mundo-blogueiro category image

Sobre o “Volta, Mundo Blogueiro!” – e porque ele nunca volta.

14 de abril de 2014 às 02:33 | Arquivado em: Mundo Blogueiro

Existem perguntas que recebo com frequência (como qual a cor que pinto meu cabelo, que já disse aqui, rs), e existe uma que nunca sai da lista: "Vitrola, quando o Volta, Mundo Blogueiro! volta?". E quer saber? Taí uma coisa que eu nunca sei responder.

 

Para quem não sabe, o Volta, Mundo Blogueiro! (VMB, para os íntimos) começou por causa deste post aqui. É claro que de lá para cá, meu pensamento mudou um pouquinho. Mas se eu for resumir, eu ainda quero saber mais de você: simples assim. Os blogs pessoais continuam sendo meu tipo de blog favorito. Um post, seja lá sobre o que for, contendo uma opinião sua, toda do seu jeitinho.

 

campanha

Nessa época, esse post foi feito por um motivo: estávamos passando por uma fase sinistra do mundo blogueiro. Era algo como ninguém sabia para onde estava indo, mas todos iam juntos para algum lugar. Então tivemos um feed bombardeado de sorteios, unhas e posts de moda copiados de grandes portais. Como toda fase (boa ou ruim), passou. A maioria foi se "estreitando", entendendo que um blog era MAIS do que isso, e finalmente o coro de mentes cansadas parecia ganhar voz. Ou talvez, tudo isso foi perdendo o foco e caindo no limbo do esquecimento… e cá estamos.

 

Eu acho que nos encontramos numa época de paz no mundo blogueiro, já que o grande foco são as redes sociais (que, diga-se de passagem, anda menos "pacífica" do que nunca… rs). Praticamente, há espaço para tudo, todo tipo de blog, e todo tipo de leitor. Claro que, a originalidade ainda é predileta, mas a falta dela também não chega a ser um motivo para grandes incômodos. 

 

Bem, voltando ao Volta, Mundo Blogueiro!, ele ganhou um blog e muitos seguidores. Eu já não sei dizer quantos blogs apoiaram a ideia, mas fico feliz em saber que foram muitos. O blog era mantido basicamente pelos leitores: entrevistas, links e qualquer coisa que fosse voltada ao mundo blogueiro, com ênfase em destacar a blogsfera bacanuda, que ainda se sentia nostálgica com o modelo de blogs de antigamente.

 

print

 

E aí… estamos onde estamos. Não soube o que levar adiante com o "Volta, Mundo Blogueiro!", me perdi na ideia. Ao mesmo tempo que me sentia responsável por um compromisso que assumi. Até hoje recebo mensagem de pessoas me cobrando colocar o link do blog na página, quem já não é mais atualizada desde 2012, por ter colocado o button no blog, rs. Até o Inagaki, jornalista e blogueiro que admiro muito, já puxou minha orelha sobre o "Volta, Mundo Blogueiro!" no TwitterCom o tempo, minhas prioridades acabaram mudando, e o Volta, Mundo Blogueiro!…não voltou mais. 

 

Tudo isso é só para dizer: me perdoem? Por não ter dado continuidade, pelo apoio que recebi quando desabafei, e que às vezes, pareço não ter sido grata. Eu sou, e muito, principalmente aos que me ajudaram imensamente – que não vou citar com medo de esquecer alguém, mas lá no blog tem tudinho. Mais do que muita gente imagina, já que para mim foi uma ótima experiência, aprendi MUITA coisa vendo pontos de vista tão diferentes. E assim, não sei dizer se o "Volta, Mundo Blogueiro!" um dia volta, embora eu sempre planeje de alguma maneira – inclusive, cheguei a comprar um domínio .com -, mas ele ainda existe. E ele é ainda de todos vocês ♥

 

(e eu aceito pílulas de incentivo, viu? só pra constar… ahahah)

 

Para ler também: Blogagem Coletiva: O que é e como participar!

 

mundo-blogueiro category image

TAG: Enquete Blogueiras

9 de abril de 2014 às 11:12 | Arquivado em: Mundo Blogueiro

Há alguns dias atrás, a Isa, dona de um dos meus blogs favoritos, o Delineado Gatinho, criou uma brincadeira em formato de enquete para indicação de alguns blogs. Achei divertido, e resolvi trazer aqui para o blog, uma maneira também de listar alguns blogs que gosto e compartilhar com vocês. A Camila, do Apenas um Hobbie, também entrou na brincadeira e fez a sua seleção, e acho que minha vai ficar um pouquinho diferente, já que ambas conhecem muito mais blogs de beleza que eu, haha! Minhas escolhas foram baseadas em blogs da mulherada que costumo ler, seguir o feed, etc. Então, bora lá, e espero que gostem! :)

 

tag-enquete-blogueiras

 

Eu acho que cabelo bonito é cabelo com personalidade. Logo, um cabelo curto com um corte moderno, uma cor diferente e demais características vão me chamar muito mais atenção que os mais "clássicos", rs.

cabelo-mais-bonito-vitrola

  Ana (Dia de Desenho) ♥ Larissa (Larica Diz) ♥ Paula (Paula)

 

 

Fazer post é gostoso, e às vezes demorado. Então admiro muito o empenho dessas moças por fazer posts com tantas informações e de maneira tão organizada!

posts-mais-completos-vitrola

 

Ana (Avó Queria) ♥  Loma (Sernaiotto) ♥ Thais (Vida Organizada)  

 

 

Num mundo onde todo mundo está ficando cada vez mais sem humor, elas me arrancam boas risadas, em textos leves e deliciosos de ler. 

a-mais-engracada-vitrola

Margaret (Margarets) ♥ Ericka (Hipervitaminose) ♥ Rita (Pinto mas não Bordo)

 

 

Não é moleza expressar opinião, independente do assunto. É preciso ter muito mais que isso, e acho que elas tem personalidade e atitude de sobra para falar sobre os mais variados assuntos, ao mesmo tempo que são totalmente encantadoras!

tem-mais-personalidade

Mariana (Popnoid) ♥  Karol (Malaguetta) ♥ Victoria (Borboletando)

 

 

Acho que estilo é usar algo que você se identifique, que parece ter sido feito pra você. Acho que é bem essa impressão quando vejo os modelitos dessas meninas: roupas sem cara de figurinha repetida. Coisas que eu teria tranquilamente no meu guarda-roupa.

tem-mais-estilo

 Ana (Hoje vou assim OFF) ♥ Roana (Blog da Roana) ♥ Ana Paula (Não Provoque)   

 

 

Eu não sou lá uma grande entendedora de maquiagens, então eu me baseio no conceito "olha, isso é legal e eu usaria". Essas três blogueiras são o tipo de talento que não tenho, mas gostaria muito de ter, haha!

faz-as-maquiagens-mais-bonitas-vitrola

  Daniele (Beauty and Brains) ♥ Bruna (Pausa para Feminices) ♥ Camila (Apenas um Hobbie)

 

 

Aqui escolhi por 3 motivos diferentes: A Isa por fazer os vídeos mais gostosinhos de assistir, a Ale por ser muito à vontade e segura na frente da câmera e a Paula por fazer edições maravilhosas como ninguém! 

faz-os-melhores-videos-vitrola

Isa (Delineado Gatinho) ♥ Alê (Blog da Kamaleoah) ♥ Ana Paula (Não Provoque

 

 

Entrar no blog de uma dessas três é: talvez não saber o que comentar, mas levar uma reflexão pro mês inteiro. 

mais-realista-pe-no-chao-vitrola

Nina (Cronista amadora) ♥ Raphaella (Lekkerding ♥ Dani (Balzaca Materna)

 

 

Ninguém é obrigado a dominar a arte da fotografia, nem ter uma câmera profissional, mas é muito gostoso ver um post recheado de fotos lindas *-* É um "plus" a mais, sem sombra de dúvida.

tira-as-melhores-fotos-vitrola

Emi (Iemai) ♥ Bárbara (Ba Moretti) ♥ Mel (A Series of Serendipity

 

 

Embora essas três já sejam conhecidas pela maioria, eu acredito que elas deveriam sei lá… estar na TV, sabe? 

devia-ser-mais-conhecida-vitrola

 Isa (Delineado Gatinho) ♥ Zilah (Dona das Coisinhas) ♥ Gisele (Receitas de Minuto)

 

 

Adorei fazer este post e claro, também gostaria muito de saber as escolhas de vocês. E aí, quem vocês escolheriam?

toca-na-vitrola category image

12 Álbuns que marcaram a minha vida

5 de abril de 2014 às 15:07 | Arquivado em: Toca na Vitrola

Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots, um grupo de blogueiros saudosistas que resgata a velha e verdadeira paixão por manter seus diários virtuais. Para ler todas as blogagens coletivas do Rotaroots, clique aqui. Quer participar? Então faça parte do nosso grupo no Facebook e inscreva-se no Rotation.

 

12-albuns-que-marcaram-minha-vida

 

1/2 – Vou começar com Carrossel porque lembro bem de quanto desejei esse disco. As minhas favoritas (até hoje, inclusive) eram O Passarinho (Trem da Alegria) e Varinha de Condão (Maria) que se ouço, canto junto, hahaha!  Acabou que ganhei não só um, como os dois. O outro nem eram músicas da novela, era uma seleção de cantigas de roda e nunca entendi direito porque era com nome de "Carrossel"… acho que aproveitaram a febre da novela na época, rs.

 

3 – Minha mãe sempre adorou me fazer surpresas, e como discos e gibis eram minhas grandes paixões da infância, ela costumava comprar e "esconder" em algum lugar da casa. Esse LP da Xuxa eu lembro que ela colocou no toca-discos e pediu pra eu ajeitar a agulha. Saí pela casa pulando de tanta felicidade quando o disco começou a tocar! ahhahaha "marquei um x, um x, um x no seu coração"

 

funny-gif-little-girl-cry-Disneyland

 

 

4 – Um curiosidade de infância é que eu tinha quase todos os LP's da Xuxa, mas eu não gostava do programa, por não gostar do Praga! haha. Então eu assistia Mara Maravilha, e era fã! Nessa época, Mara Maravilha não era uma "estrelinha do senhor", e sim uma indiazinha com um encarte com fotos pra lá de sexys no LP. Quem diria, hein? Tu-tu-iu-iu-iu sou curumim-iê-iê…

gretchen1

Ai, pera, essa é a Gretchen

 

Mara-Maravilha-afirma-que-quem-nao-paga-dizimo-rouba-de-Deus​​que indiazinha linda que ela virou, né gente?

 

5 – Se não tivesse Raça Negra tocando nos churrascos de casa, não era churrasco. Só pra constar: meu pai quando era vivo, fazia churrasco TODO fim de semana, e sempre colocava esse LP para tocar enquanto preparava seu churrasco com um sorrisão no rosto. É claro que eu ainda cantarolo "cheia de manias… toda dengosa… menina bonita, sabe que é gostosa.. di di di di ê"… 

 

6 – Toda criança tem aquela fase besteirol, e acho que por isso eu gostava tanto de Mamonas Assassinas. Tá certo que muitas das putarias ali citadas eu talvez nem fizesse ideia do que se tratava, mas sabia que era besteira, isso era o suficiente. Para mim, nunca existirá uma banda como Mamonas Assassinas. Odiei que o acidente foi no dia do meu aniversário de 10 anos :(

 

7 – Eu nunca fui muito de assistir novelas, mas me apaixonei por Esplendor quando passou (2000), desde o figurino até as músicas. Eu era simplesmente apaixonada por esse CD, uma pena o meu ter sumido :( Tinha Celly Campelo, com "Just Young", Neil Sekada, com "The Diary", The Platters com "The Great Pretender" e outras canções retrô super fofinhas!

 

8 – Certo, eu sempre digo que nunca consigo idolatrar nada. Eu apenas gosto e admiro. Mas tenho que admitir que, aos 13-14 anos de idade, eu tive uma certa idolatria pelos meninos dos Backstreet Boys. Eu tinha tudo que fosse possível da banda (momento confissão loucura: eu tinha uma CALCINHAAAAHHHHHHHHHH!!!), e esse álbum sempre vai ser marcante, pois lembro que juntei moedinhas para comprá-lo. E claro, ouvia loucamente todos os dias.

 

e

 

9/10 – Até hoje não entendo como eu passava o dia inteiro ouvindo Legião Urbana e Charlie Brown Jr. EM QUE MUNDO EU ESTAVA? Não odeio, mas também não ouço mais… #riprenatao #ripchoraum 

 

11 – Na metade da adolescência dos anos 2000, você tinha dois caminhos: admitir as besteiras que você fez no começo dela ou virar um adolescente-pós-pré-adolescente sentimentalista que ouve Silverchair. Adivinha o que eu fiz?

 

5fb41c43_9kuvc0

 

12 – Depois do fim da adolescência, vem a rabugentice. E é aí que você é contaminado pelos simpaticíssimos #sqn irmãos Gallangher. Mas tá: quem nunca curtiu "Wonderwall", que atire a primeira pedra (de preferência, neles!) "I don't believe that anybody, feels the way I do, about you now…"