Como não surtar no Dia dos Namorados

Hoje é oi especial pra quem tem namorado, pra quem não tem namorado, pra minha mãe e especialmente pra você, Xuca. Você que tá aí, linda, cheirosa , sentada nessa cadeira que marca as coxas e entorta a coluna, sozinha, mas na força que roubou de Sansão, essa mensagem é pra você: você não está sozinha!
Não sei se foi Deus ou o Big Bang, mas o fato é que sabe-se lá se era mesmo uma mulher pra um homem como parceiro, ou se a função da primeira mulher era catar folhas secas e plantar caroços de maçãs para as cobras que sempre existiram. Mulher, não deixe que rosas com purpurina e almofadas de coração a corrompam!
O fato é que essa data herege não deveria embebedar tantos corpinhos ( e copinhos), afinal, quem tem que enfiar a cara no copo é Santo Ântônio, não é mesmo? Pensando nisso, vou dar dicas já testadas por mim, como maneira de fazer com que essa data passe batida (ei, eu não tô falando da bebida!)

• Junte todas aquelas roupas que você nunca usa simplesmente porque nunca recebe nenhum convite pra sair, afinal, você tá encalhada, lembra? Produza-se, tire fotos e repita várias vezes no espelho, tipo comercial L’oreal mesmo: “Olha só o que esses babacas estão perdendo!”

• Compre chocolates, vinho, entre outras delicinhas,  e faça uma sessão alto-astral… filmes que você nunca viu porque nunca teve tempo, ou mesmo porque sabia que iria derreter de tristeza na primeira cena romântica!

• Faça uma playlist com músicas que fazem você lembrar dos seus melhores momentos, coloque bem alto e cante  feito louca… as pessoas vão sentir dó do seu momento solitário bipolar e não vão reclamar, pode crer!

• E , a última mas não menos importante… ligue para aquelas suas amigas comprometidíssimas, chame-as para um super ultra mega passeio divertidíssimo, e antes que elas digam não… fale: ‘Ahh, desculpa,  você deve ter que ficar com seu namorado hoje né? Que pena!” e desligue antes que ela comece a dizer o programa muito melhor que ela vai fazer – e acompanhada.

A Vitrola aqui não vai passar sozinha esse ano (hoho), mas a verdade é que não sou apegada à Dia dos Namorados desde… bem, desde que sempre tive namorados que também não estão nem aí pra data /mimimi, haha. Mas pra quem curte, Feliz Dia dos Namorados!

♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥\o/♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

Esse post ultra romântico é um oferecimento da dipirona – método horrível para uma dor de cabeça pior ainda.

tumblr_l3o2p1WrW01qz4d4bo1_500 Imagem romântica com trecho de “Sea Of Love” da Cat Power. Só pra vocês não dizerem que não sou romântica… eu sou e MUITO, viu!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 pensamentos em “Como não surtar no Dia dos Namorados”