As Fábulas Humanas

Papai Noel, Coelhinho da Páscoa e até no dedo Mindinho do Lula eu acredito. Mas tem coisas que não me descem à garganta, e , até que me provem ao contrário, eu vou continuar vendo dessa maneira. Talvez seja uma maneira muito áspera, mas isso me faz não me decepcionar com muitas pessoas… já que não serão surpresa quando eu presenciá-las.

            THE_WIZARD_OF_OZ-128

Diga-me com quem andas…: Ainda que em todas as atitudes alguém não seja igual (coisa praticamente impossível), a maioria das pessoas preferem a companhia de alguém que lhe atraia de alguma maneira. Posso não ser atraída pelo instinto vida loka de alguém, mas posso gostar da maneira como ela lida com as pessoas e até mesmo agir da mesma forma. E ponto.

Beleza não é o mais importante: Homens  e mulheres possuem algo chamado ego. E não tô falando daquele álbum que sua amiga tem no Orkut. Todo mundo quer o bendito ego massageado, alimentado e preso na coleira – pra poder olhá-lo nem que seja de vez em quando. Ninguém se gaba de ter sido cantado por um mendigo/bebâda velha na rua. Mas chega ser idiota quem vive “à caça” e dependente de bajulações pra viver, tome nota.

Nunca se deve confiar em quem muda de opinião sempre: Não existe coisa mais horrível do que aquela pessoa estagnada, que não se autoriza mudar, arriscar e pensar novo… todo ser humano pode e deve mudar de opinião e não ter vergonha disso. O importante é assumir que mudou, e bola pra frente.

Pessoas que dizem “não consigo ser ninguém sozinho”: Se você diz isso, deve ser uma nada mesmo acompanhado. Outras pessoas não podem ser responsáveis pelo que você é, isso é desculpa de quem não quer assumir erros/responsabilidades sozinho.

Pessoas que discordam de tudo devem fazer isso por prazer. É muito fácil concordar, você é acolhido pela maioria e abençoado com folhas de arruda. É muito mais difícil dizer que discordou, pois a pergunta seguinte a isso é “porque?” seguido de “então diz aê, sabichão!”. Ter discernimento não é pra qualquer um – e o cansaço muitas vezes, vence.

Meus pais/meu namorado não me entendem”: eu sempre digo pra minha mãe que somos pessoas completamente diferentes, tanto nas opiniões como nas atitudes. Apesar do convívio, nunca esperei minha mãe ou meu pai me entenderem em algo, pois isso já é coisa praticamente impossível para nós mesmos.  Bom senso e respeito, sim, são a fórmula. Ah, e um bom psicólogo 🙂

Em que vocês acreditam?

.

4 comentários em “As Fábulas Humanas”

  1. Cara … me achei nesse post. Pelo que vi não tão bem compreendido. Mas olha, é a colocação em letras de coisas que penso. Não sou uma pessoa bruta, briguenta, mas sempre soube me impor aqueles convites de amigos (drogas, cigarro…etc)quando fiz alguma coisa foi porque quis. Talvez até por isso me enquadre no genero “do contra” porque se alguem me pergunta , tipo, “É gostoso?” eu digo “não gostei”, “ah… mas todo mundo gostou” eu não sou todo mundo. É dificil para as pessoas aceitarem opiniões divergentes. Inclusive escrevi hoje sobre isso Ponto de Vista, ou como vulgarmente meu pai dizia “é como cu, cada um tem o seu…”

  2. kkkkkkkkkk primeiro preciso rir com a sua franqueza. Adoooooro! “Pessoas que dizem “não consigo ser ninguém sozinho”: Se você diz isso, deve ser uma nada mesmo acompanhado”. #fato. Acho que a felicidade independe de qualquer pessoa a não ser a si próprio.
    Acho que tudo depende nessa vida. Ser bonito não é importante? Vc pode não se importar se o fulano NÃO é bonito. Mas daí não querer SER bonita eu duvido!

    Adorei o post Key!

    bjinhos

  3. Mas que complicado isso! XD
    Eu, definitivamente, não acredito no “diga-me com quem andas”. Sou um bom exemplo. Sempre andei com pessoas totalmente diferentes de mim, sempre nos demos muito bem, e nunca mudei meu jeito por causa disso.

    “Nunca se deve confiar em quem muda de opinião sempre”. Eu mudo de opinião sempre! Não confie em mim! XDDD

    “Pessoas que dizem ‘não consigo ser ninguém sozinho'”.
    Olha… Eu acho bem mais difícil ser alguém acompanhado.

    Também não acredito em outra fábula humana: “Amor à Primeira Vista”. =P

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *