Os homens e as coxas

Outro dia alguém no Twitter comentou  coisa rara de se ver hoje em dia: homem que liga mais pro cérebro do que pra bunda.  Pensamento normal de 11 entre 10 mulheres. Pensamento e experiência, na maioria das vezes. Desculpem moços, eu não generalizo, mas tive que concordar. E lembro muito bem da minha primeira “experiência”.
 
 
Eu tinha míseros 8 anos de idade, e estava na 2ª série, época em que talvez eu mal tivesse cérebro – e provavelmente ele era gasto com quadrinhos, vídeo-game e qual seria a merenda do dia – quando tinha como amigo um bom moço chamado… bem, o chamaremos de W.. O W. era amigo daqueles que você empresta a canetinha nova, divide a merenda e passa a  bola na Educação Física, sabe? Ok, ele era meio que paquerinha também. Coisa de crianças dos anos 90, e quando digo isso, resume em olhadas simples. Não tinha mão dada nem beijinho. Isso aí era ser namoradinho, e meu micômetro ainda não suportava o bordão “tá namoran-do! tá namoran-do!” ainda.
 

Bem, eu lembro que  no finalzinho desse ano, faltando uns 2 dias para as aulas finalizarem, ele veio com sorriso bobo. Aquele sorriso bobo que toda menina com mais de 16 provavelmente já deve ter visto um e conseguido identificar. E depois, ter gritado no cantinho de tanta raiva do mesmo sorriso. Eu lembro até hoje, que com esse mesmo sorriso idiota bobo quando ele falou “eu gosto das suas coxas". E depois falou com os outros amiguinhos dele. Das minhas coxas! E eu comecei a achar que todo mundo só olhava pras minhas coxas.

 

Fiquei feliz quando soube que não estudaríamos mais juntos. Imagina que comentário ele ia fazer no ano seguinte? E o que viraria meus futuros traumas com o sexo oposto? Bem, os anos passam, os homens são a mesma porcaria mudam também… e as minhas coxas… bom, elas vão muito bem, obrigada.

 

P.S.:esse post é uma ironia feminina. Aos  que servir a carapuça se sentirem ofendidos, acreditem, não é nada pessoal e é uma obra de ficção (hahá!).
 

 

5 comentários em “Os homens e as coxas”

  1. Olá,
    Para as mulheres, até onde eu aprendi, só existem dois tipos de homens… o atrevido e o boiola. Qualquer tipo que o cara seja, ele é criticado por não ser o outro…
    Brincadeiras à parte, você vai ao “mercado” para encontrar alguém… que mal há em unir o útil ao agradável? Isto é, um belo par de coxas, um bum-bum durinho, seios lindos e sem silicone, um rosto maravilhoso protegendo uma massa cinzenta de alta padronagem.
    Saúde e felicidade
    João Pedro Metz

  2. Se pararmos pra pensar, na raíz de todas as nossas neuras com a nossa aparência, com certeza chegaremos a conclusão de que eles são os culpados. A coisa já vem desde criança qdo eles com toda aquela crueldade infantil, nos compara com a menina mais bonita da classe, nos colocando um monte de caraminholas num cérebro que ainda está em formação.
    Desde pequenos os homens são movidos a aparência. Temos que agradecer aos céus qdo encontramos um que não ligue para nossa celulite…hehe

    Bjos!

  3. HAHAHAAH adorei cara, concordo plenamente, os homenssó pensam em uma coisa! Tah, em duas (não deixemos o futebol de lado…). Adorei a foto e o blog, jah faz o maior tempão que eu não passo aqui neah? rsrs bjão, te espero no meu blog!

    obs: aquela na foto eh vc (curiosa mode on) o.O

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *