5 coisas que as redes de relacionamentos fizeram por mim

 

Essa semana fui convidada pela equipe do Badoo (da qual sou cadastrada há cerca de 2 anos) para relatar uma experiência com relacionamentos em redes sociais, com contatoschat para bater papo, enfim. Eu não tenho só uma, mas VÁRIAS experiências que me proporcionaram coisas bem bacanas ao longo dos anos. Quer saber quais?
 

1 – Me ajudaram durante a gestação/maternidade – Quando tive meu primeiro filho, Pedro, eu tinha cerca de 20 anos de idade. Embora eu tenha um bom relacionamento com a minha mãe, nos falávamos mais por telefone, e ela não acompanhou muito minha gestação, nem foi muito de dar conselhos. Lendo depoimentos de outras mulheres em comunidades e partilhando experiências e anseios normais desta situação, foram coisas que me tranquilizaram e ajudaram muito. E isso se prolongou, desde dúvidas após o nascimento e até mesmo ideias para a festinha do primeiro aniversário 🙂
 

 
 
2 – Colaboraram para pensamento crítico – Imagina se o mundo contasse apenas com a sua opinião? Tá, aparentemente, seria maravilhoso, mas logo ele seria um mundo muito chato. O bacana mesmo é ouvir diversas visões sobre um mesmo assunto, saber o que as pessoas pensam. E foi assim que fui desenvolvendo e mudando muito minha maneira de pensar, aprendendo a observar (e aceitar) outros pontos de vista, e consequentemente, aumentando ainda mais meu senso crítico sobre diversos assuntos.
 
 

3 – Me confortaram de uma grande dor –  No início deste ano, passei por uma situação de perda que acredito que muitos tenham conhecimento. É difícil mensurar o quanto as várias mensagens de apoio que recebi – de pessoas de todo o Brasil, de diversas religiões – me fizeram bem. Saber que, ali existiam pessoas que acompanhavam com carinho toda a trajetória, e se dispuseram a ajudar mesmo que com palavras. Fora as experiências trocadas com quem já havia passado pelo mesmo. Sem dúvidas, foi uma das experiências mais marcantes que tive com relacionamentos virtuais.
 
 

4 – Encurtou distâncias e saudades – Tenho duas melhores amigas, Úrsula e Paulinha, que moram no RJ. Já fazem quase 3 anos que moro em Ubatuba e nem sempre é possível ir tantas vezes ao RJ e vice-versa. Além dos e-mails e ligações, acompanhamos o que acontece diariamente umas com as outras através das redes sociais. É uma maneira de estar perto, mesmo estando longe ♥.
 
 

5 – Me fez encontrar um grande amor – Na verdade, foi ele me encontrou. Foi através de uma rede social que conheci meu atual marido, Erik. No início, eram só recados descompromissados, claro. Já estamos juntos há quase 3 anos, e  embora ele não as utilize com grande frequência, ainda é um meio de comunicação que utilizamos quando estamos longe um do outro (quando precisei viajar, por exemplo, e quando ele está no trabalho). Quem disse que namoro de internet não vai para frente? Ponto para nós!
 
 

Acho que muitos devem ter experiências como essas. Qual é a sua?
 
 

 

11 comentários em “5 coisas que as redes de relacionamentos fizeram por mim”

  1. Também sou sobrevivente de um relacionamento virtual, embora morando na mesma pequena cidade, ainda não tinham nos apresentado. E depois de várias conversas , descobrimos que existia amigos em comum e até nossas famílias já se conheciam . Enfim, estamos quase 6 anos juntos o/

    Grande beijo
    Amo demais seu blog!

  2. Poxa Rê, adorei seu post. Acho que a melhor coisa que a redes social me proporcionou foi conhecer pessoas que são mais parecidas comigo, é muito difícil para uma pessoa de mente aberta, personalidade forte e opiniões próprias viver um uma cidade pequena, e foi no universo on-line que me apresentou pessoas que eram iguais a mim e com elas aprendi a contornar e ignorar certas coisas que me incomodavam muito na adolescência.
    Hoje, já adulta e longe de tudo o que me sufocava no passado vejo a rede social como o elo de ligamento entre a “Karolina” e o que ela não quis deixar para trás.

  3. Eu também conheci meu marido pelas redes sociais, em janeiro faremos 3 anos de casamento e 4 de namoro!!! Minha irmã também conheceu o marido pela internet, mas isso já faz 12 anos… realmente, as redes sociais quando bem usadas só nos beneficiam.
    beijos
    paula

  4. Logo quando começaram as redes sociais, elas foram como um refúgio pra mim. Eu era bem adolescente na época, e meio excluída na escola. Aí conheci pessoas maravilhosas, e algumas converso até hoje; Conversava sobre assuntos mais amplos, e isso me ajudou a abrir mais a cabeça, conhecer outras áreas, compartilhar experiências e foi aí que comecei a blogar. A melhor coisa que fiz até hoje! Então, ponto pras redes sociais 😀

  5. Como você, eu também tenho experiências maravilhosas que vivo/vivi através da rede.
    Conhecer amigas especiais, partilhar momentos, aprendizados, experiências. E também encontrar pessoas que há tempos não via através dos sites de relacionamento.

    Eu sempre digo a quem critica o uso dessas ferramentas “computador não faz nada sozinho, se você encontrou coisas ruis, é por que as procurou”

    Eu, só encontrei coisas e pessoas muito boas!
    Beijosss!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *