Papo de Vitrola

tô querendo, tô tentando, pago quando puder.

Tentar deixar o cabelo crescer, e ignorar tooodos os bad hair day's. e o mais difícil: as pontinhas que foram navalhadas e agora são meu pesadelo de auto-estima, minhas contribuintes anti-sociais!
ser menos tic-tic com as horas (coisa mais chata eu, movida a tudo cro-no-me-tra-do_ marido agradece, bate palma e até faz almoço gostoso),  ser menos, bem menos preguiçosa (pintei as unhas do pé, -1 pra preguiça, yeh!). Mas é uma preguiça assim, meio… visual, sabe?


Doar tudo que não serve, não presta ou não deveria estar aqui, e isso inclui aquela calça de modelagem duvidosa que nem por um decreto se encaixa em algum visual – mesmo os mais alternativos- e também aquela conta da época que minha net era discada (livrai-me de todo mal, ulalá!).

 

Pintar mais, falar sempre, torcer menos a boca.

Dormir.

Ah, essas listas funcionam. Funcionam?

 

7 Comments

  • Tatiana

    Infelizmente comigo elas(listas) nunca funcionaram!

    Só há uma forma de deixar o cabelo crescer: esquecê-lo! Sério, só lembre dele quando sair de casa, e qdo começar a dar trabalho por causa da indefinição, faça um rabo de cavalo. Só assim para passar pela fase mais difícil que é chegar até o ombro, depois é fichinha…rs.

    Bjs

  • Lívia

    Eu toda vez que chega a metade do meu objetivo eu corto ele bem curtinho!! Não aguento de calor, acho mto trabalhoso e pra completar eu não tenho o cabelo liso!! Então fazer escova e chapinha em cabelão ninguém merece!!hauhauahauhaua

    Se a lista funciona eu não sei pq a miha que eu fiz no início do ano eu perdi hauahuahauahuaahu

    bjinhos!!

  • Cih

    Para mim se não funcionam 100%, pelo menos ajuda a resolver uns 80% de tudo que gostaria de fazer. Ajuda a clarear e direcionar as idéias e estratégias para chegar à tal! ;D
    Kiss♥

  • Gabius

    Também estou em uma saga de deixar o cabelo crescer. O meu também era quase TODO navalhado, foi difícil (ainda está sendo) mas estou tendo resultados positivos, mas demora DEMAISSS!

    beijos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *