7 dedinhos

Todo ano é a mesma coisa: me pego pensando em como o tempo passou, e que desse jeito, logo mais estarei recebendo um abraço de um moço com voz grossa e pêlos no rosto. Esse moço, eu chamo de “filho” e sempre direi: “eu te amo, e tudo que eu faço é pensando em você!”

Nunca imaginei ter um história tão complicada de amor, em que a distância me fizesse dar mais motivação que desespero. Que minhas decisões se tornassem mais que simples escolhas, e sim, consequências para toda a vida.

Em 7 anos, muita coisa mudou, inclusive o meu amor pelo meu pequeno Pedro… que se torna cada vez maior, e torço para que essa história tenha um final feliz. Com a maturidade que a maternidade nos oferece, eu digo: desta vez, para todos.

Parabéns pelo seu dia, meu pequeno… obrigada por me fazer mãe, por me dar tantas razões para buscar o melhor sempre!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 pensamentos em “7 dedinhos”