Meus 5 maiores terrores de infância

Não recomendo essa lista para pessoa sensíveis, facilmente impressionáveis, com problemas do coração, fadiga extrema e que olhem embaixo da cama antes de dormir. O restante, é por sua conta e risco!

Quem tinha medo da loira do banheiro? Do Chucky? Do Fofão? Do Fred-vai-te-pegar? Do Bicho Papão (eu jurava que ele era tipo um monstro da comida). Eu não tinha. Meus medos eram bem específicos e bestas, ó:

 

500full

 

 

Do cachorro voador de História Sem Fim
Primeiro: Eu não sei se isso era cachorro. E era uma atração misturada com medo, ME DEFINAM

bate bola

De bate-bola

Maldito Carnaval carioca. Já cabô esse troço de bate-bola? Fiz xixi na calça por culpa disso (faz tempo, tá gente?)

548306_179069168882444_100003380861877_256648_1124728949_n

 

De pressão psicológica religiosa 
Minha mãe era devota de Escrava Anastácia e essa imagem me batia mó medão. E olha que eu curto imagens de santos, mas não essa. E minha mãe auxiliava para a pressão psicológica “se não comer tudo, a santa tá vendo!”. Ela via tudo. Credo.

The_Fly_2_Dog_Scene_Very_Sad

 

Do cachorro do Mosca
É, o sci-fi! Essa cena eu chorei primeiro antes de borrar de medo. Nem lembro mais do filme, mas não esqueço do cachorro (será que eu tenho algum tipo de fobia canina cinematográfica?). AU!

abyss_water_face

 

De fundo do mar, piscina, banheira, balde de água
Tenho medão até hoje de qualquer profundidade aquática que ultrapasse 10 cm. Visualizo tubarões e essa coisa estranha aí de “O segredo do Abismo“. E eu moro no litoral. Castigo do destino?

Me conta seus medos para eu me sentir mais normal? Juro que não faço bullying.

34 comentários em “Meus 5 maiores terrores de infância”

  1. O horror, o horror!

    Eu tinha medo de coisas bestas dos filmes de terror e da TV: Freddy Krueger, Chucky, ets, chupacabras… Um medo estranho que tenho é de um ventilador gigante de um dos filmes do Chucky, acho que o boneco cai nele no final… Eu tinha vários pesadelos com ventiladores gigante me sugando hahahahahaha

    Legal que agora que cresci amo todas essas coisas que me faziam borrar a cueca hahahahahahha

    Bjs!

  2. Nossa, o bate-bola e a escrava Anastácia tão de matar, né? hahahaha Que horror!!! Eu não me lembro de ter muitos medos quando criança, mas uma coisa que eu odiava lá em casa era uma carranca (http://obviousmag.org/sphere/assets_c/2013/02/001-thumb-786×470-37644.jpg) que tinha na sala. Jesus! Que coisa mais pavorosa… aquela cara nada simpática, e tu não sabe se é um bicho, uma pessoa, ou o que!
    Sobre o Falcon, eu sempre adorei muito ele, porque parecia tão fofinho!!! E eu sempre me pergunto, como eu brincava e não tinha medo do Fofão? Acho que HOJE eu teria medo de ter aquele boneco em casa, mas na época eu adorava hahahah
    Beijos!

  3. Adorei o post, Rê! E sabe q eu era uma menina q curtia um terror (#alokinha kkk), eu achava graça nos debochados fred gruger e no jason. Mas do boneco assassino eu tinha medo. Fico me perguntando porque eu via esses filmes, hoje em dia nem chego perto rs. PS nao tinha uma árvore assustadora no história sem fim tb??? beijo

  4. Eu tinha uns medos bem esquisitos também! Meu primo tinha um adesivo colado na janela dele com uma ilustração da morte (e era bem bonitinha, hoje eu admito) e eu MORRIA de medo de ficar no quarto dele por isso.
    Eu tinha medo da oração do Pai Nosso! Quando eu era beeeeem pequenininha e nem entendia, ficava pensando naquela frase do “livrai-nos do mal” e achava que estávamos correndo perigo HAHAHAHA nada a ver.
    Posso “copiar” se post? Achei bem legal, te dou crédito da ideia, claro! 😀

  5. Meus medos: Freddy Krueger, O lobisomem de História Sem Fim (Gmork é o nome dele), o capetão Senhor das Trevas de A Lenda, Freddy Krueger e Freddy Krueger. Eu já falei Freddy Krueger? Não consigo entender porque hoje em dia eu sinta uma estranha atração por ele. Talvez porque ele tenha sido uma figura de autoridade e eu curta autoridade hauhauahuahuahauh!

  6. Rê, essa Escrava Anastácia também me matava de medo quando era criança! Tinha uma farmácia no interior do Amapá, onde eu morava, que colocou essa imagem como uma espécie de “logotipo”. Toda vez que passava por ali me perguntava quem era aquela coisa feia… hahah! 😛

  7. Se eu te falar que sonhava com meus bonecos me perseguindo, você vai rir de mim? Poisé! Tipo a boneca da Xuxa grandona, sabe? O meu Fofão também…com o tempo me livrei de todos por puro medo.
    bjoks

  8. – It, o Palhaço, que saía do ralo do chuveiro. Tomei banho encostada na quina do box e sem tirar o olho do ralo por muitos e muitos meses…
    http://cineclik.files.wordpress.com/2012/06/it.jpg

    – O lobisomem de Roque Santeiro! Não posso ouvir Zé Ramalho até hoje (porque era ele que cantava a música do lobisomem).

    – Fred Krueger, Chucky, Jason, todos esses.

    – Teve uma novela, acho que Guerra dos Sexos, que uma menina caía da janela, o nome dela era Ciça e a cena passava em câmera lenta… Tenho medo de altura por isso.

    – Eu tinha medo do Barbosa, da TV Pirata: http://4.bp.blogspot.com/_5WtGRxlK1so/Sro9DkmFp8I/AAAAAAAAANQ/iL6rZDcFJ8c/s320/tv+pirata+barbosa.jpg

  9. – It, o Palhaço, que saía do ralo do chuveiro. Tomei banho encostada na quina do box e sem tirar o olho do ralo por muitos e muitos meses…
    http://cineclik.files.wordpress.com/2012/06/it.jpg

    – O lobisomem de Roque Santeiro! Não posso ouvir Zé Ramalho até hoje (porque era ele que cantava a música do lobisomem).

    – Fred Krueger, Chucky, Jason, todos esses.

    – Teve uma novela, acho que Guerra dos Sexos, que uma menina caía da janela, o nome dela era Ciça e a cena passava em câmera lenta… Tenho medo de altura por isso.

    – Eu tinha medo do Barbosa, da TV Pirata: http://4.bp.blogspot.com/_5WtGRxlK1so/Sro9DkmFp8I/AAAAAAAAANQ/iL6rZDcFJ8c/s320/tv+pirata+barbosa.jpg

  10. Gente, mas com uma santa dessas, até eu tinha pavor.
    Bom, tenho tremores de pavor de altura. Se ver algo alto até na tv, fico tonta.
    Tenho pavor louco de rato. Mesmo. Bichos em gerais, mas mais rato, barata e sapos. Chego a ter pesadelos com isso.
    E tenho medo de bonecos estranhos, Chucky define.

  11. Como é bom ter nascido nos anos 80. Lembro de todos os acontecimento que tem no seu post – assisti os 3 filmes da “História sem Fim”.

    Bom, eu tinha/tenho medo da boneca da Xuxa, por causa daquelas história do pacto + o filme do Chuck.

    Uma vez a minha mãe comprou 2 Xuxas, para duas primas minhas e me perguntou se eu queria uma: “Ui, eu não mãe…”
    Não queria correr o risco de ficar com insônia a noite toda né!

    Beijo!

  12. HAHAHAHAH adorei,como eu fui uma criança nada normal eu entrava no banheiro da escola com a esperança de encontrar a loirona por lá! entre outras coisas que eu adorava fazer pq a sensação de frio na barriga e a minha imaginação fértil fazia um possível medo se tornar divertido. Acho que a única coisa que eu tenho medo é de barata e das propagandas da Johnny walker kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk tenho pavor na vdd!

  13. Poxa… Medo do Falco é sacanagem! Ele é o maior fofo! =3 E é um dragão. XD
    Mas não se sinta estranha! XD Eu nunca tive os medos convencionais, mas isso é muito assunto para um comentário. Depois vou chupiscar a sua ideia e fazer um post lá no blog.

    Bjs!!

  14. cara… o lobisomem da novela Roque Santeiro quando criança me atromentou por muito tempo. Imaginação de criança é barra. Eu sempre achava que ele entraria pela janela e ia me devorar… nunca mais assito novela!!! huahauah

  15. Nossa, lembro de boa parte que tu citou (risos).
    Mas, tinha medo do Do Chucky e do Fred. Porém, via os filmes, e eu tinha mania de ter bonecões (nos anos de 1997… era o top né). Ai eu tinha um meninão e uma meninona, e a noite eu via que eles iriam me pega e corta todinha (risos). E o Fred, eu não queria dormir, com medo que ele fosse realmente invadir meus sonhos, eu tinha uma certeza que isso iria acontecer. Do Fofão não, até gostava. Nos dias atuais, continuo com um só “medinho, pavor, cisma” que é de palhaço. Não vejo graça neles, eles são feios, e dão medo, o bom é que sei que não sou a única com esse pavor.Saudades, por mais que tive momentos de medo, mas, sinto saudade dessa época que se perdeu no tempo, e que marcou minha vida, mas que agora se tornaram lembranças de um tempo “bom”.

    Beijo, amei tua ida ao meu blog *-*

  16. nossa que medo dessa escrava! XD

    Eu tinha medo de lagarta (tenho até hj), de “Deus descobrir meus pecados” coisa da influência religiosa tbm rs, de quebrar meu óculos (minha mãe surtava)…rs

  17. Eu tinha medo dos duendes da jamaica do Chapolin, assim como do Abominável Homem das Neves.
    Também tinha medo de uma músiquinha religiosa que minha mãe cantava pra mim quando eu era pequena. Era assim: “mãezinha do céu, eu não sei rezar, só sei te dizer que quero te amar. Mãezinha eu quero te ver lá no céu”. Essa última frase fazia eu me arrepiar porque eu imaginava minha mãe morrendo, sabe? HAHAHAHA. Coisas de criança.
    E eu sempre tive medo do Hulk. Até hoje, bjs. hahahaha
    Beijo!

  18. Poxa, eu sempre tive medo de palhaço por causa do filme “Palhaço assassino”, tenho medo deles até hoje, uma vez sai do show do “O teatro mágico” por que me deu um ataque de fobia.
    Tinha muito medo do Fofão também, uma vez ganhei aquele boneco repugnante do meu tio e não parei de chorar até que minha mãe devolveu.
    E sempre tive muito medo de tiranossauro Rex por que ele atacava o Littlefoot e seus amigos.. Tive muitos pesadelos por causa desse filme. rsrsrsr

  19. Amo quando vc faz esses textos: levinhos e que mexem com nossa memória.
    Ah! sério que tu tinha medo do cachorro (nem é, mas eu jurava que fosse) da História sem Fim? Amava. Assisti no cinema. Tô velha mesmo.

    Sabe que eu tinha medo de algumas músicas? Estou tentando fazer um post listando-as. Uma delas e acho que metade da população infantil daquela época também tinha, era a música do lobisomem, da novela Roque Santeiro, cantada pelo Zé Ramalho. Me arrepio até hoje.

    Beijo

  20. Hahahaha, adorei! Vamos combinar que História Sem Fim é um filme bem esquisito mesmo! Eu achava bizarrão mas sempre assistia (e ainda assisto! XD).

    E, meo, essa santa aí dá medo mesmo, heim?

    Sabe aquela série que passava na Cultura “Cadê o Léo?”? Eu tinha o maior medão/ achava a coisa mais impressionante aquele “homem-chiclete”!

    bjs!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *