Tag: negócios

Pare AGORA MESMO de roubar imagens

Internet, sem dúvida nenhuma, é um longo universo a ser explorado, mas ao contrário do que muitos pensam, tá longe de ser “terra de ninguém”

Já foi o tempo (e foi tarde!) que se postava qualquer tipo de conteúdo ofensivo/preconceituoso/ilegal e ficava por isso mesmo. Mas, na minha opinião: ainda temos um LONGO caminho a respeito disso, e tem muita gente aí passando impune…

 

A começar, por direitos autorais na internet. Êlaiá.

Ainda hoje, em pleno 2016, ouço gente falar “ACHEI essa imagem na internet e COLOQUEI PRA VENDER NA MINHA LOJA”  (juro)

Então, vamos lá. Todo mundo erra, e isso é um erro bem comum (mas não deveria). Já errei, mas era 2005 e todo mundo ainda tava aprendendo como se usava a internet. Já peguei imagens que achava no Google e fazia papel de parede, topo pra blog (de uso próprio). Mas, a coisa muda de um esbarrão na rua para sequestro quando você usa uma imagem não autorizada para COMERCIALIZAR.

 

IMAGINA…

Pensa: imagina que você é um MÚSICO, ou apenas uma pessoa muito inspirada, e resolve escrever uma música supimpaça. Resolve postar na internet pra ganhar uns likes.

Aí vem um famoso “da moda” pega sua música, acha super legal, e resolve gravar: coloca no próximo álbum, faz turnê com essa música. O álbum bate record de vendas, a música vira top nas paradas. Que orgulho, não é mesmo?

Agora, imagina não receber NADA. NADICA por isso. Nem uma mençãozinha sequer. Nem uns trocos pra pagar a próxima fatura da sua internet de 4gb… continuar aí, contando as moedinhas pra pagar o delivery (minha vida). Você ainda acha uma boa e JUSTA ideia?

 

VIDA REAL: JÁ ACONTECEU COM ALGUÉM QUE VOCÊ CONHECE!

Lógico que, para nós, pobres mortais e produtores de conteúdo de pequeno alcance, pode ser difícil – mas não impossível – uma situação assim acontecer. Mas se tem uma coisa que é super comum é alguém que você não autorizou pegar uma imagem sua e resolver vender, sem nem te avisar ou perguntar se você acha uma boa ideia trocar  o cabelo da sua personagem de marrom para laranja-fluorescente. Simplesmente assim: decidiu, pegou, vendeu, lucrou… e deixou você chupando dedo. Parece justo?

Tem uma imagem aqui no blog que disponibilizei para download gratuito, mas tem Creative Commons e termos de uso explicando que NÃO deve ser usado para vendas. Vou citar alguns casos:

 

estrela-estrelinha-ROUBO-NAO-COMPRE

Loja Estrela Estrelinha Studio Criativo – VENDA NÃO AUTORIZADA NO Elo7, que alega que não pode me enviar os dados da vendedora para que eu entre em contato, mas manteve a venda no site por meses.

enjoei-roubo-nao-compre

Venda NÃO AUTORIZADA na plataforma ENJOEI que já foi notificada diversas vezes, colocaram marca d’agua na minha imagem mas nunca retiraram o produto do site

UPDATE: Depois de muita lenga lenga no Twitter, tiraram hoje.

 

NÃO É NÃO, EIS A QUESTÃO…

Então, eu não sei dizer de uma forma melhor e mais prática do que um milhão de posts mais explicados em termos jurídicos: NÃO USE IMAGENS QUE VOCÊ ENCONTRAR NO GOOGLE SEM AUTORIZAÇÃO. Não adianta se é só para vender um kit de convites pro aniversário de 2 anos da vizinha da sua tia. Não adianta se é só para colocar no stand do evento de animes da sua cidade. Alguém, em algum lugar, espera receber pela arte que produziu, e estudou muito pra isso.

 

1

 

 

Em outras palavras: se não foi você que CRIOU, não foi você que teve a IDEIA e você não entrou em contato com a pessoa para que ela seja PAGA por isso, a resposta sempre será: NÃO. Simplão.

TEM SOLUÇÃO?

Existem muitos sites que liberam imagens para uso comercial e um exemplo é o site Pexels, que contém imagens para uso livre. Na dúvida, procure por algum lugar no site informando algo do tipo:

” Free for personal and commercial use” (uso pessoal e comercial livre)”

E claro, a outra solução é procurar um profissional da área e explicar qual seu interesse. Seja sincero, não tenha vergonha de ter dúvidas ou estar com pouco dinheiro. Explique a situação, seja honesto e objetivo. Sempre haverá um profissional que se encaixará nos seus interesses.

Sei que esse assunto parece chato e  cansativo (eu sei, eu sei), e que parece egoísmo de quem fez a arte/música, mas lembre-se: o mundo dá voltas e um dia o prejudicado pode ser você. Fora que não custa nada valorizar o trabalho de quem, muitas vezes, ficou HORAS estudando para executar aquilo. Concordam?

(e também acho que ninguém tem interesse de ficar no mural da vergonha, nem ser processado, né não?)

 

Dicas de postagens mais completas sobre o assunto:

O que é Direito Autoral

O que são Direitos Autorais

Direitos Autorais – Noções Básicas

Minha loja virtual: experiência e dicas para quem quer começar

Quem segue na página do blog ou no meu perfil pessoal, sabe que há pouco tempo eu resolvi mais uma vez me aventurar nas vendas online. E quem me conhece há mais tempo, sabe que de 2004 a meados de 2010 eu tinha uma loja virtual de bijuterias e acessórios. É, eu nunca paro, haha!

 

“Nóis não consegue trabalho de carteira assinada, mas é cada lojinha que nóis abre…”

 

Depois de muito pensar no que eu realmente queria fazer e uma mega inspiração do Decola!, surgiu a BichAmo. Eu já trabalhava com ilustrações, mas apesar de gostar muito do que eu fazia, ainda faltava algo, sabe? E assim resolvi criar uma loja com ilustrações de algo que sou completamente apaixonada: pets!

Ter uma loja virtual é um aprendizado todo santo dia. Todo dia MESMO! Então, vim compartilhar com vocês algumas das minhas experiências, e vou gostar muito de receber mais dicas. Que tal?

 

Criação da Marca

A palavra BichAmo estalou na minha mente como uma pipoquinha quentinha e amanteigada! Achei que passava exatamente o que eu queria. Fiz uma busca rápida no Google e não encontrei nada (só um perfil no Facebook de um estrangeiro Oo): bicho + amo é uma brincadeira com a palavra “bichano” .

O logotipo também criei num estalo! Parecia que tudo estava ali, guardadinho na minha mente só esperando o momento de ser acionado.

Mas, caso você não tenha ideia do que vai fazer, uma dica de ouro: invista na simplicidade. Sua marca passa muito mais a que veio se você não exagerar. Faça uma lista das lojas que você admira semelhantes ao seu negócio e se inspire! Deixe que o restante fale por si. Uma marca simples e objetiva também facilita muito na hora que você precisar fazer coisas impressas, por exemplo.

E caso sua ideia de nome brilhante já exista, não desanime: não há problema desde que seja de setor diferente. Mas se conseguir criar algo único, criativo e original… melhor ainda!

 

Produtos

Eu já sabia o que ia vender, então depois fui em busca de pesquisa do material que eu utilizaria. Passei dias pesquisando distribuidoras com melhor preço, mas que não pecasse na qualidade do produto (no caso da BichAmo, o papel e as moldurinhas). Entrei em contato com algumas via e-mail e telefone, mas a melhor opção ainda é: se possível, marque uma reunião ou vá até a loja pessoalmente.

Converse com os funcionários ou dono da loja. Às vezes, no site tem poucas informações ou informações incorretas e desatualizadas de formas de pagamento, estoque, opções, entre outras coisas. E ainda tem a chance de você pedir um descontinho, coisa que não dá pra fazer na loja virtual das distribuidoras. Garanto que você vai ter boas surpresas.

 

SAM_0497

Divulgação

Facebook, Instagram, loja virtual… o que for possível, crie para sua loja. É sempre bom ter mais formas de contato, e se for uma promoção ou algo do tipo, divulgue em todas as redes – assim ninguém fica de fora.

Dependendo do produto, você pode começar entre amigos, vizinhos e familiares mesmo, no bom e velho boca a boca… aprendi com a Margaret que nunca se deve perder a oportunidade de falar da sua empresa. Desde que você não seja o chatão do rolê, às vezes a gente perde muita oportunidade de falar sobre nosso trabalho por pura vergonha. Eu mesma sou uma dessas, mas tô me curando!

Esse vídeo do Espaçonave fala sobre isso e abriu muito a minha mente sobre o assunto. Vale muito a pena tirar um tempinho do seu dia e assistir!

 

Apresentação

Se tratando de loja virtual, seu produto tem que ser bem exibido. Lembrando que você não precisa ter uma super máquina fotográfica para boas fotos: basta usar luz natural ou fazer sua própria caixa de iluminação.

Crie um fundo (pode ser com cartolina, EVA ou plástico daqueles de mesa vendidos por metro), coloque a câmera ou celular num apoio (aqui tem um tutorial de um tripé caseiro para celular) e boas fotos!

Câmera utilizada: Samsung NX Mini

Programa de edição: Photoshop (curvas e contraste).

 

SAMSUNG CAMERA PICTURES
Santa diferença, Bátema!

Loja Virtual

Para o meu produto, nenhuma loja virtual se adequou (pois se trata de um produto personalizado que exige envio de fotos), então vou ter que criar uma do zero utilizando Prestashop (num outro post falo mais sobre essa plataforma). Mas há ótimas lojas virtuais disponíveis, o ideal é estudar a proposta de cada uma e ver qual é a melhor opção para o que você vai vender.

Há quem prefira vender só pelo Facebook (confesso que é onde mais vendo!), mas acho o ambiente de loja virtual interessante também como uma outra opção de compra. Algumas pessoas preferem por se sentirem mais à vontade de colocar algo no carrinho, tirar, colocar, pensar, voltar depois de 2 dias e comprar…

Aqui são algumas das lojas virtuais que conheço. Tem mais alguma que você incluiria na lista?

 

Divitae

Tanlup

Elo 7

Loja Integrada

Iluria

 

Caprichos

Acho bacana comprar algo que foi visivelmente embalado com carinho, já que a experiência de uma compra à distância é diferente de uma pessoalmente. Então, uma dica é criar uma embalagem – nem que seja bem simples, um saquinho de celofane e uma fitinha – para que você crie uma memória e um vínculo legal com seu cliente, além do produto 🙂 Quem não gosta de receber algo caprichoso em casa, né?

Eu crio adesivos e brindes em casa mesmo, e faço a impressão em papel adesivo na minha impressora, mas você pode encomendar com algum profissional ou numa gráfica.

 

presentinho

 

SAM_0281

Dicas extras:

– Se você costuma enviar produtos pelos Correios, tenha o hábito de scannear a nota de rastreio, caso a encomenda tenha algum problema você tem um comprovante de envio (a notinha sempre costuma desbotar em questão de dias).

– Caso você não tenha muita habilidade com programas de edição, no Polarr dá para fazer bons ajustes em imagens (ajustar iluminação, cortar, etc) e no Canva, criar imagens para redes sociais variadas. Ambos podem ser usados no navegador.

– Procure as fábricas na sua cidade. Às vezes compensa comprar caixas, embalagens e plásticos de proteção no atacado por um preço bem mais em conta.

 

Espero que tenham gostado das dicas. Será ótimo se você tiver alguma dica legal e deixar aí nos comentários também 🙂

Dicas de links sobre empreendedorismo feminino

A vida é muito curta (mesmo) para não irmos atrás do nossos sonhos. E mais ainda para ficarmos pensando se darão certo ou não. Não sei se é toda essa praia dos 30 anos, mas cada vez mais – e depois de ter sido recusada tantas vezes por conta da idade em empregos aqui da cidade –  que eu estou cada dia mais disposta a arriscar e buscar o meu lugar ao sol…mas com filtro solar, importante!

 

Tenho lido e buscado MUITA coisa sobre empreender, e parte disso devo ao Decola!Lab, que era aquele empurrãozinho que me faltava há muito tempo. Mas a verdade é que a internet tá CHEIA de informação, cheinha mesmo. É uma infinidade de opções, e muitos desses certamente te agradarão. Mas, eu tenho buscado muito conteúdo principalmente feito por e para mulheres.

 

Dia desses, perguntei lá no Facebook (você pode visualizar a postagem clicando AQUI)e pedi dicas sobre, mas como no Facebook tudo se acha e se perde, achei melhor prolongar esse achado aqui, no blog. Muito obrigada a todas que contribuíram com ótimas dicas! Sintam-se a vontade para sugerir aqui também e assim aumentarmos essa lista, e ajudarmos umas às outras. Que tal?

 

EMPREENDEDORISMO-FEMININO-LINKS

Lista de Links sobre Empreendedorismo Feminino

Sites/Blogs 

 

Plano Feminino

Ambiente Vistoriado

O que Mais

Projetando Pessoas

Negócio de Mulher

Carolina Nalon

Tuty para Profissionais

Mulheres na Computação

 

 

Maternidade e empreendorismo

 

Maternativa

Mãe Atwork

 

 

Páginas no Facebook

 

Espaçonave

Mulheres que Decidem

OQ+

UpaLupa

 

 

Snapchats/Periscopes para seguir

 

bialomb (snapchat) – blog

apassareli (snapchat)

anatex (periscope) – site

 

 

Grupos no Facebook

 

Mulheres que decidem

Empreendedorismo de Salto

 

 

Serviços de Coaching

 

Tudo Energia

Roberta Rocha

Anna Gallafrio – Natural Coaching

Louise Souza

Elba Oliveira

Melissa Setubal – Coaching de Saúde Interativa

Silvia Pahins

Roberta Omeltech

Simone Mitjans

Patrícia Sakavicius

Fábrica de Sonhos

 

Espero que tenham gostado, e que seja muito útil e de incentivo para todas vocês 🙂 Sucesso!