comer com shoyu + wassabi, mas é opcional 🙂

    – Você não precisa esperar o arroz esfriar completamente, mas a alga fica mais bonita quando aplicada nos onigiris um pouco mais frios.

    – Você também pode fazer seu onigiri sem recheio, fica bem delicioso também!

    – Tem gente que faz o onigiri e congela (sem a alga). Descongela e esquenta um pouco no microondas tampadinho pra não ressecar, depois acrescenta a alga. Não tentei, mas dizem que dá super certo. Vou tentar e atualizo o post.

    – Se for guardar na geladeira pra comer mais tarde: pote beeeem fechadinho, tá? Senão a arroz resseca.

     

    Onde comprar ingredientes para comida japonesa

    Lista Colaborativa. Agradecimentos: Paolla Limy, Mari Vasconcelos, Luciane Albuquerque,  Andreia Lica, Taila Luciano, Magda Velloso, Patricia Carvalho, PolySu, Flaviany Fagundes, Má Matiazi, Mara Carolyne, Raquel Gomes, Flacia Rizzo, Luana Abreu, Marcos Fernando, Reghiane Barbosa, Renata Fukuda, Ana Rodrigues, Juliana Matos, Chell, Gisele Christensen, Paula Belotti, Andressa Jordano, Fernanda, Isabela Reyero, Lud Almeida, Verônica Coelho, Alessandra Marsolla,  Marisilda Neto, Bianca Guimarães, Nathália Fernandes, Camila MP, Mari Priário, Aline Pereira, Denny Baptista, Bebel Rodrigues, Carola Rodrigues, Tatiana Michels, Gleicy Mota

    Em Ubatuba:

    Supermercado Máximo (Av. Tomaz Galhardo) – Forminha para nigiri e vinagre para arroz japonês

    Supermercados Paulista (R. Dona Maria Alves) – arroz japonês (mais em conta que no Izu):

    Izu (R. Hans Staden) – Alga, furikaki, wassabi em pó, arroz japonês, vinagre para arroz

    Varejão Santa Rita (R. Paranaense, 311 – Estufa I) algumas opções de produtos

    Top Stop  (R. Capitão Felipe, 488) – wassabi em pasta, às vezes alga (nori).

    Semar – algumas opções de produtos, mas geralmente não tem alga.

    Fuji Frutas Quitanda  (R. Hans Staden – ao lado da Papelaria do Estudante) – algumas opções de produtos

     

    Em São Paulo e região

    Chama Supermercados (várias regiões)

    Caraguatatuba

    Kurosawa – Feira Limpa

    Supermercados Shibata

    Liberdade

    Marukai – lá já encontrei praticamente de tudo pra comida japa! – R. Galvão Bueno, 34

    Campinas

    Dalben Supermercados – Av. Albino J. B. de Oliveira

    Atibaia

    Supermercados Boulevard

    Tatuapé

    Yamauschi Supermercados

    São Bernardo

    Mercado do Rudge

    Japan House

    Santo André

    Tiomi

    São José dos Campos

    Nagumo

    Wallmart

    Pão de Açúcar

    Butantã

    Loja Ohashi

    Parque do Carmo

    D’Carmo

    Saúde

    Daiso – utensílios japa

    Interlagos

    Riccoy (Shopping SP Market)

    Guarulhos

    Mori Supermercados

    Mogi das Cruzes

    Shibata

    Sorocaba

    Assahi

    Piracicaba

    Taiyo

     

    Porto Seguro – BA

    Supermercados Cambuí

    Restaurante e Conveniência A Japonesa

     

    Aracaju -SE

     

    Pandoro

    Pão de Açúcar

    Central de Pescados

     

    Rio de Janeiro

    Casa ViTana

    Mundo Verde

    Kokeshi

     

    Curitiba 

    Rede Angeloni

    Mercado Municipal

     

    Florianópolis

    Japan Foods – Av. Pequeno Príncipe, 942

    Rede Hiperbom

    Angeloni

     

    Joinville

    Angeloni

    Condor

     

    Manaus

    Empório Roma

     

    Em Vitória – ES 

    Carone Supermercados

    Perim (Vila Velha)

     

    Belo Horizonte 

    Supermercados Verde Mar

    Mercearia Tokyo

    Super Nosso

     

    Juiz de Fora – MG

    Armazém do Porto

     

    Goiânia

    Empório 67

     

    Fortaleza – CE

    Mercado Japonês

     

     

  • Vitrola Indica

    Passeio rapidex pela Liberdade

    Na quarta, aproveitei quando retornava para casa e dei uma passadinha super rápida pela Liberdade junto com a Adriana. Eu sempre quis conhecer a Liberdade, já tinha lido inúmeros posts de blogueiras sobre lá e não resisti a matar a curiosidade. Apesar de ter ido rápido e com pouca grana, curti bastante! Já estou fazendo planos de voltar em breve lá e comprar mais coisinhas que vi *-*

     

     

    liberdade-vitrola-comprinhas5

    Pra começar, almocei um dos melhores yakissobas que já comi no Rong He (Rua da Glória, 622)! Muito gostoso mesmo. Escolhemos o de frutos do mar. Tinha almôndegas de peixe, camarão, anéis de lula… fora a porção super generosa e com preço bacana, daria para 3 pessoas tranquilamente! Comemos até não aguentar mais, e ainda sobrou.

     

    liberdade-vitrola-comprinhas4

    liberdade-vitrola-comprinhas2

    Pirei na Azuki-ya (Rua Galvão Bueno, 16). Que loja linda! Um paraíso de utensílios de cozinha, temperos, bebidinhas. Fiquei querendo todas essas latinhas retrôs, cada uma mais apaixonante que outra. E já tô maquinando como vou fazer pra trazer umas cervejinhas da próxima vez, heh.

     

    liberdade-vitrola-comprinhas3

    Eu avistei a City Rock (Rua da Glória, 593) de longe e fiquei apaixonada. Um infinidade de mochilas e acessórios… de caveira! Meu lado gótico suave gritava a cada acessório de caveirinha que eu avistava. Também tem broches e gargantilhas lindas. Mas não entendi o esquema da loja: nada tinha preço e o site só vende atacado. Estava muito cansada no dia e acabei nem perguntando também, rs. Fica pra próxima.

     

     

    liberdade-vitrola-comprinhas7

    liberdade-vitrola-comprinhas8

    Como não podia deixar de ser, comprei algumas bobeirinhas que meu bolso permitiu. Mas a melhor escolha foi esse biscoito de chocolate e amêndoas. Já quero fazer estoque. Que biscoito maravilhoso! ♥ Tô apaixonada!

    Como disse no começo do post, não avisei ninguém sobre a minha ida pois foi super rápido, e eu estava MUITO cansada, no maior estilo gato anêmico. Fora que minha mochila devia estar pesando uns 10kg FÁCIL naquele dia, rs.

     

    E você, já foi na Liberdade? Tem indicações de lugares legais para ir? Me indiquem lugares legais (principalmente de lugares para comer! rs)

     

    ps: E sim, eu fui na famosa Ikesaki. Preciso voltar lá, mas com dilminhas… senão é tortura xD